sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Poema de Fim de Semana: "Solitário"

Um Clássico Poema Brasileiro...

SOLITÁRIO

Como um fantasma que se refugia
Na solidão da natureza morta,
Por trás dos ermos túmulos,um dia,
Eu fui refugiar-me à tua porta!

Fazia frio e o frio que fazia
Não era esse que a carne nos conforta...
Cortava assim como em carniçaria
O aço das facas incisivas corta!

Mas tu não vieste ver minha Desgraça!
E eu saí,como quem tudo repele,
-Velho caixão a carregar detroços-

Levando apenas na tumbal carcaça
O pergaminho singular da pele
E o chocalho fatídico dos ossos!

*****Autor: Augusto dos Anjos

Artigo: A Folha e os Problemas de São Paulo


Leia abaixo a texto do jornalista Carlos Eduardo Lins da Silva, ombudsman do jornal Folha de S.Paulo, publicado em sua coluna no último domingo (15):

A Folha e os problemas de São Paulo

A cidade e o Estado de São Paulo, onde este jornal tem a maioria absoluta de seus assinantes e leitores, começam 2009 com problemas sérios.A maneira com que a Folha os vem tratando deixa muito a desejar em relação ao que se pode esperar do maior diário paulista.Um deles é o exame a que foram submetidos professores temporários da rede estadual de ensino público, no qual número expressivo tirou nota zero e metade não chegou a cinco.Como na greve da categoria em 2008, o jornal trata do caso superficialmente. Reproduz declarações das autoridades e, em contraponto, ouve mecanicamente o sindicato dos trabalhadores.
O "outro lado" não é o sindicato, mas os professores, cujas histórias não chegam ao público. O jornal não vai fundo nem nas causas de haver tantos professores provisórios no sistema nem nas razões por que muitos se deram mal na prova.As condições em que o teste foi concebido, formulado e aplicado (há indícios de que estiveram longe do ideal) não foram detalhadas.

O noticiário e opiniões do jornal acabaram passando a ideia de que a "culpa" do mau desempenho é apenas dos professores, mostrados como em geral despreparados. É claro que a explicação é muito mais complexa.Outra situação é a da merenda escolar no município de São Paulo. Embora em 2007 a Folha tenha levantado o tema que agora está sendo retomado pelo Ministério Público, seu acompanhamento neste ano tem sido pouco arrojado.O jornal precisa ser mais ativo.

Em vez de quase se limitar ao pingue-pongue entre prefeitura e seus acusadores deve tomar a iniciativa de, por exemplo, verificar autonomamente a qualidade da merenda, pesquisar se pais, professores e alunos estão satisfeitos com ela em comparação com a que tinham antes.O tema merece mais espaço, destaque e investimento do que tem recebido. Houve dia em que o noticiário sobre ele teve o mesmo tamanho de uma foto que mostrava as calças de um calouro estragadas em trote universitário.Os paulistas, principalmente os paulistanos, estão sofrendo bastante com enchentes.

Mas o jornal tem cuidado delas de forma acanhada. Relata os alagamentos que ocorrem, publica fotos de carros boiando nas ruas, conta os quilômetros de congestionamento. É muito poucoNo dia 10, por exemplo, reportagem registrou que a prefeitura "espera o pior fevereiro desde 2004″ e fará novo estudo de riscos só depois do período de chuvas.A placidez com que acata tal declaração só se compara com a aceitação passiva do argumento de que a prefeitura tapa os buracos "sempre que é informada". Ambas são constrangedoras.Nada de jornalismo preventivo.

Nada de acompanhamento sistemático das providências que as autoridades dizem tomar.
Finalmente, a erupção de violência na favela de Paraisópolis, cujo acompanhamento anódino por este jornal já comentei, não o motiva a se aprofundar no exame desta e de outras comunidades em que a expressão "barril de pólvora" se aplica bem, apesar do lugar-comum. Até acontecer a próxima explosão.


*****Autor: Carlos Eduardo Lins e Silva

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Descanse Em Paz....


Hoje Registro a Morte de Alguém Que Passou a Vida Inteira Tentando Ser Forte...

Alguém Que Lutou Bastante, Mas Por Nossa Culpa, Se Entrega a Morte...

Registro com pesar que este alguém se vai, para nunca mais voltar...

Pelo contrário, ele só deixa em nosso Mundo os Alicerces de Seu Altar...

Registro Que se vai um Espírito bom, mas Cheio de Lamento...

Mas Infelizmente Renasce das Cinzas Um Sentimento Tormento...




Descanse em Paz, Grande Duque!

Túnel do Tempo...


O Que Aconteceu no Dia 25 de Fevereiro Através do Nosso Túnel do Tempo???

25 de fevereiro: Quarta-feira de cinzas no cristianismo ocidental (2009).
1570 - O Papa Pio V excomunga a rainha Isabel I de Inglaterra.
1836 - É patenteado o primeiro revólver, pelo norte-americano Samuel Colt.
1991 - Os países do Pacto de Varsóvia aprovam a dissolução da organização militar criada em 1955, em resposta à Organização do Tratado do Atlântico Norte.


*****FONTE: Wikipédia

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Olhe ao Seu Redor... O Que Vc Vê?

Você já parou para olhar ao seu redor? Como as coisas funcionam? Já parou para observar cada Movimento das Pessoas, olhares, feições? Você já percebeu como tudo é tão pequeno e se olharmos para cada coisinha do dia-a-dia?

Eu tenho esse Problema... E a cada dia que passa piora... Estou enchergando demais...

Muitas vezes fico parado em qualuqer praça observando as pessoas passarem, seus olhares perdidos ou focados, suas mentes cheias de palavras, duras palavras, seus corpos frágeis e movimentos apressados lembram um grande formigueiro, dá a impressão que estou olhando para um formigueiro e a qualquer momento vai surgir uma mão gigante com uma lupa e querer queimar uma a uma das formigas...

O pior de tudo é quando você se concentra e começa a ouvir cada lamento, perceber que aonde você olha existe alguém com aquele pensamento "Ai meu Deus". Acho, ou melhor, tenho certeza que quem criou o Mundo, hoje fica triste em perceber o que sua criação mortal fez com seu planeta, fez com sua própria raça...

Caraca, para onde caminha essa Raça Minuscula que é a Humanidade? Seres tão cheios de orgulho, porém frágeis como formigas???

Acho que só o tempo vai nos dizer....


*****Algo Escrito Pelo Blogueiro que daqui a pouco vai sumir entre os post's!

Música da Semana: "Mundo Imperfeito"

Procurei como um louco por esta música, só achei a letra....
Mundo Imperfeito


Quando eu vejo as coisas erradas no jornal e na tv
Eu penso em fazer algo,
E eu nem sei bem o que
E se você acha que pode vir a se tornar
A palmatória do mundo,
Isso não vai adiantar!

Se ta ligado, que sozinho não vai da pra acontecer
É que o problema na verdade, é bem maior do que você!
Com conscientização e principalmente união,não passe pelo mundo sendo só mais um cuzão!

Quem sabe se juntando todas as pequenas partes, não rola de fazer uma coisa grande de verdade!
Cada um fazendo o seu,cada qual faz do seu jeito
Só ralando pra mudar esse mundo tão imperfeito!

Se ta ligado, que sozinho não vai da pra acontecer
É que o problema na verdade, é bem maior do que você!
Com conscientização e principalmente união,não passe pelo mundo sendo só mais um cuzão!

Só mais um cuzão,
Mas ele é só mais um cuzão!
Não seja só mais um cuzão
Cuzão!
Não seja só mais um cuzão,
Não seja só mais um cuzão,
Cuzão!

Quem sabe se juntando todas as pequenas partes, não rola de fazer uma coisa grande de verdade!
Cada um fazendo o seu,cada qual faz do seu jeito
Só ralando pra mudar esse mundo tão imperfeito!

Se ta ligado, que sozinho não vai da pra acontecer
É que o problema na verdade, é bem maior do que você!
Com conscientização e principalmente união,não passe pelo mundo sendo só mais um cuzão!



*****FONTE: Intérprete Pitty, Composição Indisponivel.

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Versinho de Fim de Semana...

Um Versinho de Fim de Semana...

"Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, pois cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra. Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, mas quando parte, nunca vai só nem nos deixa a sós. Leva um pouco de nós, deixa um pouco de si mesmo. Há os que levam muito, mas há os que não levam nada."

*****Verso de Khalil Gibran Khalil.

Artigo: Carnaval: de Culto Pagão à Festa Popular

“Carnaval é uma grandiosa cosmovisão universalmente popular de milênios passados... é o mundo às avessas”. (Bakhtin, 1970)

O carnaval realizado no Brasil é a maior festa popular do mundo. Grande parte dos foliões brasileiros, no entanto, não conhecem as origens e as implicações dessa festa. Pensa-se que o carnaval é uma brincadeira típica do Brasil, mas várias cidades do mundo como Nice (França), Veneza (Itália), Nova Orleans (EUA), dentre outras, também a celebram anualmente. Então, em qual dessas cidades surgiu o carnaval? O carnaval, para surpresa de muitos, é um fenômeno social anterior a era cristã.

Assim como atualmente ela é uma tradição vivenciada em vários países, na antiguidade, o carnaval também era uma pratica em várias civilizações. No Egito, na Grécia e em Roma, as pessoas das diversas classes sociais se reuniam em praça pública com máscaras e enfeites para desfilarem, beberem vinho, dançarem, cantarem e se entregarem as mais diversas libertinagens. A diferença entre o carnaval da antiguidade para o moderno é que, no primeiro, as pessoas participavam das festas mais conscientes de que estavam adorando aos deuses. O carnaval era uma prática religiosa ligada à fertilidade do solo. Era uma espécie de culto agrário em que os foliões comemoravam a boa colheita, o retorno da primavera e a benevolência dos deuses. No Egito, os rituais eram oferecidos ao deus Osíris, por ocasião do recuo das águas do rio Nilo. Na Grécia, Dionísio, deus do vinho e da loucura, era o centro de toda as homenagens, ao lado de Momo, deus da zombaria. Em Roma, várias entidades mitológicas eram adoradas a começar por Júpiter, deus da urgia, até Saturno e Baco. Na Roma antiga, o mais belo soldado era designado para representar o deus Momo no carnaval, ocasião em que era coroado rei.

Durante os três dias da festividade, o soldado era tratado como a mais alta autoridade local, sendo o anfitrião de toda a orgia. Encerrada as comemorações, o “Rei Momo” era sacrificado no altar de Saturno. Posteriormente, passou-se a escolher o homem mais obeso da cidade, para servir de símbolo da fartura, do excesso e da extravagância. Com a supremacia do cristianismo a partir do século IV de nossa era, várias tradições pagãs foram combatidas. No entanto, a adesão em massa de não-convertidos ao cristianismo, dificultou a repressão completa. A Igreja foi forçada a consentir com a prática de certos costumes pagãos, muitos dos quais, cristianizados para que se evitasse maiores transtornos. O carnaval acabou sendo permitido, o que serviu como “válvula de escape”, diante das exigências que eram impostas aos medievos no período da Quaresma. Na Quaresma, todos os cristãos eram convocados a penitências e à abstinência de carne por 40 dias, da quarta-feira de cinza até as vésperas da páscoa.

Para compensar esse período de suplício, a Igreja fez “vistas grossas” às três noites de carnaval. Na ocasião, os medievos aproveitavam para se esbaldar em comidas, festas, bebidas e prostituições, como na antiguidade. Na Idade Média, o carnaval passou a ser chamado de “Festa dos Loucos”, pois o folião perdia completamente sua identidade cristã e se apegava aos costumes pagãos. Na “Festa dos Loucos”, tudo passava a ser permitido, todos os constrangimentos sociais e religiosos eram abolidos.

Disfarçados com fantasias que preservavam o anonimato, os “cristãos não-convertidos” se entregavam a várias licenciosidades, que eram, geralmente, associadas à veneração aos deuses pagãos. O carnaval na Idade Média foi objeto de estudo de um dos maiores pensadores do século XX, o marxista russo Bakhtin. Em seu livro Cultura Popular na Idade Média e no Renascimento, Bakhtin observa que no carnaval medieval – “o mundo parecia ficar de cabeça para baixo”. Vivia-se uma vida ao contrário. Era um período em que a vida das pessoas tornava-se visivelmente ambígua, pois a vida oficial - religiosa, cristã, casta, disciplinada, reservada, etc. – amalgamava-se com a vida não-oficial – a pagã e libertina.

O sagrado que regulamentava a vida das pessoas era profanado e as pessoas passavam a ver o mundo numa perspectiva carnavalesca, ou seja, liberada dos medos e das pressões religiosas. Com a chagada da Idade Moderna, a “Festa dos Loucos” se espalhou pelo mundo afora, chegando ao Brasil, ao que tudo indica, no início do século XVII. Trazido pelos portugueses, o ENTRUDO – nome dado ao carnaval no Brasil – se transformaria na maior manifestação popular do mundo e por tabela, numa das maiores adorações aos deuses pagãos do planeta.

Quem dera todos os foliões brasileiros soubessem disso.
.


*****FONTE: Eduardo de Araújo Carneiro, do CMI.

Pronunciamento do Dep. Zarattini (PT) Por Propaganda Política de José Serra (PSDB) Fora de SP

Esse Pronunciamento do Deputado Federal Carlos Zarattini (PT) deixa claro que as ambições do Governador Paulista José Serra (PSDB) em ser Presidente da República é tão grande que ele gasta milhões em Propaganda do Governo do Estado por Todo o País! Vejam:

"Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, ouvimos na semana passada e nesta semana vários discursos de Deputados da oposição reclamando do encontro de Prefeitos e Prefeitas com o Governo Federal, com o Presidente Lula. Muitos até atribuíram um propósito eleitoral àquele encontro, que foi justamente para integrar os novos Prefeitos aos modelos de administração que o Governo Federal faz de profundo relacionamento das Prefeituras com o poder local.

Mas, atuação eleitoral mesmo estamos vendo é com o Governador José Serra em São Paulo. O Governador viajou diversas vezes para fora do Estado, inclusive para fora do País. Recentemente, tivemos uma situação de convulsão social na Favela de Paraisópolis, a segunda maior da cidade de São Paulo, e, o Governador estava viajando, o Vice-Governador estava viajando, o Presidente da Assembléia estava viajando, e nós tínhamos o Presidente do Tribunal de Justiça conduzindo o maior Estado do País.

Hoje, já somam 9 milhões de reais gastos com propaganda fora do Estado de São Paulo pelo Sr. José Serra. Propaganda da SABESP, a companhia de água do Estado de São Paulo.

Essa companhia de água está sendo anunciada em todos os Estados do País, como se fosse possível ao consumidor da Paraíba, do Rio de Janeiro, de Rondônia, do Rio Grande do Sul utilizarem os serviços da SABESP.

Ora, vejam só, que coisa absurda! O Governador José Serra também fez propaganda das obras do Rodoanel na Paraíba. Muito importante esse anúncio do Governador. Seria melhor, Governador, que V.Exa. utilizasse seu tempo e os recursos de que dispõe para melhorar as condições de educação, para construir escolas que não sejam de madeirite, para fornecer uma alimentação saudável à população, para fazer com que os professores não sejam desrespeitados, como vêm sendo, por causa da aplicação de uma prova em que se atribuiu nota zero a quem não compareceu a sua realização, e se disseminou que havia 2 mil professores em São Paulo que receberam essa nota, mas nem isso a Secretária de Educação e o Governador conseguem resolver, porque educação naquele Estado não é prioridade. Vários Estados do Brasil têm um nível educacional melhor do que o de São Paulo, apesar de não contarem com os mesmos recursos.

Portanto, Sr. Presidente, esperamos que o Governador de São Paulo preocupe-se com o Governo e que não se dedique a fazer propaganda fora do Estado e que se dedique efetivamente a garantir qualidade de vida ao povo paulista.

Muito obrigado"
*****CARLOS ZARATTINI , 49, economista, é deputado federal pelo PT-SP. Foi secretário municipal de Transportes de São Paulo e das Subprefeituras de São Paulo (gestão Marta Suplicy).

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Estudantes de Itaquaquecetuba São Transferidos Para Escola Longe de Casa.

Os Estudantes do EJA (Ensino de Jovens e Adultos) da EM Leolino dos Santos, foram tranferidos sumariamnte para as Escolas Estaduais Edina Alvares e Durval Evaristo. O Problema gerado é: Quando a Prefeitura municipalizou a Escola em meados de 2006/2007, ela havia garantido cuidar do EJA, porém hoje ela volta atrás e transfere estes alunos para escolas longe de suas casas...

O pior de tudo, além da Prefeitura voltar atrás, ela não escutou seus estudantes, até o momento quem está na defesa dessa Causa é a APEOESP e a UMES - Itaquá, sendo que os Vereadores também se solidarizaram com nossa causa...

É importante ressaltar que não existe motivo concreto para a Transferência dos Estudantes e que foi criada uma comissão com a APEOESP, UMES - Itaquá, Representante da UBES e Estudantes afetados para dialogar com o Prefeito, até o presente momento não existe data de reunião...


*****Artigo de Marcello Barbosa.

Manifestação Estudantil Em Jandira


Ontem dia 19 de fevereiro de 2009 houve uma manifestação estudantil na Cidade de Jandira - SP. O que motivou a Manifestação foi o sumiço da Matrícula de Vários Estudantes do Curso Popular de Jandira - CPJ, um Cursinho Pré Vestibular da Cidade. Segundo os estudantes o "Sumiço" das Matriculas foi por perseguição política pois a Maioria dos estudantes são militantes do Movimento Estudantil, um dos estudantes lesados foi Leonel de Oliveira, Secretário Geral da UPES (União Paulista dos Estudantes Secundaristas) .

Leonel de Oliveira fez sua matrícula no final de 2008, porém foi impedido de estudar sobre a alegação que não havia se matriculado, sendo que na última quinta feira (05/02) foi expulso do CPJ e no dia seguinte foi feita uma barreira de seguranças para ele não entrar no Estabelecimento.

Durante a manifestação que contou com a Presença de Membros da UEJ (União Estudantil de Jandira) com Carlos Alves, Coordenador Geral da UEO (União dos Estudantes de Osasco) e Marcello Barbosa, Diretor de PPJ da UBES, onde deixaram claro o posicionamento das Entidades Estudantis de defesa da Educação Pública de Qualidade, também foi debatido durante o ato, que a administração do CPJ chamou um estudante de fora de Jandira para falar em nome da UBES, sendo que o mesmo não pertencia a Entidade. Quando a Direção do CPJ percebeu que o ato estava dando certo, com bastante mobilização, chamou a Guarda Civil Municipal e a Policia Militar, porém os estudantes não se intimidaram, então a direção da Escola decidiu dialogar depois de dias sem ouvir os estudantes.

Houve quase duas horas de negociação até a Direção do Cursinho, recuar e definir que todos os estudantes que foram lesados voltarão a estudar.

" O Cursinho Popular de Jandira, que é exemplo de ensino nacional, deve ter sua autonomia respeitada, pois como o próprio nome diz, ele é popular ele pertence ao povo e aos estudantes", Disse Leonel de Oliveira, Secretário Geral da UPES.



*****Escrito Por Marcello Barbosa.

Agende - Se: Encontro Nacional dos Estudantes Petistas


Encontro Nacional de Estudantes do PT acontece em 23 e 24 de março

Acontece nos próximos dias 23 e 24 de março, em São Paulo, mais um Encontro Nacional dos Estudantes do PT (ENETP), que vai discutir a educação brasileira e o papel do estudante na transformação da sociedade.

Organizado pela Secretaria Nacional de Juventude do PT, o Encontro será precedido de plenárias estaduais e regionais, que devem acontecer até no máximo 22 de março.
Para ler o Regimento do ENEPT, clique aqui.

A JPT também preparou um documento com orientações gerais para a realização dos encontros estaduais e regionais. Clique aqui para ler.


quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Agenda Petista 2009: Construção Sólida da Agenda Petista 2010!

Amigos vou começar a postar alguns artigos e textos sobre minha visão partidária e de governo.... Começo com esse aqui...
.

Agenda Petista 2009: Construção Sólida da Agenda Petista 2010!


07 Anos De Governo Popular: A Esperança Vence o Medo e Faz a Mudança de Fato!


Completamos em 2009, exatos 07 anos de Governo Lula e apesar da crise econômica mundial, podemos fazer um balanço positivo histórico do Governo Lula e da nossa atuação Petista na Esfera Federal.


Podemos Começar avaliar que durante o Governo Lula, a Eletrobrás, que durante o Governo Tucano foi desmontada, hoje passa a ter papel importantissimo na retomada da política Energética no Brasil, Podemos Avaliar que Furnas, Caixa Econômica, Banco do Brasil e BNDES, cumprem um papel fundamental na politica de desenvolvimento nacional de nosso Brasil, além disso o Nosso Governo Popular faz um grande Invetimento em Nossa Petrobrás, honrando nossos Heróis quer lutaram no Passado Pela campanha do “Petróleo é Nosso!”, esse é o maior exemplo do Fortalecimento de nossas Estatais, com esse investimento real, conseguimos conquistar nossa auto-suficiencia de petróleo e com a descoberta das bacias de Tupi e de Júpiter no pré – sal brasileiro nos tornamos uma das maiores potencias petroliferas do mundo. Vale Lembrar que hoje nossa Politica Internacional nos Credenciam como uma das Nações mais Importantes do Mundo, ao ponto de que nessa crise gerada pela Pátria do Capitalismo que é os EUA, muitos países ricos já acreditam que sem o Brasil atuando junto ao G8, essa crise será mais dificil de ser contida, ou seja o G8 já se estagna e mostra que o G20 (que o Nosso Brasil faz parte e é protagonista) tem pesso fundamental para conter esta crise. Em tempos Tucanos Nosso Brasil era somente um País de bananas e samba!


Avaliando o investimento social, vemos que este Governo foi o maior responsavel históricamente pela inclusão social de todos os brasileiros, hoje o Estado Brasileiro tem uma Real politica social. Com a criação do Bolsa Familia, nosso Governo, retirou milhões de Brasileiros da Miséria (hoje o Bolsa Familia atinge 44 milhões de pessoas), finalmente de pois de décadas o salário minimo brasileiro ultrapassou os 100 dólares. Unindo nossa política social a nossa política de desenvolvimento Econômico conseguimos Gerar mais de 8 milhões de novos empregos. Hoje com os Investimentos do PAC, que com cerca de 503,9 bilhões de reais previstos em investimentos públicos, será a nova alavanca para consolidar uma real politica de desenvolveimento sustentável e socialmente justo. Lembro que todas as crises mundiais que o Brasil passou durante a Era Tucana, ele Quebrou e dessa vez conseguimos passar pela crise de cabeça erguida.


No campo educacional, hoje o filho do pedreiro pode e deve virar Doutor! Graças ao PROUNI (Programa Universidade para Todos), que garantiu que hoje cerca de 500 mil estudantes de Escolas Públicas tenham acesso a Universidade. Nosso Governo é ainda responsável pela criação de 680 mil vagas nas Universidades Federais e 278 mil vagas no Ensino Técnico Federal. Com o FUNDEB, hoje existe invstimento de fato na educação básica, com investimento no transporte rural, nas Escolas Quilombolas, nas Creches e ainda investimento pesado em energia elétrica em cada Escola do interior do Brasil através do “Programa Luz Para Todos” e ainda um Programa de distribuição de Livros Didáticos. E Recentemente conquistamos na Câmara dos Deputados uma Vitória Histórica que é a Reserva de Vagas para estudantes de Escolas Públicas!


Enfim, Reduzimos a Pobreza, Consolidamos Uma Politica de Desenvolvimento, Construimos Uma Alternativa na Educação e ainda somos Uma Nação com Respeito Mundial pela Nossa Responsabilidade Social e Principalmente com Nossa Politica de Desenvolveimento Econômico com Desenvolvoimento Social, O Brasil avançou Muito e ainda temos que avançar mais e por fim ao NeoLiberalismo, para isso cabe ao Partido dos Trabalhadores consolidar esse Eixo Progressista em 2010 com a sucessão de Lula por outr@ Companheir@ Petista! Essa é a tarefa do PT em 2009, contruir a agenda Vitoriosa de 2010!


Não Podemos deixar que voltaem a Giovernar este País os mesmos que sucatearam nossa Educação, Privatizaram nossas Riquezas e ainda afundaram nosso País em dívidas...





*****Artigo de Marcello Barbosa, Secretário Municipal da Juventude do PT de Itaquaquecetuba, Coordenador Estadual da Mudança Secunda Paulista e Diretor de PPJ da UBES.

Só Para Descontrair....Nosso Brasil!


Este é o Mapa do Brasil Segundo a Visão Bandeirante dos Paulistas!!!

Calma Galera isso é apenas para descontrair!!!!

RSRSRSRS!!!!

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Artigo: "A Kristallnacht Volta ao Cenário Mundial"


A “Kristallnacht” Volta ao Cenário Mundial

Em 09 de novembro de 1938 os Nazistas atacaram diversas Lojas e casas de Judeus um ato que ficou conhecido como “Kristallnacht”, que em alemão quer dizer “Noite de Cristal”, o nome se deve ao fato de que quando os nazistas quebraram as vitrines de lojas e estabelecimentos judeus, a luz da lua refletia nos vidros quebrados, muitos estudiosos do Holocausto afirmam que foi o inicio do Holocausto. Noite de Cristal, Um Nome Poético para Uma catástrofe que é proibido esquecer...

Em 01 de fevereiro de 2009, um indiano é queimado vivo na Itália e a policia italiana nega ser um crime racista, mas apenas os Jovens Italianos se divertiam...

Em 05 de Fevereiro de 2009, O Senado Italiano aprova Uma lei que criminaliza imigrantes ilegais, que estimula os médicos a denunciar imigrantes ilegais e ainda legaliza as “Rondas Padanas” feita Pela Liga Do Norte que são verdadeiras Cruzadas de caça a imigrantes Ilegais, a mesma Liga do norte que é acusada de queimar acampamentos de ciganos...

Em 10 de fevereiro de 2009, a brasileira Paula Oliveira é agredida por Neonazistas Suíços Militantes do SVP, Partido de Ultra direita. É Agredida por um único motivo o de ser Brasileira e não suíça, agredida por um ódio racial covarde que muitos grupelhos Neonazistas ainda pregam, na Europa e no nosso Próprio País...

Se eu continuar a escrever fatos que como os quatro citados acima eu não vou escrever um artigo e sim um livro, está na hora de nossas autoridades Internacionais e Nacionais acordarem e perceberem que o Nazismo ainda habita muitas mentes e corações, esse ódio desenfreado não faz parte do passado e sim está presente seja na Europa, nos EUA e no próprio Brasil, quem não lembra do episódio dramático de “carecas” que empurraram dois jovens para fora de um trem em movimento na zona leste de São Paulo, onde um faleceu e outro teve seu braço amputado? Quantos Nordestinos que vivem na capital paulista não sofrem dessa mesma xenofobia que a Brasileira Paula Oliveira Sofreu na Suíça? E o caso do homossexual espancado na Praça da Sé? O ódio é como uma serpente, fica quieto observando seu alvo até seu ataque traiçoeiro e mortal, mas quando dá o bote deixa muitas marcas...

O caso da Brasileira não é um fato isolado, da mesma forma que o Nazismo enfeitiçou o povo alemão jogando a culpa da falta de emprego nos judeus, hoje a Europa se volta contra os imigrantes, com a mesma truculência do passado, no Brasil ocorre culpar os migrantes nordestinos, lembro que o Nazismo chegou ao poder na Alemanha após uma crise financeira como a que estamos passando, lembro que o orgulho do Povo Europeu é gigantesco e não aceitam perder seu emprego, e preferem culpar o imigrante do que o Mercado Financeiro.

É mais fácil odiar alguém e culpa-lo por algo, do que procurar a solução de seus problemas, é mais fácil tomar medidas xenófobas (Como a nova lei de imigração italiana) do que tentar contornar a crise, antes eram Grupelhos Neonazistas, agora já podemos ver Governos com atitudes Neonazistas...

Enfim, a Crise trouxe a tona uma Nova “Kristallnacht”, e espero que essa não dure como a de 1938.

*****Artigo de Marcello Barbosa, Secretário Municipal da JUventude do PT de Itaquaquecetuba e Coordenador Estadual do Movimento Mudança Secunda SP

Música da Semana... "Pais e Filhos"

Mais Uma Bela Música de Um Dos Maiores Poetas Brasileiros...

Pais e Filhos

Estátuas e cofres
E paredes pintadas
Ninguém sabe
O que aconteceu...

Ela se jogou da janela
Do quinto andar
Nada é fácil de entender...

Dorme agora
Uuummhum!
É só o vento
Lá fora...

Quero colo!
Vou fugir de casa
Posso dormir aqui
Com vocês
Estou com medo
Tive um pesadelo
Só vou voltar
Depois das três...

Meu filho vai ter
Nome de santo
Uummhum!
Quero o nome
Mais bonito...

É preciso amar haahaa as pessoas
Como se não houvesse amanhã
Por que se você parar
Prá pensar
Na verdade não há...

Me diz, por que que o céu é azul
Explica a grande fúria do mundo
São meus filhos
Que tomam conta de mim...

Eu moro com a minha mãe
Mas meu pai vem me visitar
Eu moro na rua
Não tenho ninguém
Eu moro em qualquer lugar...

Já morei em tanta casa
Que nem me lembro mais
Eu moro com os meus pais
Huhuhuhu!...ouh! ouh!...

É preciso amar as pessoas
Como se não houvesse amanhã
Por que se você parar
Prá pensar
Na verdade não há...

Sou uma gota d'água
Sou um grão de areia
Você me diz que seus pais
Não entendem
Mas você não entende seus pais...

Você culpa seus pais por tudo
Isso é absurdo
São crianças como você
O que você vai ser
Quando você crescer?

*****Composição: Dado Villa-Lobos / Renato Russo / Marcelo Bonfá

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Poesia de Fim de Semana: "Promessa de Amor Eterno"

Para Aliviar a Tensão desta Sexta Feira 13, Transcrevo Um Lindo Poema Romântico!


Promessa de Amor Eterno
 
De todos os amores por mim vividos até hoje, o seu foi o mais intenso.
De todas as almas, a sua foi a mais gêmea.
De toda a vontade de ficar junto, a vontade que me domina é a sua.
De toda ânsia de cometer loucuras, a sua foi a que mais me atentou.
De todas as esperanças em amores depositadas,
o seu foi o que teve mais crédito.
De toda a saudade, a sua foi a mais forte.
De todos os beijos, o seu foi o mais gostoso.
De todo calor, o seu foi o mais ardente.
De todos os corpos, o seu mais me instigou.
Por isso de todos os amores eternos por mim prometidos...
o seu será o único cumprido à risca.

Feliz Sexta Feira 13!!!

FELIZ SEXTA FEIRA 13!!!

Obaaaa!!! Hoje eu vou Viajar pelos Portais do Além!!!! rsrsrs

O número 13 é considerado de má sorte. Na numerologia o número 12 é considerado um número de coisas completas como 12 meses no ano, 12 tribos de Israel, 12 apóstolos de Jesus ou os 12 signos do zodíaco. Já o 13 é considerado um número irregular. A sexta-feira foi o dia em que Jesus foi crucificado e também é considerada um dia de azar. Somando o dia da semana de azar (sexta) com o número de azar (13) temos o mais azarado dos dias.

Esta superstição pode ter tido origem no dia 13 de Outubro de 1307, sexta-feira, quando a Ordem dos Templários foi declarada ilegal pelo rei Filipe IV de França; os seus membros foram presos simultaneamente em todo o país e alguns torturados e, mais tarde, executados por heresia.

Outra possibilidade para esta crença está no fato de que Jesus Cristo provavelmente foi morto numa sexta-feira treze, uma vez que a Páscoa judaica é celebrada no dia 14 do mês de Nissan, no calendário hebraico.

Recorde-se ainda que na Santa Ceia sentaram-se à mesa treze pessoas, sendo que duas delas, Jesus e Judas Iscariotes, morreram em seguida, por mortes trágicas, Jesus por execução na cruz e Judas provavelmente por suicídio.

Antes disso, porém, existem versões que provêm de duas lendas da mitologia nórdica. Na primeira delas, conta-se que houve um banquete e 12 deuses foram convidados. Loki, espírito do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga que terminou com a morte de Balder, o favorito dos deuses. Daí veio a crendice de que convidar 13 pessoas para um jantar era desgraça na certa.

Segundo outra história, a deusa do amor e da beleza era Friga (que deu origem a frigadag, sexta-feira). Quando as tribos nórdicas e alemãs se converteram ao cristianismo, Friga foi transformada em bruxa. Como vingança, ela passou a se reunir todas as sextas com outras 11 bruxas e o demônio. Os 13 ficavam rogando pragas aos humanos.


*****FONTE: Wikipédia

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Artigo: "A Nossa Luta é Todo Dia, Somos Mulheres e Não Mercadoria!"

Transcrevo aqui um Artigo Muito Show de bola de minha Companheira de Luta Camila Moreno, carinhosamente apelidada por mim de "Pãozinho de Queijo"! Mineira, 18 anos, atuou como Secretária Geral da UCMG e atualmente faz parte da Direção da Juventude do PT de Belo Horizonte e também é Diretora da Nossa Grande UBES... Ops! Não Posso Esquecer que é também é Dirigente Nacional do Grande Movimento Mudança!
....
"A Nossa Luta é Todo Dia, Somos Mulheres e Não Mercadoria!"
...
O dia internacional da mulher relembra a morte de operárias de uma fábrica americana que morreram carbonizadas durante repressão a uma manifestação por melhores condições de trabalho. Depois das operárias americanas as mulheres continuaram reivindicando seus direitos, queimaram sutiãs em praças públicas em defesa da liberdade sexual, conquistaram o sufrágio universal, porém ainda há muito o que conquistar, porque a desigualdade entre homens e mulheres ainda é preponderante em nossa sociedade.

Depois de todas essas conquistas, um dos principais fatores a ser combatido hoje é a mercantilizaçã o do corpo feminino, em que a mulher aparece como objeto de consumo, seja a partir de propagandas e de músicas, entrando ainda na prostituição.

A escola, como um retrato da sociedade também é um ambiente opressor em que a educação recebida pelas mulheres é diferente, assim como o acesso, a manutenção e a perspectiva de futuro para elas. Desde a infância, é diferente daquela possibilitada aos homens. Para se ter idéia, das 130 milhões de crianças sem alfabetização no mundo, 70% são do sexo feminino e elas representam dois terços do analfabetismo entre adultos.

Meninas ainda são educadas para as atividades domésticas, para o casamento, para o servilismo e a submissão. Sem conhecer seu próprio corpo, sua sexualidade, seus desejos e suas possibilidades. E de "boa menina" na infância, as mulheres seguem como um setor inferiorizado na sociedade, com salários menores do que o dos homens, menos oportunidades de trabalho, expressão sem oportunidade a criatividade e liberdade. Esse pensamento promovido na família, nos meios de comunicação, nas escolas, serve para que desde pequenas as mulheres aprendam a ser submissas, passivas, obedientes, em nada contestadoras ou críticas.

Levar o debate de emancipação feminina para as escolas é de grande relevância para encararmos a educação como espaço transformador e emancipador, na busca pela mudança da lógica sexista e capitalista, já que as conseqüências da crise econômica torna as mulheres trabalhadoras vulneráveis, pois enquanto existir o machismo serão elas as principais vítimas de demissões..

A manutenção dessa situação só é possível porque persiste na sociedade a cultura de opressão das mulheres, que por detrás de conquistas, como a possibilidade do voto, do acesso à educação e funções tradicionalmente ocupadas por homens, esconde a manutenção de valores que sustentam essa opressão.

A UBES convida a todas e a todos para ocuparem as ruas no dia 8 de março, para que o dia da mulher seja repleto de manifestações contra o machismo e anti-capitalistas, lembrando que será apenas o inícios de grandes mobilizações no mundo e principalmente no Brasil!


*****Escrito Por Camila Moreno, Diretora da UBES, Militante do Movimento Mudança.

"Monstros" da guitarra voltam às origens em documentário

"Monstros" da guitarra voltam às origens em documentário

BERLIM (Reuters) - Para três dos maiores guitarristas do mundo, seus instrumentos foram uma passagem para deixar a pobreza e a vida dura. É isso que mostra o documentário "It Might Get Loud" ("Poderia para ficar alto"), de Davis Guggenheim, sobre Jimmy Page (ex-Led Zeppelin), The Edge (U2) e Jack White (The White Stripes e The Raconteurs).

O trio conta como começou a tocar guitarra, quais foram suas influências e por que seu estilo de tocar é diferente dos demais. O documentário culmina com um encontro em um cavernoso estúdio de Hollywood, onde eles batem papo e terminam juntando guitarras elétricas e violões acústicos.

A trajetória dos três até o estrelato difere bastante, até mesmo por se tratar de continentes e gerações diferentes. Mas eles têm em comum o fato de terem usado a guitarra para abrir um mundo de possibilidades numa época em que as alternativas pareciam sombrias.

O grisalho Page, 65 anos, lembra como sentia o peso da rotina sendo músico de estúdio, fazendo a base para canções pop e jingles. Mas então ele entrou para a banda The Yardbirds, e depois participou da formação do Led Zeppelin, um dos grandes nomes do rock na década de 1970.

Para The Edge, 47 anos, tocar numa banda irlandesa do final da década de 1970 e começo da de 80 era a chance de escapar da miséria ao seu redor.

Jack White, 33 anos, trabalhava como estofador na adolescência, mas já se interessava por música, e um dos seus primeiros discos foi lançado em conjunto com um colega de trabalho.

Guggenheim, diretor do premiado documentário ambiental "Uma Verdade Inconveniente", mistura imagens do encontro, entrevistas individuais e material de arquivo dos guitarristas.

The Edge (ou David Evans), obcecado por tecnologia, lembra da sala de aula onde o U2 ensaiava nos seus primórdios. "Nenhum de nós sabia tocar àquela altura. Era realmente muito ruim."

Page volta a Headley Grange, na Inglaterra, onde o clássico do Led Zeppelin "Stairway to Heaven" foi gravado.

Em sua casa, cercado por milhares de discos, um radiante Page toca "air guitar" enquanto houve "Rumble", de Link Wray, que lhe causou uma profunda impressão como guitarrista.

Em uma antiga reportagem de TV, o músico-estudante é questionado sobre o que gostaria de fazer na vida. "Quero fazer pesquisa biológica", diz.

White produz uma "guitarra" com pregos, fios, madeira, uma garrafa e um amplificador, e diz: "Quem disse que você precisa comprar uma guitarra?"

Guggenheim afirmou que "It Might Get Loud", exibido nesta semana no Festival de Berlim, onde cerca de mil pessoas se juntaram para ver The Edge, é diferente de outros "rockumentários".

A maioria dos documentários de rock and roll aborda os acidentes de carro e as overdoses", disse ele em notas da produção para o filme. "Quisemos focar nas histórias e no caminho do artista, queríamos ir mais fundo abaixo da superfície."



*****FONTE: www.uol.com.br, Por Mike Collett-White.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Artigo: "Os Reflexos da Crise Econômica na Juventude Brasileira.

Trancrevo um Artigo Muito bom sobre a Crise Econômica escrito por um Grande Companheiro de Luta, Tales de Castro, Vice Presidente da Histórica UNE e militante do Movimento Mudança.
...
Os Reflexos da Crise Econômica na Juventude Brasileira

É tempo de crise. Em todo mundo os governos implementam políticas de contenção daquilo que se chama recessão na economia.

Originada pelo sistema de especulação financeira, a crise econômica começa a apresentar seus reflexos na economia real da população. Desemprego, alta dos alimentos e combustíveis, são algumas reações provocadas pela irresponsabilidade da auto regulação do mercado.. Dependente do humor financeiro dos especuladores, a economia mundial se vê hoje com a necessidade de rever sua própria dinâmica de funcionamento, já que forçados pelo atual conjuntura, até mesmo a elite, vem a defender a intervenção do Estado na economia.

A defesa desta intervenção sempre foi feita pelos movimentos sociais e partidos de esquerda, que propuseram ao longo da história a necessidade do Estado ser indutor das políticas sócio-econômicas. Esta proposição sempre visou que a economia fosse gerida a fim de atender as grandes demandas populares, na perspectiva da distribuição de renda para diminuição da pobreza e da desigualdade social. Com sua linguagem falseada e sustentada pelos grandes meios de comunicação, a elite brasileira está organizada para levar suas "propostas" de contenção da crise a cabo. Flexibilização e cortes de gastos, são algumas das nomenclaturas mais usadas neste momento. A FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), por exemplo, alem de pedir ajuda financeira, entregou ao governo federal uma proposta de flexibilização das leis trabalhistas. Flexibilização que fundamentalmente se resume a redução dos salários dos trabalhadores. Ou seja, mais uma vez quem paga o pato são as classes de baixa renda, que em momento algum tiveram responsabilidade no surgimento desta crise. No mesmo sentido a juventude de nosso país é afetada. Segmento que representa cerca de 40% da mão de obra no Brasil, hoje se vê mais uma vez nas mãos do sistema financeiro como objeto de garantia da continuidade do sistema capitalista.

Alem disso, por conta da proliferação das universidades particulares realizada na década de 90, boa parte dos estudantes destas instituições corem grandes riscos de terem seus estudos parados, já que varias destas universidades, como a Unianhanguera, tem ações na bolsa de valores, que neste momento propõe corte de gastos em sua estrutura interna.

Jovens trabalhador@ s que lutam para concluir um curso superior, vêm suas vidas estudantis em risco por conta da gula financeira dos tubarões de ensino.

Neste sentido o movimento estudantil em conjunto com o movimento social, precisa organizar ações que embasadas numa proposta de contenção da crise, possa interferir diretamente pra que a juventude e o povo brasileiro não sejam obrigados a pagarem uma fatura que não são suas. Mobilizações em torno de bandeiras concretas são fundamentais para que a classe trabalhadora, através dos movimentos sociais, seja ouvida neste momento. Devemos ir para as ruas defender a redução da jornada de trabalho sem redução de salários, para que haja geração de emprego em nosso país na contraposição aos cortes de gastos (lê-se cortes de verbas para educação e saúde) propostos pela elite. Devemos ir para as ruas defender 10% do PIB para educação, pois é através da expansão da educação publica, gratuita, emancipadora e cidadã que vamos garantir o desenvolvimento de nosso país produzindo pesquisa, ciência e tecnologia para atender as demandas populares. Acima de tudo devemos ir paras as ruas defender MAIS ESTADO, para frear as conseqüências danosas da auto regulação do mercado.

A juventude brasileira precisa estar atenta a esta nova conjuntura, pois o nosso protagonismo irá derrotar de vez o neoliberalismo no mundo, influenciando para a construção de um novo modelo de sociedade. A disputa de corações e mentes deve ser feita dia a dia, na busca da mudança de valores e da cultura, fazendo com que as pessoas cada vez mais defendam o meio ambiente e a vida em detrimento do capital.

Esta disputa é central para influenciarmos na construção de um país cada vez mais democrático e soberano, onde a juventude não seja refém daqueles que só pensam em seu próprio bem estar.



*****Escrito Por Tales de Castro Cassiano, Vice-Presidente da UNE, Militante do Movimento Mudança e do Movimento de Ação e Identidade Socialista - PT.

Feliz Aniversário Para o Grande Partido dos Trabalhadores!!!

PT 29 anos: Uma História de Lutas e Conquistas do Povo Brasileiro

“O Partido dos Trabalhadores surge da necessidade sentida por milhões de brasileiros de intervir na vida social e política do país para transformá-la. A mais importante lição que o trabalhador brasileiro aprendeu em suas lutas é a de que a democracia é uma conquista que, finalmente, ou se constrói pelas suas mãos ou não virá”. (Manifesto de fundação do Partido dos Trabalhadores)

Nesta terça-feira, 10 de fevereiro, o Partido dos Trabalhadores completa 29 anos. Depois de anos de luta contra a ditadura militar e do renascimento dos movimentos sindical e social, impulsionado principalmente pela luta dos trabalhadores no ABC paulista, o PT nasceu do sonho de se ter um partido somente para os trabalhadores.

Ao longo destas quase três décadas, com as eleições de prefeitos (as), vereadores(as), deputados(as), senadores(as), governadores e do Presidente da República, o partido mudou a forma de se fazer política no Brasil. O avanço das lutas populares permitiu que operários, funcionários públicos, moradores da periferia, camponeses, mulheres, negros, estudantes, índios e outros setores explorados pudessem se organizar para defender seus interesses. O PT tornou-se a voz pela qual as minorias puderam ecoar seus anseios.

Com a ascensão de Luiz Inácio Lula da Silva para a presidência da República, em 2002 – reeleito ao segundo mandato em 2006-, o Brasil conheceu um período de crescimento econômico e de importantes conquistas sociais. Houve um importante incremento na geração de empregos e de aumento da renda dos mais humildes. Programas sociais como o Bolsa Família e o Fome Zero resgatam o direito à cidadania a milhões de brasileiros e brasileiras. Com os investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC-, na ordem de R$ 1 trilhão, o Brasil foi o país que menos sentiu os efeitos da crise mundial, que ataca economias sólidas, como a dos EUA, desde setembro do ano passado.

Em mais este aniversário petista, agradecemos e parabenizamos aos nossos parlamentares, prefeitos(as), vice-prefeitos(as), dirigentes partidários e, principalmente, à nossa militância, pela incansável luta em busca de uma sociedade mais igualitária, fraterna e justa.


Diretório Estadual PT-SP Segunda-feira, 09 de fevereiro de 2009
*****FONTE: www.pt-sp.org.br

Túnel do Tempo...


O Que Aconteceu no dia 10 de fevereiro em nossa História???

1763 - É assinado o Tratado de Paris, entre o Reino Unido, França, Portugal e Espanha, que põe fim à Guerra dos Sete Anos.
1931 - Nova Deli torna-se a capital da Índia.
1980 - É fundado o Partido dos Trabalhadores (PT), em São Paulo, no Brasil.

Nasceram neste dia...
1890 - Boris Pasternak, poeta e romancista russo (m. 1960).
1894 - Mãe Menininha do Gantois (na imagem), iyalorixá brasileira (m. 1986).
1898 - Bertolt Brecht, dramaturgo, poeta e encenador alemão (m. 1956).

Morreram neste dia...
1755 - Charles de Montesquieu, filósofo francês (n. 1689).
1950 - Marcel Mauss, sociólogo e antropólogo francês (n. 1872).
2005 - Arthur Miller, dramaturgo estadunidense (n. 1915).



segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Música da Semana: "Balada do Louco"

Aqui Está Uma Música que ecoou em meus ouvidos durante o Fórum Social Mundial... Uma música dos Mutantes.... Das Antigas também...

Balada do Louco

Dizem que sou louco por pensar assim
Se eu sou muito louco por eu ser feliz
Mas louco é quem me diz
E não é feliz, não é feliz

Se eles são bonitos, sou Alain Delon
Se eles são famosos, sou Napoleão

Mas louco é quem me diz
E não é feliz, não é feliz
Eu juro que é melhor
Não ser o normal
Se eu posso pensar que Deus sou eu

Se eles têm três carros, eu posso voar
Se eles rezam muito, eu já estou no céu

Mas louco é quem me diz
E não é feliz, não é feliz
Eu juro que é melhor
Não ser o normal
Se eu posso pensar que Deus sou eu

Sim sou muito louco, não vou me curar
Já não sou o único que encontrou a paz

Mas louco é quem me diz
E não é feliz, eu sou feliz


*****Composição: Arnaldo Baptista / Rita Lee

Carta Aberta do 3° Diálogo Nacional de Movimentos e Organizações Juvenis


Carta Aberta do 3º Diálogo Nacional de Movimentos e Organizações Juvenis

A Juventude brasileira sempre teve um papel estratégico para o desenvolvimento do país. Ao longo dos anos, obteve a conquista de vários direitos, resultado de diversas lutas e um histórico de participação social.

Desde 2002, o debate sobre as políticas públicas de juventude (PPJ), no Brasil, ganha maior relevância, principalmente a partir de 2005, momento de constituição do Conselho Nacional de Juventude e da Secretaria Nacional de Juventude.

O 1º Diálogo Nacional em 2004 já apresentava como uma das principais demandas a criação de uma Política Nacional de Juventude. Desde então, vários foram os avanços nas políticas públicas, como o fomento dos espaços institucionais e de participação juvenil.

A realização da 1ª Conferência Nacional de Políticas Públicas de Juventude, que reuniu mais de 400 mil jovens em todo o país, se constituiu como um espaço privilegiado dos mais diversos segmentos juvenis, que elegeram 69 resoluções e 22 prioridades para as políticas públicas em âmbito nacional.

Mesmo reconhecendo tais avanços, há ainda grandes desafios relacionados ao tema juventude em nosso país. Nesse sentido, é preciso fortalecer e avançar no debate sobre PPJ enquanto uma política de Estado, levando em consideração a articulação do poder público e da sociedade civil, incorporando definitivamente na agenda política nacional e repercutindo nas esferas estaduais e municipais.

As políticas públicas de juventude devem estar integradas a saídas estruturais que atendam a objetivos de curto, médio e longo prazo. A implementação de programas e ações tais como o Projovem, o Prouni, a Reserva de Vagas nas Universidades e a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da Juventude são importantes iniciativas, entretanto, as organizações e movimentos juvenis precisam reafirmar as reivindicações dos setores juvenis, contribuindo cada vez mais para a ampliação dos direitos dos (as) jovens.

organizações e movimentos juvenis, reunidas no 3º Diálogo Nacional em Salvador, consideram o papel estratégico que a juventude tem para o desenvolvimento sustentável e igualitário do país, e para um avanço ainda maior na implementação das PPJs deve-se levar em conta os seguintes aspectos:

1) Fortalecimento do diálogo entre as organizações e movimentos juvenis da sociedade civil, no sentido de valorizar e qualificar cada vez mais os espaços de articulação e participação desses movimentos e organizações juvenis na discussão, formulação, implementação e avaliação das Políticas Públicas de Juventude;

2) Discussão e definição do marco legal das políticas de juventude, através da aprovação da PEC da Juventude; do Plano Nacional de Juventude e do Estatuto da Juventude em âmbito federal. Além disso, é importante a promoção de debates e articulações para a criação de espaços institucionais e planos de juventude nos estados e municípios, e avançar para a consolidação de um Sistema Nacional de Juventude.

3) Constituição da Política Nacional de Juventude, através da aprovação do Plano Nacional de Juventude, transformando- a numa política de Estado e não de governo. Para isso, sabemos que 2010 será um ano importante no debate político nacional, e não podemos permitir um retrocesso nas conquistas obtidas até aqui. Sendo assim, é preciso garantir que independente dos governos em vigor, a política de juventude possa se constituir como permanente em nosso país.

4) Reafirmação do Conselho Nacional de Juventude como um espaço de referência na elaboração, discussão e proposição de políticas de juventude. Em 2009, o Conjuve será presidido pela sociedade civil e cumprirá um papel destacado no sentido de garantir uma maior articulação das organizações e movimentos juvenis em todo o país no monitoramento e incidência da implementação das políticas públicas de juventude no Brasil.


Salvador, 22 de janeiro de 2009.


Assinam esta carta:
União Nacional dos Estudantes (UNE)
União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES)
Associação Nacional dos Pós-Graduandos (ANPG)
Centro de Estudos e Memória da Juventude (CEMJ)
União Brasileira de Mulheres (UBM)
Circuito Universitário de Cultura e Arte (CUCA)
Força Sindical
Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (FETRAF)
Rede Fale
UNEGRO
Articulação Política de Juventudes Negras
Nação Hip Hop
Associação Cultural de Preservação do Patrimônio Bantu (ACBANTU)
Movimento de Organização Comunitária (MOC)
Centro Popular de Cultura
CIPO – Comunicação Interativa
ARACATI
Central Geral dos Trabalhadores do Brasil
Confederação das Mulheres do Brasil
Escola de Gente – Comunicação em Inclusão
Congresso Nacional Afro-Brasileiro
Programa de Desenvolvimento Caminhos do Sol
Centro de Formação Brasil Jovem
UMES – SP
UBES – Associação Baiana Estudantil Secundarista
UEB – União dos Estudantes da Bahia
Palavra da Mulher Lésbica
A Coletividade – Pernambuco
Coletivo Acorda – Pernambuco
Centro Acadêmico Alexandre de Gusmão – Direito (UNISANTOS – SP)
FETAG
União da Juventude Socialista (UJS)
Movimento Revolucionário 8 de Outubro
Juventude PT
JSB

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Poesia de Fim De Semana

A cada Dia Que busco um Poema de Khalil Gibran Khalil para postar aqui, percebo duas coisas: Uma é ter a certeza que esse cara realmente conhecia o Amor e seus enigmas e a outra coisa é a certeza que Preciso de Uma Namorada.... Posso Pensar num a terceira coisa: Odeio Ser Libriano!

O Amor

E alguém disse:
Fala-nos do Amor:

- Quando o amor vos fizer sinal, segui-o;
ainda que os seus caminhos sejam duros e difíceis.
E quando as suas asas vos envolverem, entregai-vos;
ainda que a espada escondida na sua plumagem
vos possa ferir.

E quando vos falar, acreditai nele;
apesar de a sua voz
poder quebrar os vossos sonhos
como o vento norte ao sacudir os jardins.

Porque assim como o vosso amor
vos engrandece, também deve crucificar-vos
E assim como se eleva à vossa altura
e acaricia os ramos mais frágeis
que tremem ao sol,
também penetrará até às raízes
sacudindo o seu apego à terra.

Como braçadas de trigo vos leva.
Malha-vos até ficardes nus.
Passa-vos pelo crivo
para vos livrar do joio.
Mói-vos até à brancura.
Amassa-vos até ficardes maleáveis.

Então entrega-vos ao seu fogo,
para poderdes ser
o pão sagrado no festim de Deus.

Tudo isto vos fará o amor,
para poderdes conhecer os segredos
do vosso coração,
e por este conhecimento vos tornardes
o coração da Vida.

Mas, se no vosso medo,
buscais apenas a paz do amor,
o prazer do amor,
então mais vale cobrir a nudez
e sair do campo do amor,
a caminho do mundo sem estações,
onde podereis rir,
mas nunca todos os vossos risos,
e chorar,
mas nunca todas as vossas lágrimas.

O amor só dá de si mesmo,
e só recebe de si mesmo.

O amor não possui
nem quer ser possuído.

Porque o amor basta ao amor.

E não penseis
que podeis guiar o curso do amor;
porque o amor, se vos escolher,
marcará ele o vosso curso.

O amor não tem outro desejo
senão consumar-se.

Mas se amarem e tiverem desejos,
deverão se estes:
Fundir-se e ser um regato corrente
a cantar a sua melodia à noite.

Conhecer a dor da excessiva ternura.
Ser ferido pela própria inteligência do amor,
e sangrar de bom grado e alegremente.

Acordar de manhã com o coração cheio
e agradecer outro dia de amor.

Descansar ao meio dia
e meditar no êxtase do amor.

Voltar a casa ao crepúsculo
e adormecer tendo no coração
uma prece pelo bem amado,
e na boca, um canto de louvor.


*****De Khalil Gibran Khalil

Ocorreu um erro neste gadget

Simplicidade é Tudo...

Simplicidade é Tudo...
A Complexidade é Simples...