quinta-feira, 1 de julho de 2010

Música da Noite: "Suicida"

Um Clássico dos Mutantes...

Suicida

Cismei outro dia e quis me suicidar
Fui me atirar do Viaduto do Chá
A turma que passava não queria deixar
A vida pro meu lado estava má
Consciência pesada me mandava pular
Consciência pesada me mandava pular
Resolvi, então saltei
O carro que passava eu achatei
Minha cabeça se esfacelou
E o chofer lá de dentro gritou
O viaduto quebrou
Ou alguém louco ficou
Em cima da capota o meu corpo jazia
E pela minha face o sangue escorria
Chamaram o meu pai, mas veio a minha tia
Levar pro necrotério ela queria
Pois eu já não vivia
Mais um inútil morria
No dia seguinte o enterro saía
Pra Quarta Parada ele se dirigia
Uma flor negra o meu caixão cobria
O túmulo frio, a terra cobriu
Foi mais um que partiu
Fui enterrado com a camisa do meu tio
Era meia noite quando eu quis sair
A cova era apertada para eu dormir
Eu era um fantasma e quis conversar
Com alguém que estava sentado a fumar
Era uma caveira vulgar
Não pode nem me assustar (2x)
*****Composição: Raphael Vilardi e Roberto Loyola

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, Mas Não Desrespeite!!!
Me Reservo ao Direito de Não Publicar Comentários Anônimos Que Denigrem, Atacam ou Caluniam Terceiros.

Ocorreu um erro neste gadget

Simplicidade é Tudo...

Simplicidade é Tudo...
A Complexidade é Simples...