sábado, 30 de junho de 2007

Primeira Reunião da UMES Itaquá com os Grêmios do Municipio


Neste sábado, dia 30 de junho, ocorreu na EE Amália Maria dos Santos a primeira reunião da UMES - Itaquá com os Grêmios do Municipio, foi um bate papo intenso sobre os problemas de nosso Municipio, onde os Grêmios presentes deixaram claro que desaprovam a Politica Municipal e Estadual, por serem autoritárias e que não condizem com as necessidades do povo.

Foi citado o exemplo da construção da FEBEN em Itaquá, que toda a população é contra mas o Prefeito e o Governador, não escutam seu povo e "empurram guela a baixo" essa unidade da Febem...

Outro caso que a UMES - Itaquá e os Grêmios não se conformam, é ter acontecido a Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e a Juventude não ser convidada, em um público de cerca de 150 pessoas, apenas 11 eram jovens... Mas a UMES - Itaquá participou mesmo sem ser convidada e ainda colocou suas propostas para serem encaminhadas para a Conferência Estadual e elegeu seu Delegado!!!

É um descaso com a população em geral, pois se o povo os elegeu (Governador e Prefeito), eles têm a obrigação de também ouvir o povo em época não eleitoral...

Foi discutido também a Semana do Estudante que acontecerá em agosto, onde a UMES - Itaquá e os Grêmios vão organizar Plenárias de Debates em cada Escola, com o objetivo de conscientizar os estudantes da sua importância e seu papel na sociedade.

Enfim, a atual gestão da UMES - Itaquá se dispõe a ouvir todos os estudantes e todos os Grêmios Estudantis, para que nossa Entidade, seja DEMOCRÁTICA, POPULAR, SOCIALISTA E REVOLUCIONÁRIA!!!

***Artigo de Marcello Barbosa

quinta-feira, 28 de junho de 2007

Eu Quero o 3º Mandato de Lula Também!!!!


Agora os Tucanos e os Demos, estão fazendo todo o tipo de pesquisa e para infelicidade deles sempre estão como os piores, os menores e os sem força. O PSDB fez uma pesquisa para saber como o povo vê o PT eo Presidente Lula, nesta pesquisa a grande maioria aprova nosso governo e gostaria de um terceiro mandato de nosso Presidente. Veja a Matéria do Jornal a Hora do Povo:

Pesquisa nacional encomendada pelo PSDB revelou que a maioria dos eleitores aprova a atual política do governo e quer votar de novo no presidente Luiz Inácio Lula da Silva para um terceiro mandato. A pesquisa, que acabou vazando, ouviu 3.500 pessoas em todo o Brasil.
Perguntados se votariam em Lula para um terceiro mandato, no caso dele poder se candidatar nas eleições presidenciais de 2010, 56% dos entrevistados responderam afirmativamente.

As perguntas foram elaboradas pelo sociólogo Antonio Lavareda e pelo deputado Gustavo Fruet (PSDB-PR). Foram 65 questões apresentadas aos entrevistados, entre elas qual o partido político de sua preferência. O Partido dos Trabalhadores (PT), do qual Lula é o presidente de honra, apareceu como a agremiação mais bem avaliada. O PMDB foi o segundo na preferência dos entrevistados. Para tristeza dos tucanos, o PSDB, partido patrocinador da enquete, amargou uma sofrível terceira colocação. A pesquisa mostrou também que o aliado do PSDB, o DEM (ex-PFL), tornou-se uma legenda completamente desconhecida do eleitorado.Um outro resultado que atormentou os tucanos é que os programas sociais - em especial o Bolsa Família - criados pelo atual governo, e bastante criticados por eles, são vistos pelos eleitores da pesquisa como o ponto alto do governo Lula. Os entrevistadores do PSDB tentaram ainda sondar se havia programas criados na administração tucana com alguma repercussão nos dias de hoje. Tiveram uma grande decepção. A maioria dos entrevistados - mais de 40% - considerou que apenas o presidente Lula tomou iniciativas na área social. Menos de 25% identificou programas sociais com administrações tucanas.Comprovou-se também na sondagem do PSDB, o fato que já tinha sido revelado por uma outra pesquisa, encomendada, na semana passada, pelo DEM (ex-PFL): que boa parte do eleitorado desaprova e condena a privatização das empresas estatais. As privatizações foram consideradas o ponto mais negativo da administração de Fernando Henrique Cardoso.A pesquisa do PSDB também veio revelar que o apoio à reeleição do presidente Lula está crescendo em todo o país nos últimos meses. E este fato ocorre sem que nenhuma campanha esteja sendo feita neste sentido.

Cresce o apoio à reeleição de Lula, mesmo com o presidente da República repetindo reiteradamente que não pretende candidatar-se em 2010.Aliás, além disso, a única campanha que vem ocorrendo no momento no país não é a favor de Lula, muito pelo contrário, o que ocorre é a empreitada da mídia golpista contra o presidente, contra o seu governo e contra a coalizão política que o apóia. No entanto, pelo visto, parece que o efeito está indo em direção oposta a que gostariam os seus promotores.Este crescimento do apoio à reeleição do presidente Lula é mais evidente quando comparamos a atual pesquisa do PSDB com a do Instituto Brasmarket, encomendada pela revista “IstoÉ” e publicada na edição de 15 de maio da Hora do Povo. O Instituto Brasmarket apurou no final de abril um equilíbrio entre os que queriam o fim da reeleição e os que defendiam ampliá-la. Em Belo Horizonte, por exemplo, 25% queriam extingui-la e 25% desejavam aumentá-la. Já em São Paulo, 31,4% achavam que a reeleição devia se manter como está e 22% afirmaram desejar que ela fosse ampliada. A Brasmarket ouviu 16.436 pessoas nas capitais brasileiras, entre 8 e 20 de abril, com exceção do Distrito Federal. Como vimos, a situação se alterou e é bem diferente. O apoio à reeleição de Lula é muito maior hoje no país e já passa dos 56% de aprovação.Além de mostrar crescimento do apoio à reeleição, a pesquisa do PSDB também confirmou a popularidade de Lula e de seu partido já revelados no levantamento feito antes pelo DEM. Na sondagem do ex- PFL, no início de junho, o PT foi apontado como o partido preferido de 28% dos eleitores no país. Os outros todos juntos não atingiam esse índice. E em relação à opinião sobre o governo Lula, mais de 60% aprovaram o seu desempenho.Além de repudiar o carro-chefe da política tucano-pefelista - a entrega das estatais - a maioria dos entrevistados do DEM também aprovou a proposta de reestatização da Companhia Vale do Rio Doce.
De duas mil pessoas entrevistadas, 50,3% responderam favoravelmente à proposta de reestatização, enquanto 28,8% se posicionaram contra e 21,5% disseram não saber responder. O resultado foi noticiado pela Agência Carta Maior.A Vale do Rio Doce foi privatizada na gestão tucana, em maio de 1997, pelo valor simbólico de R$ 3,338 bilhões, à época. Além da maior jazida de ferro do mundo, a empresa tinha um complexo que englobava 54 empresas, além de dois sistemas de mineração-ferrovias-porto. Nada disso foi levado em consideração quando foi elaborado o edital de venda pela empresa de consultoria norte-americana Merril Linch. O lucro de apenas um ano obtido pela empresa foi maior do que o valor pago por ela.A pesquisa dos tucanos revelou também que, apesar de um cenário confortável para o presidente Lula e o seu governo, o Congresso Nacional não desfruta da mesma simpatia do eleitorado.

Enquanto 56% responderam que reelegeriam Lula, 58% responderam que apoiariam a hipótese de fechamento do legislativo. O que o resultado parece demonstrar é que a população quer o Congresso Nacional mais próximo do presidente da República.


***Artigo do Jornal a Hora do Povo

PT é o Partido Preferido dos Brasileiros Segundo Pesquisa


PT é preferido dos brasileiros, diz pesquisa encomendada pelo DEM

O PT é a sigla preferida dos brasileiros que têm opção partidária. A conclusão é de uma pesquisa realizada pelo ex-PFL, atual DEM, e publicada em edição do jornal Correio Braziliense .
Segundo a consulta, dos brasileiros que tem preferência partidária são:
PT (28,2%)
PMDB (8,2%)
PSDB (7%)
PFL (2,9%)
PV (2,3%)
PDT (1,5%)
PSOL (1%)
PTB (0,8%)
DEM (0,6%)

A pesquisa revela ainda que o PT é um partido identificado com a defesa dos trabalhadores (para 63,1% dos entrevistados) , dos pobres ( para 56,7%) e da classe média (para 29,2%). O PSDB é identificado como uma sigla em defesa dos ricos e da elite para 21,9%.

Para tristeza da Direita (leia -se PSDB e DEM), que realizou a pesquisa, o Partido dos Trabalhadores é preferencia nacional, apesar da Mídia Golpista querer nos destruir, ainda somos e sempre seremos o Maior Partido de Esquerda da América Latina e esta pesquisa comprova que o Povo está conosco!!!!


***Correio Brasiliense

quinta-feira, 21 de junho de 2007

UMES - Itaquá Presente!!!!


Manifesto Para a Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Itaquaquecetuba.

A União Municipal dos Estudantes de Itaquaquecetuba (UMES – Itaquá), acabou de sair de seu III Congresso, onde a atual Diretoria foi aclamada por mais de 600 estudantes do Município, transformando este Congresso no maior Congresso Municipal Estudantil do Alto Tietê. Neste Congresso todos os estudantes presentes após intenso debate chegaram a um consenso: Itaquaquecetuba não possui Políticas Públicas Para a Juventude.


A UMES – Itaquá se faz presente nesta Conferência, com a responsabilidade de representar e ser a voz de mais de 60 Mil estudantes de Itaquá, ou seja, mais de 60 Mil Crianças e adolescentes. Comparecemos com o ideal de colaborar com os debates desta Conferência, já que infelizmente as Entidades Juvenis não foram Convidadas a participar (Nenhum Grêmio Estudantil foi convidado, inclusive a UMES – Itaquá, que se faz presente por ter sido avisada por terceiros).


Comparecemos neste Evento, para que em nome dos estudantes que representamos, pudéssemos enriquecer os debates com diversas propostas apresentadas em nosso Congresso, como por exemplo: A criação de um Conselho Municipal de Juventude (Radicalmente Democrático e Paritário), de cursos de capacitação profissional para os Jovens (com ampla divulgação e número adequado de vagas), de Centros de referencia da Juventude e agora principalmente propomos e reivindicamos, que quando o Poder Público Municipal for debater qualquer tipo de Política Pública Para a Juventude, ele convide a Juventude para debater também.


Enfim, a nossa UMES – Itaquá se dispõe a colaborar para que sejam implantadas Políticas Publicas Para a Juventude em nosso Município, além de se dispor para manter um constante dialogo com Poder Público Municipal, levando a ele as reivindicações dos estudantes e a Juventude em Geral, pois em Nosso Congresso nos Comprometemos Com uma palavra que deve virar uma ação: MUDANÇA.


***Manifesto da UMES - Itaquá

Lula Sanciona Lei Que Regulamenta o Fundeb



O Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta quarta-feira (20) a lei que regulamenta o Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).


O fundo entrou em vigor no dia 1º de janeiro, por meio de medida provisória, depois aprovada no Congresso Nacional.A principal meta do fundo, que vai até 2021, é estender de 30 para 47 milhões o número de alunos de creches, educação infantil e especial, ensinos fundamental e médio e educação de jovens e adultos.


Para atingir a meta, o Fundeb aplicará na educação básica, este ano, R$ 48 bilhões. E, a partir do quarto ano de vigência do fundo, R$ 62,9 bilhões (com base em valores de 2007). O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental (Fundef), criado em 1996, destinava R$ 35,2 bilhões anuais ao ensino fundamental.A complementação da União para os estados com menos disponibilidade financeira também aumenta com o Fundeb. No Fundef, apenas Maranhão e Pará recebiam complementação do governo federal. Este ano, o Fundeb complementa os investimentos de mais seis estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco e Piauí.O valor mínimo por aluno também aumenta.


As séries iniciais do ensino fundamental recebiam R$ 682,60 por estudante ao ano no Fundef. Esse valor sobe para R$ 946,29.Para a educação infantil, o projeto fixa índices mínimos para o cálculo do valor por aluno em cada modalidade desse nível no segundo ano de vigência do Fundeb. Atualmente, apenas 13% das crianças estão matriculadas na educação infantil.O Fundeb vai destinar verba também às creches comunitárias, confessionais ou filantrópicas sem fins lucrativos conveniadas com o Poder Público, que não eram contempladas no Fundef.Para ter acesso ao dinheiro, devem ter certificado do Conselho Nacional de Assistência Social (Cnas), atender a padrões mínimos de qualidade e oferecer igualdade de condições de acesso aos alunos, com atendimento gratuito a todos.


O Fundeb é constituído por 20% de uma cesta de impostos e transferências constitucionais de estados e municípios e de uma parcela de complementação da União. Entre eles, os fundos de participação dos estados e municípios (FPE e FPM), o Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS), o Imposto sobre Produtos Industrializados e o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).Para incentivar estados e municípios a investirem na qualidade da educação básica, o Fundo cria certificados de bom desempenho, como o Selo de município Livre do Analfabetismo, que será conferido a cidades que atinjam mais de 96% de alfabetização.


O Fundeb cria também os certificados para estados e municípios de Ótimo Desenvolvimento Educacional para aqueles que tenham Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) igual ou superior a seis. E Bom Desenvolvimento Educacional, para estados e municípios com Ideb superior ou igual a cinco e inferior a seis.


***Reportagem Públicada no Site Oficial do PT

O País Gerou Mais de 900 Mil Empregos de Janeiro a Maio de 2007


O Brasil gerou, em maio deste ano, 212.217 empregos com carteira assinada, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (20) pelo ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Luppi.

De acordo com o ministro, o acumulado nos cinco primeiros meses do ano atingiu 913.836 novos postos, o maior saldo registrado na série histórica para o período, apresentando elevação de 3,3%. Nos últimos 12 meses, a variação acumulada foi de 5,05%, ou seja, 1.374.179 de empregos.

O número ficou abaixo do resultado de abril, quando foram registrados 301,9 mil novos postos de trabalho, maior já registrado para um único mês em toda a série histórica do cadastro. Apesar da redução, o desempenho do mês passado, no entanto, é maior (0,75%) do que o verificado em maio de 2006, quando foram gerados 198.837 empregos.A agropecuária foi o setor que mais gerou empregos. Foram registrados 80.340 novos postos no setor em maio. Contribuiu para esse resultado o cultivo do café e da cana-de-açúcar.

***Artigo Publicado Pela Agência Brasil

quarta-feira, 20 de junho de 2007

"A Reforma Política do PFL não pode ser a do PT"



Veja a Opinião do Deputado Federal Carlos Zarattini (PT - SP) sobre a Reforma Politica:



A última semana foi marcada na Câmara dos Deputados pelo início da votação da chamada Reforma Política.

Não é uma verdadeira Reforma pois estamos tratando apenas de questões eleitorais, ou seja, é uma Reforma Eleitoral. Não é uma Reforma que nós, petistas, deveríamos defender pois nela não estão incluídos temas importantes para nosso povo como: fim da reeleição; redução dos mandatos dos Senadores para quatro anos e fim do papel revisor do Senado (que rediscute todas as decisões da Câmara); ampliação das convocações de plebiscitos e referendos (aumentando a democracia direta);diminuição das exigências para a apresentação de projetos de iniciativa popular;correção das distorções de representação (os Deputados de São Paulo precisam de dez vezes mais votos para se eleger do que os Deputados do Acre, por exemplo).

O que está sendo votado na Câmara trata basicamente do sistema de votação, de financiamento das campanhas e das coligações partidárias. A proposta elaborada pelo Deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO), aquele que fundou a UDR, propõe a chamada "lista fechada" em que o eleitor vota apenas no Partido, por meio de uma lista de candidatos preordenada. O eleitor não poderá mais escolher o candidato.

Além disso, estabelece apenas o financiamento público de campanha. Isto é, as campanhas serão financiadas pelo poder público e, cada Partido, receberá de acordo com sua votação na eleição anterior.

Por fim, trata de extinguir as coligações nas eleições proporcionais (Vereadores e Deputados) e permite apenas a criação de federações partidárias que deverão ser estabelecidas por, pelo menos, três anos.

No meu entender, não podemos aceitar a "lista fechada" pois ela reduz a democracia, tirando do eleitor uma parte do seu poder de decisão e transferindo esse poder para os Partidos. Além disso, reduz violentamente a renovação do parlamento, impedindo que novos quadros possam ser eleitos.

As disputas entre candidatos que hoje acontecem de forma aberta nas campanhas eleitorais, politizando nosso povo, serão realizadas, quando muito, apenas entre os filiados, aumentando a disputa interna nos Partidos.

O financiamento público exclusivo é considerado o grande remédio contra o chamado "caixa dois". Mas não é ao que se assiste em outros países onde líderes partidários são freqüentemente flagrados juntando recursos ilegais para as atividades de seus Partidos.

Com relação ao fim das coligações trata-se apenas de um "remédio" contra a criação de novos Partidos, buscando reduzir para apenas 5 ou 6 grandes Partidos no Brasil. Um número considerado "ideal" por alguns políticos e "politicólogos".

O PT fechou questão no apoio a essas propostas. Um equívoco enorme no meu entender e de outros companheiros da bancada. O assunto não foi debatido entre as bases do Partido ( e não foi por falta de tempo pois esse projeto está pronto para ser votado há mais de dois anos). Na bancada de 12 Senadores, nove são contra a proposta, e na bancada de Deputados Federais 55% são a favor e 45% contra.

Os dirigentes do PT acham que essa proposta é boa para o nosso Partido. Na minha opinião, vamos elitizar nosso Partido e congelar os mandatos. Aliás, ninguém da Direção Executiva até agora propôs que se limite o número de mandatos dos parlamentares.

Os que são contra essas "novidades políticas" já venceram uma primeira batalha e praticamente está derrotada a "lista fechada". Outras "novidades" estão por vir, mas com certeza menos antidemocráticas.

Vamos acompanhar com atenção e denunciar novos retrocessos

***Artigo do Deputado Federal Carlos Zarattini (PT - SP)

Diretório Nacional Reafirma Posição da Executiva do PT Sobre Voto em Lista



O Diretório Nacional do PT, reunido nesta segunda-feira (18), em Brasília, reafirmou a posição da Executiva Nacional em favor de quatro pontos prioritários da reforma política: lista pré-ordenada, fidelidade partidária, financiamento público de campanha e fim das coligações proporcionais.

A decisão do DN foi aprovada por 64 votos — houve duas abstenções e nenhum voto contrário. “Isso mostra que há uma posição clara dentro da direção partidária, e essa posição será encaminhada pela bancada do partido no Congresso”, afirmou o presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini. “Evidentemente, levamos em consideração que o Parlamento comporta negociações e entendimentos, mas que a posição política a ser defendida é essa”, alertou.

Segundo informou o presidente, a proposta de lista flexível pode ser uma alternativa eventual diante de um impasse nas negociações do Congresso. “Mas a posição do PT é pela lista fechada. Acreditamos que, se houver condição, dentro do Parlamento, de nossos líderes da base aliada avançarem em direção à lista fechada, será melhor para o país e para a democracia brasileira.”

Para Gleber Naime, secretário de Comunicação do PT, o resultado da reunião é muito positivo. “A reunião do Diretório Nacional, pelo grau de unanimidade, cria condições para o ‘coesionamento’ em torno das orientações táticas da liderança e das posições do partido.”

Um grupo de parlamentares petistas contrários à lista pré-ordenada chegou a entrar com recurso, na última quinta-feira, contra o fechamento de questão da Executiva. Mas os deputados retiraram o recurso no dia seguinte. De acordo com Berzoini, o partido não está preocupado em acirrar posições, mas em buscar consensos.

“Evidentemente, todo parlamentar petista conhece o Estatuto e toda atitude terá observação da direção do partido. Mas, neste momento, não podemos trabalhar nem no acirramento nem na frouxidão disciplinar”, concluiu.

***Decisão do Partido dos Trabalhadores, sobre a Reforma Política

segunda-feira, 18 de junho de 2007

Concordo! Relaxa e Goza!!!!



Semana Passada, a Ministra do Turismo Marta Suplicy foi alvo de um bombardeio da mídia, por causa de uma frase: "Relaxa e Goza", quando perguntada sobre o caos aéreo, ela simplesmente disse isso...

Com certeza voce deve estar agora pensando muito mal dessa Mulher, afinal, ela zombou de vc um pobre coitado que fica nos aeroportos a Deus dará...

É interessante ressaltar que naquele mesmo momento, nossa Ministra, tinha acabado de apresentar seu plano para desenvolver o turismo no Brasil, um Plano jamais pensado para o Brasil, que vai possiblitar que nosso País se desenvolva ainda mais nessa área, gerando empregos e mostrando a Cara de Nosso País no exterior, para que não pensem que aqui só tem bananas e bundas!!!

O Plano Nacional de Turismo, anunciado nesta ultima quarta-feira pelo governo, prevê investimentos do orçamento federal de R$ 6,6 bilhões no setor até 2010. Chamado informalmente de PAC do Turismo, em referência ao Programa de Aceleração do Crescimento, o plano também projeta a geração de 1,7 milhão de novos empregos, além da entrada de US$ 7,7 bilhões em divisas para o país.

As medidas previstas está, por exemplo, a oferta do crédito consignado para que aposentados do INSS possam comprar pacotes turísticos promocionais. Esses pacotes custarão entre R$ 500 e R$ 600 e poderão ser pagos em 12 meses com juros abaixo de 1%. O destino será principalmente o Nordeste, que precisa de investimentos. Uma das metas do plano é permitir que o Brasil chegue a 217 milhões de viagens internas por ano até 2010. Em 2005, esse número foi de 139,59 milhões.

O Plano prevê a aplicação de R$ 984 milhões na promoção do turismo no Brasil tanto no mercado interno quanto externo, além de R$ 5,63 bilhões em infra-estrutura turística. Já em relação aos investimentos privados são esperados R$ 6,78 bilhões apenas para empreendimentos, como a melhoria e ampliação de várias categorias de serviços, com a concessão de financiamento pelos bancos públicos.

Para resumir, nossa Mídia, prefere focar uma frase infeliz de uma Autoridade, do que em um Amplo Projeto de Desenvolvimento dessa mesma autoridade... Assim nosso Povo continua a viver nessa Ditadura Midiática...

Tô com a Marta, e esses jornalecos tinham que aprender que quem cuida dos aeroportos é o Ministério da Defesa e não do Turismo!!!

Afinal a Marta tem razão, se a nossa Classe Média está tão estressada nos aeroportos, ela tem que relaxar e gozar mesmo!!!!!!!!!

***Artigo de Marcello Barbosa

A Legalidade e Autonomia do Grêmio Estudantil


Cá estamos na Terceira Gestão da Nossa União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Itaquaquecetuba, onde a meta é Um Grêmio Estudantil Livre em cada Escola.

Quando queremos um Grêmio Estudantil Livre, significa simplesmente a formação de uma Entidade Representativa dos Estudantes dentro da Escola, com o objetivo de melhora – la para todos... Quando queremos isso, parece ser óbvio o objetivo do Grêmio Estudantil, mas infelizmente o objetivo do Grêmio Estudantil não é alcançado em algumas Escolas por causa do não entendimento de sua função.

Desde 1985, o Grêmio Estudantil é Lei Federal, ou seja sua autonomia é respaldada legalmente, um Grêmio Estudantil não é um Projeto de Escola, é uma Instituição dentro da Escola como o Conselho de Escola e a APM (Associação de Pais e Mestres), com poder de deliberação de acordo com seu Estatuto Social.

Para você poder compreender melhor o fundamento do Grêmio Estudantil, veja seu respaldo legal: A Lei Federal N° 7398 de 04 de novembro de 1985, deixa bem claro que o Grêmio Estudantil é uma Instituição Autônoma e Deliberativa que tem o objetivo de representar os Estudantes da Escola, como uma Instituição tem seu Estatuto Próprio e Diretoria Eleita pelos Estudantes. Como Entidade Autônoma, nenhuma outra Instituição ou pessoa pode cometer qualquer ingerência em seu funcionamento; Outra lei que fortalece a Autonomia do Grêmio Estudantil é a Lei N° 9.394 de 20 de dezembro de 1996 que deixa claro que a Direção Escolar tem o dever de criar condições para que os estudantes se organizem livremente no Grêmio Estudantil; Existe também o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) que em seu artigo 53, inciso IV, deixa claro o direito dos estudantes se organizarem em Entidades Estudantis; O Artigo 5°, inciso 18, deixa claro que é direito de todo cidadão participar de Associações e Entidades em geral, sem interferência Estatal.

Esta é a Base Legal de Um Grêmio Estudantil, não existe nenhuma Entidade, Pessoa ou Governo que possa interferir em um Grêmio Estudantil, muito menos vetar seu funcionamento, a partir do momento que alguém, comete este veto está transgredindo no mínimo quatro leis.

Como Instituição democrática, o Grêmio Estudantil é formado por estudantes eleitos pelo voto direto e secreto, onde vão fazer parte da Diretoria do Grêmio Estudantil que tem seus trabalhos regidos pelo Estatuto Social da Entidade.

Assim a atuação do Grêmio Estudantil é legitima e não depende de autorização para funcionar. Cabe ao Grêmio Estudantil se fortalecer a cada dia e lutar pelos seus direitos, com a organização de atividades, podendo ser, atividades políticas, culturais, esportivas, ecológicas, ou de qualquer tema que seja ligado aos estudantes de modo geral, afinal ele representa os interesses dos Estudantes, cabe a ele atuar da melhor maneira possível, desde um Simples Baile de Comemoração até uma Passeata pelo Passe Livre Estudantil.
Cabe a Você Estudante, fazer valer seus Direitos e lutar por um Grêmio Estudantil Livre em sua Escola e a Nossa União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Itaquaquecetuba (UMES – Itaquá) se dispõe a colaborar sempre!
***Artigo de Marcello Barbosa

A Importancia do Passe Livre Estudantil em Itaquá


Hoje a maior bandeira de luta do Movimento Estudantil é o Passe Livre Estudantil, é a luta que todo o Movimento Nacional vem travando em nome dos Estudantes. Recentemente no III Congresso da Nossa União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Itaquaquecetuba (UMES – Itaquá), esta bandeira de luta foi aprovada como a principal luta dos Estudantes de Itaquá, como também em todas as Cidades que possui Movimento Estudantil organizado, também sendo a Bandeira de Luta maior da UPES (União Paulista dos Estudantes Secundaristas) e da UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas). Ou Seja é o clamor dos Estudantes.

Mas, afinal qual a importância do Passe Livre Estudantil para Itaquaquecetuba?

O Brasil possui um Sistema de transporte público que exclui uma parcela da população, por em muitas cidades Ter uma tarifa muito cara, este é o caso de Itaquá, vamos dar o exemplo do trabalhador que se trabalhar 22 dias tendo que pegar um ônibus municipal na ida e na volta, no final do mês ele terá gastado R$101, 20, (sem detalhar um possível trem ou segundo ônibus)ou seja um dinheiro que ele podia investir na educação de seus filhos ou simplesmente na alimentação de sua família.

Agora imagine um estudante que precisa de R$ 4,60 (valor de duas passagens, ida e volta) para sair de sua casa e freqüentar uma biblioteca, ou fazer um curso, muitas vezes até para ele ir para a Escola, pois sua casa é muito afastada da Escola mais próxima, quem sabe ele precise tomar um ônibus para procurar um emprego, podemos até simplificar, sem acesso a um ônibus ele fica sem acesso a possíveis eventos culturais do município. Para encerrar, a maioria dos estudantes não trabalham e muitas vezes têm seus pais e desempregados...

Com certeza você pensou “mas as empresas de ônibus cedem o meio passe para o estudante ir a Escola e fazer cursos”, mas eu pergunto: com esse sistema de meio passe ele vai gastar até R$ 52,90 por mês para freqüentar as aulas, será que esse dinheiro não poderia Ter outra finalidade, como por exemplo a compra de um livro, material escolar ou até mesmo será que esse dinheiro não vai faltar em casa???

Concluindo, o sistema de meio passe é falho, pois não percebe a complexidade da necessidade do Estudante se locomover, seja para estudar, Ter acesso a cultura e até para procurar emprego, além de que para o estudante Ter acesso ao meio passe é instaurada uma burocracia gritante.

O Passe Livre Estudantil é a melhor maneira para que possamos Ter acesso a cultura, educação, esporte e etc., pois aliado ao direito que o estudante tem de pagar meia entrada em eventos culturais e esportivos (Teatros, cinemas e estádios), pode mudar a rotina do estudante, que muitas vezes se torna ociosa graças a sua difícil locomoção dentro do município.
Com o Passe Livre Estudantil, o estudante poderá Ter assegurado seu direito de acesso aos esportes, cultura e lazer e cabe ao Poder Público Municipal, Ter a consciência de que Itaquaquecetuba tem mais de 60 mil estudantes que diariamente sofrem com o preço abusivo das passagens de ônibus e muitos destes se excluem do transporte público tendo que andar grandes distancias a pé ou de bicicleta (quando tem).
Acredito que nestas poucas palavras ficou claro que o Passe Livre Estudantil é uma necessidade para todos os Estudantes de Itaquá.
***Artigo de Marcello Barbosa

sexta-feira, 15 de junho de 2007

Relato do III Congresso da UMES - Itaquá


Foi Realizado dia 18 de maio de 2007 na EE Vila Arizona, o III Congresso da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Itaquaquecetuba (UMES – Itaquá) sendo o maior Congresso Estudantil da Região do Alto Tietê com a presença de mais de 600 estudantes do Município e a participação de várias Autoridades e Lideranças Estudantis: Adilson Gui, Presidente da Câmara Municipal; José Cândido, Deputado Estadual do PT; Capitão Felício Kamiyama, Comandante da 1ª Cia da PM; Noel Smith, Presidente da ONG Cultura Ativa; Michelle Bressan, Presidente da UMES de São Paulo e Vice Presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES); Maxwell Chagas, Secretário Geral da União Paulista dos Estudantes Secundaristas (UPES); Cláudia Paixão, Presidente do CONSEG – Itaquá; Diego Viana, Vice Presidente da União Guarulhense dos Estudantes Secundaristas (UGES) e Lucille Mary Soares, Coordenadora Municipal de DST/AIDS/HIV.

Após a abertura oficial com as Autoridades e Lideranças Estudantis os estudantes presentes foram para as salas de Debates onde debateram os seguintes temas: Educação, Movimento Estudantil, Conjuntura Nacional e Juventude; Foram encaminhadas diversas resoluções das salas de debates para serem votadas na Plenária Final com todos os Delegados reunidos, como por exemplo a defesa da Reforma política, humanização da Febém, Investimento municipal em Centros Culturais descentralizados, Passe Livre Estudantil, Autonomia ao Grêmio Estudantil, Carteirinha da UMES – Itaquá para todos os estudantes e outras resoluções, sendo todas aprovadas por unanimidade pelos estudantes presentes.

Quando finalizada a votação das resoluções das salas de debates, foi apresentada a Tese do “Movimento Mudança” onde defendia Um Grêmio Estudantil Livre em cada Escola, ampliação de vagas na FATEC, Construção de mais Ginásios e um Teatro de Qualidade Urgente, Conselho Municipal de Juventude Democrático, Mais investimento nas Escolas Estaduais, Defesa e Ampliação do PROUNI, apoio ao Governo Lula e oposição ao Governo Serra, por ser a continuidade do descaso com a educação no Estado, Reserva de vagas nas Faculdades Públicas, Criação de um Sistema de socialização do menor infrator mais humanizado, pois a FEBEN do Estado é uma instituição que fere os direitos humanos, entre outras propostas de luta, abrangendo os estudantes e a Juventude em geral no Município no Estado e no País.

Após aprovada a Tese do “Movimento Mudança”, foi apresentada a Chapa do “Movimento Mudança” onde foi eleita por unanimidade, sendo eleito Presidente o Estudante Marcello Barbosa, Ex – Presidente do Grêmio Estudantil da EE Ver. Durval Evaristo dos Santos e Membro Fundador do Grêmio Estudantil da EE Jardim Odete III que até aquele momento era o Secretário Geral da Entidade, onde ressaltou seu comprometimento com os estudantes e reforçou que essa nova gestão estará voltada para a Luta pelo Passe Livre Estudantil, a Conscientização dos Estudantes e o fortalecimento dos Grêmios da Cidade, além de focar os problemas de nossa Juventude Municipal. O Evento encerrou – se quando o Presidente Eleito agradeceu a presença de todos e em coro com os estudantes deu o grito de guerra “A UMES Somos Nós, Nossa Força Nossa Voz!!!”

Compõem a Nova Diretoria: Marcello Barbosa, Gilvan Oliveira, Francisco Wendel Ferreira, Juciane Jade Oliveira, Fernando Ricardo, Bruno Aparecido, Jefferson Aparecido, Fabiano Soares, Anderson Aparecido, Raphaela Lednick, Gabriela Lourenço, Bruno Pereira, Valdinei Lourenço, Richard Furtado, Felipe Alves, Douglas Felipe Dias, Cleberson Vítor, Beane do Prado e Camila Elaine.

***Artigo de Marcello Barbosa

Propostas Aprovadas no III Congresso da UMES - Itaquá


PROPOSTAS PARA A EDUCAÇÃO:



« Criação de Centros Culturais Estudantis;
« Mudar a Rotina da Escola com atividades diferenciadas com mais prática e menos teoria;
« Volta do Programa Escola da Família;
« Inclusão digital nas Escolas;
« Merenda adequada para todos os períodos;
« Não a Progressão Continuada;
« Um Projeto que englobe a saúde do adolescente mais aprofundado.

PROPOSTAS PARA O MOVIMENTO ESTUDANTIL:
« Voz ativa para todos os estudantes e maior autonomia do Grêmio Estudantil;
« Valorização da Cultura;
« Aliança entre todos os Grêmios Estudantis;
« Defesa da Carteirinha da UMES para todos os Estudantes;
« Dialogo intenso entre a UMES e os Grêmios Estudantis;

CONJUNTURA NACIONAL:
« Defesa de uma ampla reforma política democrática e com participação da sociedade civil organizada;
« Maior investimento em segurança;
« Maior mobilização da Sociedade Civil;
« Autonomia e valorização do Jovem na Sociedade;
« Combate as Drogas e humanização da febém;
« Valorização da Periferia, que o poder público invista mais na periferia e descentralize os eventos culturais e de lazer para a periferia;
« Apoio ao Governo Lula por ser o Governo do Estudante, com a criação do PROUNI e outras políticas afirmativas para a Juventude em geral;
« Oposição ao Governo Serra por ser a continuação da política de descaso com os estudantes de São Paulo, política que vem sendo implantada a doze anos.

Movimento Mudança Itaquá


Tese ao III Congresso da UMES – Itaquá

INTRODUÇÃO
Saudações Estudantis Para Toda a Galera das Salas de Aula!!!

O MOVIMENTO MUDANÇA de Itaquá, vem a público neste III Congresso da UMES (União Municipal dos Estudantes Secundaristas) , afirmar suas idéias de luta pelo estudante e abraçar a causa do Passe Livre, da Reserva de Vagas, políticas públicas para a juventude e outras bandeiras que os estudantes levantem, afinal somos democráticos e nosso Movimento é construído com as idéias da Classe Estudantil.

Você nos conhecerá neste Manifesto e estaremos lhe esperando no Congresso para debatermos o que é melhor para cada estudante, o que é melhor para o Movimento Estudantil, pois lembre-se:

O Movimento Estudantil Pertence Unicamente aos Estudantes, Por Isso Ele é Revolucionário e Rebelde Com Causa Contra Esse Sistema Capitalista! !!!!

MUDANÇA NAS ESCOLAS!!!
O MOVIMENTO MUDANÇA defende que a UMES nunca pare, lute dentro das Escolas em conjunto com cada Grêmio Estudantil, defendemos que a UMES continue nas bases e visitando todas as Escolas do Município. Devem ser organizadas Reuniões Trimestrais com os Grêmios do Município, para fazer um diagnóstico de suas dificuldades, sendo que a Escola que desrespeitar a autonomia do Grêmio Estudantil estará sujeita a processo administrativo por descumprimento de Lei Federal. A Escola que não tiver Grêmio deverá explicar o motivo da não organização. Para fortalecer a Rede do Movimento Estudantil Municipal as eleições de cada Escola devem ser unificadas em um único dia.

A UMES deve ir a cada Escola realizando Debates, formulando propostas, defendendo os Grêmios...Mas se os estudantes se sentirem ameaçados, com certeza a UMES vai sair das salas de aula com os Estudantes ao seu lado e ir para a rua... Desta forma se não houver Passe livre, fica declarada a Revolta do Buzão!!! Se o direito a meia Entrada não for respeitado fica declarado o boicote público a qualquer evento!!!

Por Isso Defendemos:
« Um Grêmio Estudantil Livre em cada Escola !!!
« Reuniões Trimestrais com todos os Grêmios!!!
« Dia da Eleição Unificado Para Grêmios em todas as Escolas Para o dia 28 de Março (em honra ao Estudante Edson Luiz, Morto pela Ditadura Militar), assim a rede do Movimento Estudantil se fortalecerá!! !
« Levar a UMES para cada Escola, organizando Plenárias e debates em nome da Democracia!! !
« Criação da Ouvidoria da UMES, para que os Estudantes possam denunciar qualquer desrespeito! !!
« Lutar pelo Passe Livre Estudantil, e se não nos escutarem, vamos declarar a Revolta do Buzão!!!
« Acesso dos Estudantes a Cultura! Pelo direito da Meia Entrada nos Eventos Municipais!! !
« Organizar o Movimento Cultural Secundarista através do PIC (Programa de Inclusão Cultural)!!!
« Organizar os Jogos Secundaristas! !!
« Criação da Cartilha De Grêmios da UMES – Itaquá, que oriente na formação de Grêmios e na organização de seu dia-dia!!!

MUDANÇA NO MUNICIPIO
A UMES deve lutar dentro e fora da Escola, desta forma ela deve defender MUDANÇAS também para a juventude em geral.

O MOVIMENTO MUDANÇA defende que tenha mais investimento em esporte, cultura e lazer, pois nosso Município está carente de tudo isso, é necessário que o Poder Público Municipal tenha amplo diálogo com a UMES. O MOVIMENTO MUDANÇA percebe que infelizmente, Itaquaquecetuba não possui Políticas Públicas para a Juventude...

Ao andar pelas ruas o MOVIMENTO MUDANÇA vê muitas crianças na rua e por isso defende mais creches. Acredita que a “Casa do Adolescente” é um ótimo Projeto do Município mas defende que seja estendido para outras regiões mais carentes.

Além disso, o MOVIMENTO MUDANÇA grita que haja eleição direta em todos os Conselhos Municipais.

Por Isso Reivindicamos em Nome da Juventude:
« Ouvidoria e Conselho (democrático e paritário) Municipal da Juventude!!!
« Construção imediata de pistas de skate descentralizadas! !!
« Implantação De um Orçamento Participativo! !!
« Criação de mais “Casas do Adolescente” descentralizadas em diversas Regiões do Município!!!
« Projeto Municipal de Financiamento da CIE da UMES – Itaquaquecetuba! !!
« Construção de Mais Creches!!!
« Ampliação de vagas na FATEC e Luta constante por mais Faculdades e Escolas Técnicas públicas no Município!!!
« Reafirmamos: PASSE LIVRE JÁ!!!
« Construção de Mais Ginásios!!!
« Mais vagas para os cursos da Secretaria de Cultura!!!
« Um Teatro de Qualidade Urgente!!!
« Gritamos NÃO a Corrupção!!!

MUDANÇA NA POLITICA!!!
O MOVIMENTO MUDANÇA acredita que a solução de todos os problemas dos estudantes e da população geral está no Socialismo, está na Esquerda Brasileira. Somente um Governo de Esquerda pode mudar o País, prova disso são os avanços do Governo Lula.

Como são muitas melhorias vamos falar apenas da Educação e da Juventude. Durante o Governo Lula foi criado o PROUNI (Programa Universidade Para Todos), com ele o acesso a Universidade foi facilitado para a população de baixa renda; Foi criado o FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação) acrescentando assim 8 Bilhões de Reais no investimento a educação, valorizando o Professor e o Estudante; Foi criado o Conselho Nacional de Juventude, onde jovens de todo o país opinam sobre políticas públicas para a juventude. O Atual Governo é o Governo do Estudante!!!

“Enquanto o Governo Federal trabalha pelos estudantes, com mais investimento na Educação, o Governo Estadual trabalha para sucatear a educação, desvalorizando o Professor e o Estudante e não investindo sequer na Estrutura das Escolas” Comenta Marcello Barbosa, Coordenador do MOVIMENTO MUDANÇA e nosso Candidato a Presidente da UMES. Ele faz esse comentário tendo em vista os erros do Governo Estadual que se repetem desde a Administração de Covas, passando por Alckimin e chegando a Serra, continua o mesmo sistema de sucateamento com progressão continuada, pouquíssimo investimento em infra-estrutura das Escolas, desvalorização do Professor e FEBENS que cuidam de seus internos com um tratamento desumano.

Assim Defendemos:
« Fim das Febens, criação de um sistema de socialização do menor mais digno e humano!!!
« Mais Investimento nas Escolas Estaduais, com devida infra-estrutura, valorização dos estudantes e dos Professores! !!
« Defesa do PROUNI, como instrumento de inclusão do estudante carente nas Universidades e que ele seja constantemente ampliado!!!
« Reserva de vagas nas Universidades Públicas, para os estudantes que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas!!!
« Contra a Mídia Conservadora, que não cede espaço para a Juventude e Para os Estudantes!! !
« Por uma Reforma Política democrática!! !
« Intenso combate contra a Direita Conservadora! Gripe Aviária para os Tucanos!!!
« Apoio ao Governo Popular do Presidente Lula!!!
« Gritamos Novamente Passe Livre Já!!!

Agora o MOVIMENTO MUDANÇA espera você no Congresso; Você já conhece nossas idéias, basta agora unir – se a nós e começar a LUTA, nossa arma é a MOBILIZAÇÃO, nossa meta é a MUDANÇA!!!

“Vem, vamos embora que esperar não é saber,Quem sabe faz a hora, não espera acontecer.”
(Geraldo Vandré)
Ocorreu um erro neste gadget

Simplicidade é Tudo...

Simplicidade é Tudo...
A Complexidade é Simples...