sexta-feira, 30 de julho de 2010

Versinho da Madrugada... 1h53

"Olhos nos olhos, quero ver o que você faz
Ao sentir que sem você eu passo bem demais

Olhos nos olhos, quero ver o que você diz

Quero ver como suporta me ver tão feliz"

Chico Buarque

Eu Voto Marta 133 e Netinho 650 Para o Senado!

Marta Suplicy Senadora 133!!!  Netinho de Paula Senador 650!!!  
Galera venho aqui apresentar meus dois candidatos ao Senado! é bom lembrar que este ano votamos em dois Senadores!

Marta Suplicy 133!
Da mesma forma que Precisamos de uma Mulher Presidente (Dilma lá!) precisamos de uma Senadora por São Paulo! Marta Suplicy 133 é a candidata ideal para representar o Estado de São Paulo no Senado!
Foi Deputada Federal, se destacando pela luta das mulheres e das minorias e Prefeita de São Paulo onde criou os CÉU's, aprovou o Plano Diretor Estratégico para São Paulo e criou as subprefeituras da cidade. Fez o maior programa de inclusão social de São Paulo, instituindo o Renda Mínima que mais tarde iria  impulsionar o Bolsa Família. Encerrou o mandato de prefeita de São Paulo com 49% de aprovação.
Além disso foi Ministra do Turismo, sua gestão foi marcada pela prioridade à inclusão social e à qualificação profissional do setor, com geração de emprego e renda, além disso deu início ao planejamento, do ponto de vista do turismo, de ações, obras e serviços necessários para a Copa de 2014.
Marta Suplicy 133 é Mulher, é Petista, é de Luta e tem experiência para representar o Grande Estado de São Paulo no Senado! Por isso Voto Marta Senadora 133!
Conheça Mais Marta Suplicy 133: http://www.marta133.com.br/

Netinho de Paula 650! 
Netinho 650, como muitos brasileiros veio da periferia, e desde cedo trabalhou para sobreviver. Alcançou a fama cantando pagode na década de 90 e desde então mantém um trabalho social na COHAB II (local onde cresceu) que atende cerca de 3 mil jovens. Em 2008 foi eleito Vereador por São paulo e se destacou na defesa do direito das crianças e adolescentes. Hoje é candidato ao Senado, é o Candidato do Gueto! Será o Senador da Periferia! Seu 1º Suplente é o Ex Deputado Federal Ricardo Zarattini, que foi Presidente da UEE-SP participou da Resistência contra a Ditadura Militar! Ou seja uma dupla dinâmica! 

Netinho 650 será o Senador do Gueto!. Por isso Voto Netinho Senador 650!
Conheça Mais Netinho 650: http://www.netinhodepaula.com.br/

***Escrito Por Marcello Barbosa, Secretário Municipal da Juventude do PT de Itaquaquecetuba, Coordenador de Finanças da JPT do Alto Tietê.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Eleitorado de 16 e 17 anos cresce no Alto Tietê

O número de eleitores jovens de 16 e 17 anos cresceu 10,8% em quatro anos. Em 2006 o eleitorado dessa faixa etária era de 16.552 e hoje passou a ser de 18.355 votantes. Biritiba Mirim aumentou em 22%  de novos eleitores seguida de Guararema que teve um acréscimo de 21,2%. As mulheres são maioria representando 51% dos votantes.

Itaquaquecetuba é a cidade com maior número de jovens eleitores dessa faixa etária com 4.243 votantes, seguida de Mogi das Cruzes com 4.100 Jovens Eleitores.

Eleitores de 16 e 17 anos por Cidade:
Arujá: 1.078 Eleitores
Biritiba Mirim: 327 Eleitores
Ferraz de Vasconcelos: 2.395 Eleitores
Guararema: 335 Eleitores
Itaquaquecetuba: 4.243 Eleitores
Mogi das Cruzes: 4.100 Eleitores
Poá: 1.733 Eleitores
Salesópolis: 245 Eleitores
Santa Isabel: 495 Eleitores
Suzano: 3.404 Eleitores

Veja Mais Dados da Região:


*****Fonte: TRE-SP

Artigo: "Blogueiros progressistas, mídia reacionária"

Por Rosane Bertotti

Marcado para os dias 21 e 22 de agosto na capital paulista, o 1º Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas representa um passo firme na caminhada pela democratização da comunicação, articulando mais do que vozes dissonantes, cérebros pensantes, de gente comprometida com um novo tempo para o país.

Na verdade, em ações como esta se encontra o centro da mudança que necessita ser feita, e para a qual todos estamos convocados a nos mobilizar: ampliar os espaços de participação e a conversação, o questionamento e o envolvimento, o protagonismo individual e coletivo. Para isso, naturalmente, é preciso garantir que meios de comunicação como a rádio e a televisão – que são concessões públicas que dialogam com milhões – em vez de propriedade privada de um emissor, sejam instrumentos da liberdade do pensamento, da mais ampla e fecunda pluralidade das ideias e da diversidade das culturas.


Diante de tamanho desafio, os blogueiros têm sido – e serão cada vez mais – agentes desta mudança, ao questionar o discurso impositivo e autoritário das verdades prontas e acabadas, permitindo uma reflexão crítica sobre os descaminhos de mídias, governos ou empresas, dando a sua contribuição ao processo de debate. Daí o investimento que a CUT está fazendo - e deve continuar fortalecendo, com o imprescindível apoio e envolvimento da sua militância - na articulação com as redes sociais, para, além de desobstruir canais e furar bloqueios, abrir novos caminhos.


O fortalecimento de instrumentos alternativos à ditadura imposta pelos barões da mídia e seus conglomerados é essencial para por em xeque a lógica negocista que, ao transformar a informação em mercadoria, uniformiza, intoxica e empobrece leitores, ouvintes e telespectadores. Sem ter como expor o contraditório, com o eixo da pauta contaminada por estes centros irradiadores de desinfomação/alienação, com o enfoque já predeterminado pela direção ditada pelo capital – bem grande e transnacional – as amplas maiorias ainda se veem reduzidas a serem consumidoras ou vítimas do discurso de legitimação do poder político e econômico.


Apenas para ilustrar, vamos a dois casos recentes que dignificam o papel dos blogs e seus sujeitos, os blogueiros. O candidato de FHC à presidência, José Serra, tentou se fazer passar como o criador do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e do Seguro Desemprego, mentindo a torto e a direito, confiando na exposição em rádio e televisão, junto com o martelar de seus escribas em jornais e revistas. Para desmenti-lo, foi fundamental a ação da CUT e das demais centrais sindicais em suas páginas pela internet, que contaram com a valorosa contribuição dos blogs progressistas para enterrar de vez a ladainha. Na semana seguinte, o presidente da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) veio fazer considerações a respeito do presidente Lula e da democracia em nosso país e no continente. Tais análises, altamente preconceituosas e difamatórias, logo mostraram sua razão de ser: o dito cujo é dono de um jornal de Miami que recebe recursos do Departamento de Estado norte-americano para difamar o governo cubano e todo e qualquer governante que não siga o receituário de Wasshington. Novamente, via blogs e páginas da internet, recebemos as informações rapidamente, desmontando o circo.


Mais do que plantar em pequenos vasos a mudança, é hora de lutar pela primavera, irradiando a todos e todas o colorido da diversidade. Que, imbuídos deste sentimento e com o compromisso de luta pela soberania nacional, pela justiça e pelos direitos, milhares de blogs floresçam.

****Rosane Bertotti, secretária de Comunicação da CUT Nacional

sábado, 24 de julho de 2010

Eu Voto Zarattini 1370 Para Deputado Federal!

Zarattini, a Renovação Que Deu Certo! Vote 1370!

Galera quero apresentar o meu candidato a Deputado Federal, Zarattini 1370, a Renovação Que Deu Certo!

Zarattini 1370 começou a lutar por um Brasil mais justo quando tinha uns 13 anos de idade. Naquela época, participou da reorganização dos estudantes secundaristas. Foi Secretário-Geral do Sindicato dos Metroviários.

Em 1995, como Vereador Zarattini 1370, apresentou e aprovou o Projeto de Lei criando o Bilhete Único na Câmara Municipal. Mas, o então prefeito Paulo Maluf vetou o Projeto. Foi eleito Deputado Estadual em 1998 com 39 mil votos. Em 2002 foi convidado pela Prefeita Marta Suplicy a assumir Secretaria Municipal de Transportes de São Paulo. Assim o Bilhete Único foi finalmente implantado e milhares de trabalhadores, beneficiados na capital.

Eleito Deputado Federal pelo Partido dos Trabalhadores em 2006, recebeu 134.224 votos. Vem construindo um mandato repleto de conquistas como a Lei de Anistia ao Imigrante; a ampliação da Tarifa Social de Energia; o Bilhete Único Metropolitano, a Regulamentação da Capoeira, a diminuição do DPVAT para motociclistas , entre outras!

Zarattini 1370 é a Renovação Que Deu Certo!

Zarattini 1370 é um Deputado Federal que sempre esteve presente em Itaquá, por isso eu Marcello Barbosa, peço seu Voto Para Zarattini 1370, Deputado Federal!

Conheça Mais o Zarattini 1370: http://www.zarattinipt.com.br/

***Escrito Por Marcello Barbosa, Secretário Municipal da Juventude do PT de Itaquaquecetuba, Coordenador de Finanças da JPT do Alto Tietê e apoiador de Zarattini 1370 para Deputado Federal. 

Eu Voto Zico Prado 13123 Para Deputado Estadual!

Zico Prado, o Deputado de Todo o Estado! Vote 13123!


Galera, demorei mais agora postei!

Vou aqui apresentar em poucas palavras o meu Candidato a Deputado Estadual, o Companheiro de Luta Zico Prado 13123, o Deputado de todo o Estado! Essa é a segunda matéria que falo sobre meus candidatos (Veja a primeira: http://migreme.net/d8x ), na próxima vou detalhar suas realizações! Fique atent@!

Zico Prado 13123, é um peão-agricultor, nasceu no interior, região noroeste do Estado, mas passou grande parte da sua vida na periferia da capital. Foi pequeno produtor rural, mas sem terra própria acabou por vir para São Paulo com sua mãe e oito irmãos. Em São Paulo passou a morar no bairro de São Mateus, na periferia da zona leste, onde ainda mora, 40 anos depois. Aqui estudou e se formou ferramenteiro. Passou então a ser um metalúrgico de profissão e um agricultor por vocação. 

A partir da participação na igreja passou a atuar na Pastoral Operária e nos movimentos populares da zona leste para reivindicar acesso a serviços básicos como água, luz e tantas outras benfeitorias que conquistou com muita luta.

Começou a militar no Movimento Sindical e por sua destacada atuação foi preso em 1973 por defender os direitos dos trabalhadores, na época o Brasil vivia uma Ditadura Militar. Se filiou ao PT onde entendeu que a política é, definitivamente, um importante instrumento da luta e representação da sociedade. Hoje, como deputado estadual, ao olhar o futuro, nunca se esquece de seu passado, e por isso, seus projetos buscam solucionar os problemas dos cidadãos e estimular o desenvolvimento local e regional.

Zico Prado 13123, é um Deputado de todo Estado, comprometido com a luta do Povo Brasileiro, com a luta de todos os Paulistas, por isso eu Marcello Barbosa peço o seu voto à Deputado Estadual para o Companheiro Zico Prado 13123!

Conheça Mais o Zico Prado 13123!: http://josezico.com.br/

***Escrito Por Marcello Barbosa, Secretário Municipal da Juventude do PT de Itaquaquecetuba, Coordenador de Finanças da JPT do Alto Tietê e apoiador de Zico Prado 13123 para Deputado Estadual.

Pesquisa Voz Populi: Dilma tem 41% das intenções de voto, enquanto Serra tem 33%

Pesquisa Vox Populi/Band/iG divulgada ontem dá liderança de oito pontos porcentuais à candidata petista Dilma Rousseff em relação ao tucano José Serra. Dilma tem 41% das intenções de voto, enquanto Serra tem 33% e Marina Silva (PV) 8%. No segundo turno, Dilma teria 46% e Serra, 38%.

Os outros cinco candidatos não pontuaram. Os votos brancos e nulos somam 4% e 13% dos entrevistados estão indecisos. A margem de erro é de 1,8 ponto percentual para mais ou para menos. É a primeira pesquisa nacional divulgada depois da oficialização das nove candidaturas à Presidência.

Na sondagem anterior, divulgada no dia 29 de junho e que incluía 11 nomes, Dilma tinha 40% contra 35% de Serra e 8% de Marina. Os brancos e nulos eram 5% e os indecisos 11%. A diferença entre a petista e o tucano subiu de cinco para oito pontos. Segundo o Vox Populi, Dilma venceria Serra em um possível segundo turno por 46% a 38%. Na pesquisa espontânea, a petista tem 28%, Serra 21% e Marina 4%. 
Por região
A ex-ministra da Casa Civil tem seu melhor desempenho no Nordeste, onde chega a 54% contra 24% de Serra e 5% de Marina. O ex-governador de São Paulo vai melhor no Sul, onde tem 39% contra 35% da petista e 7% de Marina. Ele também está na frente no Sudeste, com 36% contra 34% de Dilma e 10% de Marina.

A petista lidera tanto entre os homens quanto entre as mulheres. Ela tem 43% das intenções do eleitorado masculino contra 34% de Serra e 7% de Marina. No eleitorado feminino, Dilma tem 38% e Serra 32% enquanto Marina Silva tem 9%. Dilma Rousseff é a preferida em todas as faixas e níveis de ensino.

Renda familiar
Serra lidera dentro da margem de erro, entre os que ganham mais de cinco salários mínimos com 37% a 36% de Dilma e 11% de Marina. A petista tem o menor índice de rejeição, 17%, contra 24% de Serra e 20% da senadora do PV. O Vox Populi ouviu 3 mil eleitores entre 17 e 20 de julho.

A pesquisa Vox Populi foi registrada junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 19.920/10.

*****Fonte: Diário do Alto Tietê

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Poesia das 23h48: "Amar!"

Amar!



Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: Aqui...além...
Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente
Amar!Amar!E não amar ninguém!

Recordar?Esquecer?Indiferente!...
Prender ou desprender?É mal?É bem?
Quem disser que se pode amar alguém
Durante a vida inteira é porque mente!

Há uma Primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida,
Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!

E se um dia hei-de ser pó,cinza e nada
Que seja a minha noite uma alvorada,
Que me saiba perder... pra me encontrar...

*****FlorBela Espanca

terça-feira, 20 de julho de 2010

Eleições 2010 no Alto Tietê!

O Alto Tietê ganhou 103 mil eleitores em quatro anos. Em 2006 o Alto Tietê tinha 884.765 eleitores e hoje passa a ter 988.293 votantes, isso significa um aumento de 11,7% de eleitores. Sem contar os eleitores da Cidade de Guarulhos que em 2006 eram 699.876 votantes e hoje são 788.864 eleitores. (Nota não encontrei os dados detalhados de Guarulhos).

Sendo que: 

*51,6% do Eleitorado é composto por mulheres;
*1,8% do Eleitorado são jovens de 16 e 17 anos;
*18% do Eleitorado são jovens de 18 a 24 anos;
*25,1% do Eleitorado são jovens de 25 a 34 anos;
*20,8% do Eleitorado têm de 35 a 44 anos de idade;
*22,6% do Eleitorado são da faixa etária de 45 a 59 anos;
*7% do Eleitorado têm de 60 a 69 anos de idade;
*4,4% do eleitorado tem mais de 69 anos de idade.

Segue o número de Eleitores por Cidade nas Eleições 2010:

Arujá: 56.820
Biritiba Mirim: 20.977
Ferraz de Vasconcelos: 109.880
Guararema: 19.983
Guarulhos: 788.864
Itaquaquecetuba: 191.100
Mogi das Cruzes: 268.200
Poá: 84.068
Salesópolis: 13.979
Santa Isabel: 36.950
Suzano: 186.336

*****Fonte: TRE-SP

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Artigo: "Bruno, o monstro nosso de cada dia"

Por Louise Caroline

Estamos estarrecidos diante do noticiário nacional cotidiano que, há aproximadamente um mês, apresenta- nos como num enredo novelesco a crueldade do caso Bruno, goleiro do flamengo e sua Eliza (melhor não adjetivar a condição dela na história).
.
Em todos os canais, programas, horários, com maior ou menor seriedade, a história apresenta seus personagens e já estamos íntimos de Macarrão - do amor eterno, Sérgio - o primo vingativo, o “menor” - drogado assustado, o pai de Eliza -  pedófilo estuprador, o ex-PM assassino frio com longa ficha, Bruno – o monstro e suas amantes, namoradas, noivas, a esposa - cúmplice, prostitutas, mansões, orgias e uma infância de abandono e miséria.
.
Tudo contado com roteiro e produções cinematográficas. Reconstituições em gráfico e com atores, gravações telefônicas, gravações em celular, depoimentos policiais e na Ana Maria Braga, acesso estranhamente “exclusivo” aos autos e a peças, provas do crime.
.
Vem à mente, de súbito, os casos do menino João Hélio, da pequena Isabella. Histórias que, de tão cruéis, aparentam excepcionalidade. Quem sabe uma manifestação espiritual maligna se acometeu sobre esses monstros? Quem arrastaria um menino? Jogaria a filha pela janela? Mataria para não pagar uma mísera pensão? Jogaria corpos aos cachorros?
.
Não são excepcionalidades. Nem monstros os autores de tamanha brutalidade. É essa a cultura social vigente. A violência, a banalidade da vida, o estress, o consumismo, o deslumbramento diante do poder. 
.
No caso de Bruno, a reconstituição do que chamamos violência doméstica e sexista. A violência contra a mulher. Tema que cotidianamente produz casos dignos de toda parafernália midiática, como o vídeo da execução ao vivo da cabelereira em Minas Gerais ou mesmo o caso Mizael e Mércia, cujo corpo foi encontrado numa represa e cuja história divide as matérias jornalísticas atuais.
.
Neste caso, também se configura violência doméstica. Uma história típica de ciúmes e fim de relacionamento, mistura bombástica que diariamente impõe às mulheres, principalmente, uma vida de terror, perseguição, agressões e morte.
.
Pernambuco ocupa o terceiro lugar no ranking nacional de morte de mulheres. Tem índice 30% superior à média nacional e quase o dobro da média de todo nordeste. Em Caruaru, o Centro de Referência da Mulher “Maria Bonita”, órgão municipal que acolhe mulheres vítimas de violência doméstica e sexista, realizou 430 atendimentos apenas de janeiro a junho deste ano.  Já a delegacia da mulher recebeu 588 denúncias no mesmo período!
.
Cada uma das histórias poderia ser manchete principal dos jornalões brasileiros. Mulheres humilhadas, agredidas, estupradas. Do outro lado, os monstros de cada uma, homens convencidos de seu poder e autoridade perante as mulheres, suas mulheres. O sentimento de posse, a imposição da submissão feminina, a diminuição do valor humano das prostitutas. Elementos que fazem da sociedade brasileira um mau exemplo na constituição da igualdade entre os homens e as mulheres. Uma cultura machista que impõe infelicidade e, às vezes, é lembrada em grandes casos pirotécnicos. Na maioria dos dias, ignorada como parte da vida social.
.
É revoltante ver que mesmo os avanços legais, como a criação da Lei Maria da Penha, em 2006, são atacados ou por desdém cultural, ou pelo judiciário que de forma aberrante já aplicou a Lei em favor de homens e que, agora, tem uma mulher como algoz. A juíza titular do 3º Juizado de Violência Doméstica do Rio de Janeiro, Ana Paula Delduque Migueis Laviola de Freitas, que recebeu denúncia de Eliza contra Bruno, alegou que “a Lei Maria da Penha não se aplicava ao caso, visto que eles não mantinham relação afetiva estável”.
.
Ora, sequer é requisito que haja relação afetiva! Que dirá estável! A Lei Maria da Penha veio para proteger as mulheres em relações domésticas e sexistas. A Lei se estende às prostitutas, que mesmo em um único encontro com um homem já estabelecem com ele uma relação sexista. Também abrange as relações já findas, portanto, não estáveis. Pecou pelo rigor legal ou pela cultura social de desprezo às mulheres que se deitam por dinheiro? Aliás, esse foi um elemento utilizado por Bruno, seus comparsas e pela mídia para desqualificar o crime. Como se o direito à vida selecionasse a conduta moral dos cidadãos. Seria um julgamento deveras difícil esse. Não tem direito quem recebe, mas tem direito quem paga?
.
São simbólicos os casos expostos às nossas vistas pela televisão. Mas são apenas a ponta de um grande iceberg da violência contra a mulher que acontece à nossa volta diariamente. Ou encaramos os fatos com racionalidade e política pública para combater o machismo latente na sociedade brasileira, ou seguiremos elegendo os monstros da vez e condenando-os individualmente até que novos monstros nos façam relembrar.
                .
*****Louise Caroline é Secretária Especial da Mulher da Prefeitura de Caruaru

Mirian Stanescon, a inspiradora rainha dos ciganos

Passeando pela Internet, me chamou a atenção uma matéria no Portal Yahoo...

É uma matéria sobre o mágico e tradicional Povo Cigano, e uma Cigana em especial, Miriam Stanescon, além de citar os avanços do atualk Governo no diálogo com esse povo que nunca foi ouvido...

É uma ótima matéria com imagens muito lindas e detalha a relação de respeito que o Governo Lula e a então Ministra Dilma Roussef teve com o Povo Cigano e ainda têm.

Segue o Link


domingo, 18 de julho de 2010

Um Dia Gratificante...

Nunca gostei de hospitais, me dá más lembranças arrepios e sensação de doença... Odeio doença...

Hoje fui no Hospital Santa Marcelina... Mas esqueci de tudo isso, me senti super bem lá em conhecer um lindo trabalho social e sinceramente me segurei para não chorar...

Fui convidado por um vizinho a participar de um evento beneficente no qual ajudei com uma prenda, no Hospital Santa Marcelina... Conheci dois projetos muito interessantes e importantes: a "Pastoral da Saúde" e o Projeto "Alegrando".

A "Pastoral da Saúde" tem o objetivo de acompanhar e levar conforto aquelas pessoas que estão seriamente doentes e suas familias... O projeto "Alegrando" foi o que mais me chamou atenção...

O Projeto "Alegrando" tem a função de levar alegria para as crianças doentes do Hospital, isso me fez pensar muito sobre muitas coisas, confesso que me emocionei, mas segurei as lágrimas... Ambos são projetos voluntários, contam, apenas com o espaço do hospital e os voluntários que ajudam, mas funciona muito bem graças a dedicação do pessoal...

Muitas vezes reclamamos de tudo de nossa vida, mas nos esquecemos que existem mais pessoas ao nosso redor com problemas mais sérios... Quando vejo pessoas interessadas realmente em ajudar o próximo fico muito feliz, pois é um sinal que nem tudo está perdido...

Decidi que vou ajudar no projeto "Alegrando", vale apena por ser algo muito especial...

O Nosso Mundo Precisa de Mais Amor, Mais Carinho, Mais Compreensão e Mais Solidariedade...

*****Escrito Por Marcello Barbosa.

Veja mitos que dificultam prevenção do câncer de mama

O Instituto do Câncer de São Paulo fez um levantamento dos mitos que prejudicam o diagnóstico do câncer de mama. Muitas mulheres acreditam, por exemplo, que o desodorante provoca a doença. Outras acham que parar de tomar leite cura e que as próteses de silicone aumentam o risco de desenvolver tumores.

O diagnóstico precoce é o maior amigo da mulher quando se fala em câncer de mama. O problema é que esses vários mitos sobre fatores de risco acabam atrapalhando o diagnóstico e prejudicando o tratamento.

Os mitos são alimentados pela falta de informação. "Pelo pouco que eu sei é quando bate, né?", responde a estudante Camila de Almeida quando questionada sobre o que provoca o câncer. "Acho que é mais hereditário mesmo", afirma a também estudante Tatiane de Andrade.

"Nenhum deles foi comprovado e não tem muito fundamento para a gente acreditar neles", disse Jose Roberto Filassi, mastologista do Instituto do Cancer.

Se alguém na família já teve câncer de mama, a mulher deve ficar mais atenta aos exames preventivos. O histórico familiar é fator de risco. As chances são maiores quando a primeira menstruação vem antes dos 11 anos ou a menopausa depois dos 50. O consumo de álcool e o tabagismo também estão associados ao câncer de mama.

"Toma precaução, faça exame que tem que ser feito, aconselho todas mulheres a fazer, mas eu sigo a vida normal", disse a professora Maria do Carmo.

*****Fonte: G1

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Concurso tem 550 vagas para quem tem o Ensino Médio

Vagas são para técnico, com salário que pode chegar a R$ 1.965

Estão abertas as inscrições para 550 vagas no concurso público da Secretaria de Estado da Fazenda de São Paulo. Ficou encanado porque não tem ensino superior? Se Liga! As vagas são para quem tem o ensino médio completo e mais de 18 anos. As inscrições já começaram e vão até o dia 13 de agosto.
As vagas são para técnico, que é o responsável por dar apoio técnico e administrativo ao desenvolvimento das atividades da secretaria e atendimento ao público. O salário inicial é de R$ 682, mais prêmio de incentivo à qualidade de R$ 1.283, chegando a R$ 1.965 por mês. Além disso, há outros benefícios como auxílio alimentação, saúde e transporte.

Para participar, faça sua inscrição online no site da Fundação Carlos Chagas, a organizadora da seleção. A taxa é de R$ 40.

A seleção para as 550 vagas disponíveis é feita por meio de uma prova, que tem 80 questões e é dividida em português, matemática, raciocínio lógico, informática, atualidades, noções de direito constitucional, administrativo, penal, tributário e civil. Para passar, é preciso acertar 50% das questões.

A prova será realizada nas cidades de São Paulo, Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Jundiaí, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Santos, Sorocaba e Taubaté.

*****Fonte: Portal da Juventude do Governo de São Paulo

'Amigo" de Khalil Gibran

A postagem do Poema da meia noite de hoje eu dedico a uma Flor, uma Anja, uma Princesa... Dedico para você Gabi! 

PS: Eu sou o Cachorro! rsrsr!

Amigo

E um adolescente disse: "Fala-nos da Amizade."
E ele respondeu, dizendo:

"Vosso amigo, é a satisfação de vossas necessidades.
Ele é o campo que semeias com carinho e ceifais com agradecimento. 
É vossa mesa e vossa lareira.
Pois ides a ele com vossa fome e o procurais em busca da paz.

Quando vosso amigo manifesta seu pensamento,
não temeis o "não" de vossa própria opinião, nem prendeis o sim.
E quando ele se cala, vosso coração continua a ouvir o seu coração.
Porque na amizade, todos os desejos, ideais, esperanças,
nascem e são partilhados sem palavras, numa alegria silenciosa.

Quando vos separeis de vosso amigo, não vos aflijais.
Pois o que vós ameis nele pode tornar-se mais claro na sua ausência,
como para o alpinista a montanha aparece mais clara, vista da planície.

E que não haja outra finalidade na amizade 
a não ser o amadurecimento do espírito.
Pois o amor que procura outra coisa
a não ser a revelação de seu próprio mistério não é o amor, 
mas uma rede armada, e somente o inaproveitável é nela apanhado.

E que o melhor de vós próprio seja para o vosso amigo. 
Se ele deve conhecer o fluxo de vossa maré,
que conheça também o seu fluxo. 

Pois, que achais seja vosso amigo 
para que o procureis somente fim de matar o tempo? 
Procurai-o sempre com horas para viver.
Pois o papel do amigo é o de encher vossa necessidade, 
e não vosso vazio.

E na doçura da amizade, que haja risos e o partilhar dos prazeres.
Pois no orvalho de pequenas coisas, o coração encontra sua manhã e se sente refrescado.

Por Khalil Gibran do Livro "O Profeta"

quinta-feira, 15 de julho de 2010

O Jeito Tucano de Governar: USP Forma Profissionais Sem Mercado


Criado para facilitar o acesso de estudantes da zona Leste de São Paulo ao ensino superior, o novo campus da USP forma profissionais que não conseguem ingressar no mercado de trabalho.
Em 2005, a Universidade realizou seu primeiro vestibular, com a promessa de “resolver problemas locais”. O que se viu, na realidade, é que a criação da nova unidade só serviu de bandeira política durante o pleito de 2006. Na época, o então Governador Geral Alckmin implantou o prédio às pressas sem se preocupar com o mercado de trabalho que esses profissionais irão atuar.
Em vez dos cursos tradicionais, foram oferecidos cursos mais técnicos, concebidos de forma interdisciplinar, como sistemas de informação, gestão ambiental, políticas públicas, gerontologia e ciências da natureza. Na ocasião, alegou-se que o regulamento da USP não permitia a oferta de um mesmo curso em mais de uma unidade na mesma cidade. Por isso, a USP Leste não poderia criar cursos de medicina, engenharia ou economia, por exemplo. A solução foi criar cursos baseando-se em especialidades.
Não deu certo – Infelizmente a tentativa do governo estadual de democratizar o acesso ao ensino superior numa das áreas mais pobres da região metropolitana não deu certo. Além de serem vistos de forma preconceituosa pelos colegas das unidades mais tradicionais da USP, como se fossem estudantes de “segunda classe”, os formandos das primeiras turmas da USP Leste têm tido dificuldades para encontrar emprego na área de especialização por eles escolhida.
Profissão não regulamentada – Passados cinco anos, os recém-formados não encontram mercado de trabalho, simplesmente porque a profissão não é regulamentada. Esse é o caso dos alunos formados em obstretícia. Essa nova profissão foi criada a partir de especialidades cursadas em nível de pós-graduação por enfermeiros, médicos e profissionais de saúde – categorias estabelecidas, fiscalizadas e reconhecidas por conselhos profissionais e pelas sociedades científicas.
Aluna da primeira turma de obstetrícia, Paula Leal, nos relatou o drama: “Não conheço ninguém que se formou nas duas turmas que esteja trabalhando. Tenho colegas que até passaram em concurso público, mas que não conseguiram tomar posse”.
Brigando na justiça, os cerca de 80 alunos formados conseguiram uma liminar e hoje possuem um registro provisório em enfermagem. Os alunos ganharam na justiça alegando que uma Lei, em vigor até 1975, incluía as obstetrizes na categoria das enfermeiras. A profissão, porém, foi extinta e se tornou uma especialidade feita em nível de pós-graduação pela própria USP.
No ano passado, a USP recebeu R$ 2,8 bilhões do Tesouro do Estado. Desse montante, R$ 33,5 milhões (1,15%) são destinados para a USP Leste, que gasta R$ 32,4 (97%) de sua renda anual com a manutenção do quadro funcionários.
Em sites de notícias, a coordenadoria dos cursos de Obstetrícia e Gerontologia disse que a universidade pública não pode ser refém dos conselhos profissionais. “Senão, não cria mais nada de novo”, opina Lúcia Cristina Florentino Pereira, coordenadora da Obstetrícia.
Segundo Cristina, o curso é legítimo porque conta com o aval do Conselho Estadual de Educação, órgão que normatiza o ensino superior da rede pública, mas admite a necessidade de regulamentação por um conselho: “Houve tentativa de negociação com o conselho de enfermagem e tentamos um consenso sem perder a autonomia”, afirma Cristina, para quem o órgão se mantiveram impassíveis diante dos esforços da universidade. Para ela, uma das formas de amenizar a resistência à nova profissão seria a criação de vagas específicas de obstetrizes em concursos públicos da União e do Estado.
Solução – Para tentar resolver o problema, a USP resolveu incluir mais matérias no curso, acatando a sugestão do Conselho Regional de Enfermagem. Com isso, o curso ganha mais um ano. Os alunos que se formaram, como Paula, serão convidados a voltar ao banco da faculdade.
“Eu me formei em 2008. Agora não posso mais voltar a estudar porque preciso trabalhar. Queria muito conseguir um emprego na minha área, mas também tenho que pagar minhas contas”, conta Paula, inconformada.
Entre as principais mudanças, o curso terá aulas práticas e ampliação do número de disciplinas de enfermagem. Será, agora, de nove semestres, e terá uma carga horária maior. As alterações foram aprovadas pelo Conselho Universitário – instância máxima da instituição – no mês passado e já valem para o vestibular de 2011. Os atuais alunos, que se formariam neste ano, terão de cursar mais disciplinas e só completarão a graduação no ano que vem.
*****Do Blog Galera da Dilma

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Artigo: "Repudio a Intolerância"


Repudio a Intolerância!

Por Marcello Barbosa

Circula na internet um Manifesto infame e intolerante. Circula um tal Manifesto chamado de “Manifesto São Paulo Para os Paulistas”.

O Brasil sempre foi uma Nação pacifica diferentemente dos países do velho continente europeu. Aqui somos um único povo, porém multicultural, com sotaques diferentes, com diferentes expressões musicais, com rico folclore, com ampla miscigenação, nossa Brasilidade vem do índio, do branco do negro e dos orientais que vieram para cá no século XIX.

Aqui não existem paulistas, paraibanos, pernambucanos, paranaenses, gaúchos ou qualquer outro povo, aqui existe o Brasil! Aqui existe a Brasilidade! Somos uma nação única com povo único, uma nação continental, com ampla riqueza mineral, com diversidade de fauna e flora invejáveis para qualquer outro País

Somos Brasileiros! Somos a Nação que hoje dá exemplo de combate a miséria e a fome ao mundo, uma nação que lidera o outras nações e inspira nações e povos mundo a fora!

Os nazistas na Alemanha, assassinaram 6 milhões de judeus e provocou uma guerra que ceifou a vida de mais de 55 milhões de pessoas, com o ideal de pureza racial e supremacia de uma cultura sobre outra. Quando alguém no Brasil quer questionar a Unidade da Federação, por achar sua cultura superior, por não querer outras pessoas em seu suposto espaço, é esquecer ou ser ignorante em não conhecer a nossa História. Essa pessoa deve se olhar no espelho e com certeza perceberá o óbvio: No Brasil existe um único povo o Povo Brasileiro!

O que seria do Brasil sem os soldados da Borracha no Acre?
O que seria do Brasil sem os Candangos nordestinos em Brasília?
O que seria do Brasil sem os retirantes do Nordeste que construíram a Capital Paulista e o próprio Estado de São Paulo?
O que seria do Brasil sem a nossa Mata Amazônica? Nossos Lençóis Freáticos daquela região?
O que seria do Brasil sem o Frevo do Pernambuco? O Forró da Paraíba? O Rap de São Paulo? O Samba do Rio de Janeiro? O Bugio gaúcho? E todas as expressões culturais que temos em cada Estado que atraem turistas para cá movendo o nosso Comércio?

O Brasil é grandioso por ser uma enorme colcha de retalhos, uma colcha de retalhos que nos torna uma grande Nação, com um Grande Povo que diariamente luta por Mudanças e tem orgulho de ser Brasileiro!

Aos intolerantes, não sinto ódio deles, não sinto raiva deles, muito menos desejo a eles algum mal, mas tenho pena... Tenho pena, pois são tão ignorantes que não conhecem o nosso Brasil e o que é pior não sabe o valor da nossa Brasilidade!

*Marcello Barbosa, é Secretário Municipal da Juventude do PT de Itaquaquecetuba – SP, Coordenador de Finanças da JPT do Alto Tietê e Membro do CONSEG de Itaquaquecetuba.

Cordel: "O Caso Eliza Samudio e o Machismo Total"

O Caso Eliza Samudio

O caso Eliza Samudio
Que tem chocado o Brasil
Emerge como prelúdio
De um grande desafio:
Exortar nossa Justiça
Pra deixar de ser omissa
Ante o machismo tão vil!

Trata-se de um momento
De grande reflexão
Pois não basta só lamento
Ou alguma oração
É hora de provocar
Propondo um outro olhar
Sobre processo e ação

Saiu na televisão
Rádio, internet e jornal
Notícia em primeira mão
Toda manchete é igual:
Ex-amante de goleiro
(Aquele cheio de dinheiro!)
Sumiu sem deixar sinal

Muita especulação
- discurso de autoridade-
Uns dizem que é armação
Outros dizem que é verdade
Polícia e delegacia
Justiça e promotoria:
Fogueira de vaidades!

Mei-mundo de advogados
Investigação global
Cada um no seu quadrado
Falando em todo canal
Subjacente a tudo
Um peixe muito graúdo:
Androcentrismo total!

A mídia fala em Bruno
Eliza e gravidez
Flamengo, orgia e fumo
-esta é a bola da vez!-
Tem muito 'especialista'
Em busca de alguma pista
Pra ser o herói do mês

E a história se repetindo
Mudando apenas o nome
Outra mulher sucumbindo
Sob ameaça dum homem
Uma vida abreviada
Cuja morte anunciada
A estatística consome

Assim é a violência
Lançada sobre a mulher
Ela pede providência
E cara faz o que quer
Mas a Justiça, que é lerda,
Machista, 'fazendo merda'
Vem com papo de mané

E oito meses depois
Da 'denúncia' inicial
Que é o feijão com arroz
Do distinto tribunal
Nadica de nada existe
Mas autoridade insiste
Que isto, sim, é normal:

“A culpa é do Instituto
Que não mandou o exame”
- isto soa como insulto
e daqueles mais infame-
Não era caso de urgência?
-tenha santa paciência!-
Para que serve um ditame?

A moça buscou amparo
Na Justiça do país
Agiu correto, é claro
E esperou do juiz
O tal reconhecimento
Sobre o pai do seu rebento
Tendo a vida por um triz

Também fez comunicado
Ao campo policial
Dizendo que o namorado
Praticou crimes e tal
Buscou as vias legais
Enfrentou feras reais
Terá sido este o seu mal?

Mesmo com a delegacia
Dita especializada
E com toda a apologia
De uma Lei avançada
Faltou ter a ruptura
Com aquela velha cultura
De que a mulher é culpada

E o cumprimento legal
No caso, muito importante
Seria mais um arsenal
Para enfrentar o gigante
Mudar a mentalidade
De nossas autoridades
É fator preponderante

E para que isto ocorra
Entre outra alternativa
Antes que mais uma morra
E o caso fique à deriva
É preciso compreender

Que Justiça é pra fazer
Enquanto a mulher tá viva!
Sei que nada justifica
Que haja tanta demora
E enquanto o caso complica
A vítima 'já foi embora'
Sem medida protetiva!
Sequer prisão preventiva!
Quanto inoperância aflora!

Se o exame era necessário
À elucidação do crime
O Estado-perdulário
Neste campo fez regime
Ficando no empurra empurra
No velho: ''mulher é burra,
e joga no outro time”

Todo crime tem problemas
De toda diversidade
Assim como há esquemas
Também há dificuldades
Mas pra mim é evidente
Que o machismo presente
Premia a impunidade

Machismo compartilhado
Por gente de toda cor
Do goleiro ao empregado
Do primo ao executor
Autoridades também
Implicitamente têm
Um machismo inspirador

Cada 'doutor' se expressa
Centrado no garanhão
É o mote da conversa:
Fama, grana e traição
Ao se referir a ela
Falam da menina bela
Que fez filme de tesão

Falta a compreensão
Da questão relacional
Gênero, classe, profissão
Cor e status social
O processo é narrativa
Que emerge da saliva
Falocêntrica-legal

E ainda que alguns digam
“Oh, Eliza, coitadinha”
E suas doutrinas sigam
Desvendando pegadinhas
A escola dogmática
Do direito-matemática
Perpetua ladainhas

Processo judicial
Só serve para punir?
Havia tanto sinal...
Não dava pra prevenir?
E a tal ação civil?
Alimentos deferiu?
Para o bebê consumir?

É um momento de dor
Para a família dos dois
O caso é multifator
Não basta dar nome aos bois
A lógica policial
Cartesiana e formal
Festeja tudo depois

Por isso se faz urgente
Conjugar gênero e direito
Pois um trabalho decente
Que surta algum efeito
Não se limita a julgar
Mas também a estudar
O cerne do preconceito

Homens que matam mulheres
Em relações de poder
Isto tem se dado em série
Mas é preciso entender
Que subjaz ao evento
Um histórico comportamento
Que vai construindo o ser

A nossa sociedade
Apesar da evolução
Reproduz iniquidade
E também muita opressão
Homem que bate em mulher
- E “ninguém mete a colher” -
Sempre foi uma 'lição'

Aprendida por goleiros
Delegados, professores
Motoristas, marceneiros
Pedreiros e promotores
Garçons e malabaristas
Médicos e taxistas
Juízes e adestradores

Por isto em nossos dias
De conquistas sociais
De novas filosofias
Direitos especiais
Não podemos aceitar
Justiça só pra apurar
Crimes tão excepcionais

Que a Justiça também
Sirva para (se) educar
Chega deste nhém-nhém-nhém
Deste eterno blá-blá-blá
A Lei Maria da Penha
Existe pra que não tenha
Tanta morte a lamentar!!!

terça-feira, 13 de julho de 2010

Governador Desmente Prefeito de Itaquá! Teremos Cadeião!

O Governador de São Paulo Alberto Goldman (PSDB), afirmou ontem que será construido sim um Cadeião na Divisa de Itaquá e Guarulhos no Parque Piratininga. Com essa afirmação ele desmente o Prefeito de Itaquaquecetuba, Armando da Farmácia (PR) que depois de anunciar que o Cadeião (Ou CPP) viria para Itaquá viu o povo se revoltar e acabou dizendo que tinha garantias do então Secretário Estadual de Desenvolvimento de São Paulo Geraldo Alckimin (PSDB) que Itaquá não teria o Cadeião...

E agora??? Quem está mentindo???

Goldman (PSDB), quando era Deputado Federal foi contra a Criação do FUNDEB que multiplicava por 10 o investimento em educação...

Alckimin (PSDB), foi Governador e foi durante seu Governo que a Segurança Pública e a Educação foi sucateada, quem nã lembra dos ataques do PCC??? Alckimin quando Governador engavetou 69 CPIS...

Armando da Farmácia (PR), foi reeleito Prefeito em 2008 promentendo melhorias para a população, durante a Campanha, como por exemplo o Bilhete Único na Cidade e a quebra do Monopolio do Transporte público. Hoje Armando traz um Cadeião para Itaquá, quer ampliar o Lixão de Itaquá e ainda por cima quebrou suas promessas de Campanha... 

Com tudo isso Armando da Farmácia (PR) quer eleger sua esposa Heroilma Soares (PTB) Deputada Estadual com o apoio de Goldman e Alckimin... Não podemos deixar isso acontecer, se não continuaremos vendo Itaquá como uma Colônia que tem quase 500 mil habitantes e está como uma das 08 Cidades mais pobres do Estado...

Leia a Matéria: "Itaquá Terá CPP, Diz Goldman"

*****Escrito Por Marcello Barbosa
Ocorreu um erro neste gadget

Simplicidade é Tudo...

Simplicidade é Tudo...
A Complexidade é Simples...