sábado, 29 de janeiro de 2011

Record Mostra a Precariedade do Transporte em Itaquá!

Mais uma vez a Cidade de Itaquaquecetuba é mostrada em Rede Nacional, e como de praxe, mais umavez por algum escândalo... O Jornal da Record fez uma série de Reportagens sobre o transporte público no País e citou Itaquá como um exemplo de precariedade e desrespeito ao usuário do transporte público...

Ou seja a Record mostra o que todo mundo vê, que nosso sistemade transporte público é precário e ruim, enquanto isso a Prefeitura Municipal aumenta nossa Tarifa!

Vejam a Matéria da Record:

Não ao Aumento da Tarifa de Ônibus!
Não ao Monopólio das Linhas de Ônibus!
Sim ao Respeito ao Povo de Itaquá!

Participe amanhã (dia 30/01) as 11h00 no Coreto da Praça de Itaquá da Reunião de Organização do Ato contra o Aumento da Tarifa organizado pelo Movimento Nossa Itaquá!!!

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

AUMENTO NÃO!!!!!

"Sobre a Alegria"

Para acalmar os ânimos depois de muitas postagens tensas!!!

Sobre a Alegria

in "O Profeta"
 
Então, uma mulher disse: "Fala-nos da Alegria e da Tristeza".

E ele respondeu:

"Vossa alegria é vossa tristeza desmascarada.

E o mesmo poço que dá nascimento a vosso riso foi muitas vezes preenchido por vossas lágrimas.

E como poderia não ser assim?

Quanto mais profundamente a tristeza cravar a sua garra em vosso ser, tanto mais alegria podereis conter.

Não é a taça que contém vosso vinho a mesma que foi queimada no forno do oleiro?

E não é a lira que acaricia vossa alma a própria madeira que foi entalhada a faca?

Quando estiverdes alegres, olhai no fundo do vosso coração, e achareis que o que vos deu tristeza é aquilo mesmo que vos está dando alegria.

E quando estiverdes tristes, olhai novamente no vosso coração e vereis que, na verdade, estais chorando por aquilo mesmo que constituiu o vosso deleite".

Alguns dentre vós dizeis: "A alegria é maior que a tristeza", e outros dizem: "Não, a tristeza é maior".

Porém, eu vos digo que elas são inseparáveis.

Vêm sempre juntas; e quando uma está sentada à vossa mesa, lembrai-vos de que a outra dorme em vossa cama.

Em verdade, vós estais suspensos como os pratos de uma balança entre vossa tristeza e vossa alegria.

É somente quando estais vazios que estais equilibrados.

Quando o guarda do tesouro vos suspende para pesar seu ouro e sua prata, então deve a vossa alegria ou a vossa tristeza subir ou descer".

Khalil Gibran

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Ato Contra o Aumento da Passagem em Itaquá!!!

Hoje dia 25 de janeiro de 2011, ocorreu a 1ª Reunião do Movimento Nossa Itaquá tendo como pauta o Ato Contra o Aumento das Passagens em nossa Cidade! Com grande representação de moradores 05 Bairros de nossa Itaquaquecetuba, Convocamos e Convidamos tod@s os interessados em participar deste Ato para a Reunião de Organização dele, que ocorrerá nesse próximo Domingo as 11h00 no centro de Itaquaquecetuba!

Reunião de Organização do Ato  Contra o Aumento das Passagens:
***Data: 30/01/2011 (Domingo agora)
***Horário: 11h00 (de manhã)
***Local: Praça Central Padre João Alvares, no Coreto da Cidade.

Divulgue, Participe e Convide mais pessoas, vamos barrar esse aumenbto abusivo em noss Transporte Coletivo!

Aumento Não!!!
R$ 2,90 Não!!!
Ônibus Super Lotado Não!!!
Respeito ao Povo de Itaquá Sim!!!

Veja os ultimos Posts no Blog!

Ônibus é principal meio de transporte para 44,3% dos brasileiros; Mas é caro e ruim:

Prefeito de Itaquá Trai Seu Povo! Tarifa de Ônibus Chega a R$2,90!

Guarulhos Tem Bilhete Único! Itaquá Tem Ônibus Lotado!

Aumento da Tarifa de Ônibus em Itaquá?

Ônibus é principal meio de transporte para 44,3% dos brasileiros; Mas é caro e ruim

O estudo, que envolveu 2770 famílias em todo o país, indica que cerca de 50% das pessoas que andam de ônibus no país estão na região Sudeste. Em 2000, esse tipo de serviço abocanhava 18,7% das despesas do cidadão; em 2010, 20,1%. Mais de um terço dos entrevistados (39%) considera o transporte público muito ruim ou ruim.

O transporte público, principalmente o ônibus, é o meio de locomoção mais usado nas cidades brasileiras, de acordo com o estudo Sistema de Indicadores de Percepção Social: Mobilidade Urbana, feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Segundo o estudo divulgado hoje (24) na capital paulista, 44,3% dos brasileiros se locomovem dessa forma.

Mais de um terço da população brasileira (39%) entrevistada, para o estudo que envolveu 2.770 pessoas em todos os estados e no Distrito Federal, considera o transporte público muito ruim ou ruim.

Nacionalmente, 31,3% acham o transporte regular e somente 2,9% consideram muito bom, ao passo que 26,1% o consideram bom - 0,7% não souberam ou não quiseram opinar. A região Sudeste tem o menor percentual de entrevistados que acham o transporte muito bom, 1,8%, ao mesmo tempo em que conta com uma das piores avaliações: 45,9% de reprovação. No Norte há a melhor aprovação, com 7,6% que consideram o transporte público muito bom.

De acordo com o estudo, apresentado pelo presidente do Ipea, Marcio Pochmann, na região Sudeste, o percentual atinge 50,7%. Apesar da importância desse tipo de transporte, a quantidade de ônibus em circulação no Brasil cresceu menos na década de 2000 a 2010, que a quantidade de veículos particulares. Hoje, há um ônibus para cada 427 habitantes, e, em 2000 era um para 649 pessoas. Em relação aos carros, a proporção hoje é de um automóvel para cada 5,2 habitantes, enquanto há dez anos era de 8,5.

O SIPS de mobilidade urbana revelou também os contrastes nos tipos de transporte de cada região brasileira. Quase 50% das pessoas que andam de ônibus no país estão na região Sudeste, enquanto 45,5% daqueles que utilizam bicicleta moram na região Nordeste. Da mesma forma, 43,4% dos utilizadores de motocicleta também estão no Nordeste.

“Houve uma mudança de ponto de vista da composição da frota. Em 2000, os automóveis eram 62,7% do total de veículos no Brasil. As motos eram 13,3%. Agora, em 2010, os automóveis são 57,5%, contra 25,2% das motos”, afirmou Pochmann. “Para cada ônibus novo surgido colocado em circulação nos últimos dez anos, apareceram 52 automóveis”, continuou o presidente do Ipea.

Um dos dados citados na apresentação do estudo, retirado da Pesquisa de Orçamento Familiar (POF), é o de crescimento dos gastos com transporte no País. Em 2000, esse tipo de serviço abocanhava 18,7% das despesas de consumo do cidadão, em média. Em 2010, chegou a 20,1%, enquanto a alimentação caiu de 21,1% para 20,2% no mesmo período.

O SIPS traz, ainda, informações preocupantes sobre a quantidade de pessoas afetadas por congestionamentos em cada região do Brasil. No geral, 69% dos cidadãos disseram que enfrentam engarrafamentos. De cada três brasileiros, dois tiveram a percepção de que a sinalização de trânsito é ruim. Em relação à segurança, 32,6% declararam que não se sentem seguros nunca ou se sentem apenas raramente no meio de transporte que mais utilizam.

Pochmann concluiu que a expansão da frota brasileira na última década se deu especialmente por meio de motos e automóveis. “Houve crescimento no transporte coletivo, mas não na mesma proporção. A população tem interesse em usar o transporte público, mas ainda precisa identificá-lo mais com características de rapidez, melhor preço e segurança. Há espaço para ação em matéria de políticas públicas”, disse.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Prefeito de Itaquá Trai Seu Povo! Tarifa de Ônibus Chega a R$2,90

Tarifa de Ônibus sobe 15% em Itaquá!

Nota do Blogueiro: É companheirada, como eu já havia previsto aqui no Blog, o Prefeito de Itaquaquecetuba, o Armando da Farmácia (PR) deu de presente para seu Povo um aumento na Tarifa de ônibus na Cidade! Apartir deste dia 23/01 o Povo de Itaquá vai pagar R$2,90 em sua passagem de ônibus... 

Como disse aqui anteriormente:
Enquanto Guarulhos tem Bilhete Único, Itaquá tem ônibus lotado... 
Enquanto a região cresce o Prefeito de Itaquá sangra os trabalhadores com o aumento da Tarifa...
Enquanto todos debatem segurança, em Itaquá os ônibus não tem conbradores, ou seja os motoristas se expoem a riscos e colocam os passageiros em risco sendo motoristas e cobrando passgens..
Enquanto temos que pagar quase 3 reais de passagem, temos também que passar no minimo 45 minutos esperando um ônibus...


Temos que dar um basta nisso! Por isso vários Cidadãos de Itaquá vão se reunir dia 25/01/2011às 15h00 na Praça de Itaquá - Coreto no Centro da Cidade! COMPAREÇA!!!

Leiam a matéria do Diário do Alto Tietê do dia 23/01/2011 :

Novo valor da tarifa de ônibus passa a valer hoje

Preço da passagem dos coletivos das linhas municipais em Itaquá foi de R$ 2,50 para R$ 2,90

Começa a valer a partir de hoje o aumento da passagem de ônibus em Itaquaquecetuba. A tarifa, que até então custava R$ 2,50, agora é R$ 2,90. O reajuste coloca a cidade na liderança do ranking das tarifas mais caras do Alto Tietê. Decreto publicado na última sexta-feira pelo prefeito Armando Tavares Filho (PR), o Armando da Farmácia, autoriza a empresa CS Brasil Transportes de Passageiros e Serviços Ambientais a aumentar o preço da passagem.

No documento, a prefeitura destaca que a concessionária solicitou o reajuste em razão do aumento geral dos insumos desde 2009, quando foi autorizada a última majoração da tarifa. O decreto informa ainda que a Secretaria Municipal de Transportes analisou cuidadosamente a solicitação da concessionária e opinou em favor de um reajuste baseado no valor do salário mínimo nacional.

O aumento de mais de 15% atinge os 1,9 milhão usuários por mês, que utilizam 23 litinerários em 114 coletivos. Em agosto de 2010, A CS Brasil, novo nome da Júlio Simões Transportes, colocou em circulação 57 novos veículos.

A primeira cidade a elevar o valor da passagem foi Ferraz de Vasconcelos. Desde o dia 15 de janeiro a Radial Transportes cobra R$ 2,80 de cada passageiro, que tiveram que desembolsar R$ 0,30 a mais. O mesmo aconteceu em Poá, onde o transporte coletivo é realizado pela mesma empresa.

Ao que tudo indica somente Mogi das Cruzes, onde o serviço de transporte coletivo é operado também pela CS Brasil, poderá superar a cidade administrada pelo prefeito Armando da Farmácia no ranking da tarifa mais cara do Alto Tietê. Especula-se que o prefeito Marco Aurélio Bertaiolli (DEM) poderá autorizar a elevação da tarifa para R$ 3,00.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Itaquá debaixo D'água...

Mas um ano começa com as mesmas imagens de nossos bairros inundados pela Chuva... Pessoas perdendo seus bens, ficando doentes e as vezes até perdendo entes queridos...

Só nesse começo de janeiro, Itaquaquecetuba já sofre com as Chuvas, até o momento 07 Bairros foram afetados pelas chuvas, sendo o mais afetado o Jardim Mascarenhas onde a água chegou a 80 cm de altura. Na Vila Maria Augusta, como o Rio Tietê transbordou, várias ruas ficaram inundadas.

Em nossa Cidade, Itaquaquecetuba, já temos mais de 3 mil pessoas afetadas pelas chuvas, sendo que 600 familias estão desalojadas e apenas 20 estão abrigadas provisóriamente  na Associação de Assistência às Famílias (Acaf).

Mais uma vez as Autoridades de Itaquaquecetuba se mantém inertes a toda essa tragédia, mais uma vez o Povo sofre e a Prefeitura Municipal e a Câmara dos Vereadores se mantêm encasteladas, se colocando acima da População... Se TODOS sabem que na época das Chuvas temos enchentes, por que será que a Prefeitura Municipal, na figura do Prefeito Armando da Famácia (PR) não se previne antes da tragédia? Não precisa ser nenhum gênio para mapear os locais de riscos e se prevenir antes da época das Chuvas...

Em julho de 2010, o DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), esteve em Itaquá discutindo a cosntrução de piscinões em nossa Cidade. O DAEE é um orgão do Governo do Estado que solicitou ao Prefeito de Itaquá a indicação do local para construir um piscinão, porém até hoje a Prefeitura não moveu uma palha para indicar este local...

Quem sofre com a incompetencia do Poder Público Municipal é o Povo...

*Escrito por Marcello Barbosa com informações do Diário do Alto Tietê.

Tucanos Culpam São Pedro Pelas Enchentes!

A Culpa é de São Pedro!!!

Mais uma vez o governo do Estado culpou a intensidade da chuva pela tragédia que ocorreu em São Paulo na madrugada do dia 11, que ocasionou a morte de 14 pessoas e 127 pontos de alagamento – recorde desde 2005.

O governador Geraldo Alckmin ainda afirmou que “não é possível fazer obra em 24 horas”, esquecendo-se de que seu partido está no comando do Estado há nada menos que 16 anos.

A obra bilionária de rebaixamento da calha do rio Tietê na gestão anterior de Alckmin visava eliminar alagamentos pelo transbordo do rio – previa só um em cem anos, mas houve ao menos cinco desde 2006.

Alckmin alegou ser necessário um “eterno” desassoreamento e disse que há hoje 2,1 milhões de m3 que precisam ser retirados do Tietê. Isso por conta da descontinuidade de investimentos.

Segundo levantamento realizado pela assessoria da Bancada do PT na Assembleia, de 2007 a 2010, deixaram de ser aplicados R$ 47 milhões no programa de combate a enchentes do Estado. Só na calha do Tietê foram R$ 35,8 milhões a menos que o previsto.

A construção de piscinões também deixou de receber investimentos. Foram R$ 21,7 milhões a menos do que o orçado no governo Serra/Goldman, o que representa uma diferença de 14%. Há 11 anos a previsão era a construção de 134 reservatórios (piscinões), mas apenas 43 saíram do papel.

Para a preservação e conservação de várzeas, o governo deixou de aplicar R$ 1 milhão (-7%) e para a limpeza de córregos, especialmente na cidade de São Paulo, houve uma redução de R$ 2,4 milhões (-16%). Além disso, dos R$ 44 milhões destinados para constituir um Plano de Macrodrenagem, que evitaria inundações, não teve um centavo gasto.

Sinal de alerta de chuvas não chega às ruas
Apesar de os órgão públicos terem a informação sobre a chuva com horas de antecedência, os sinais de alerta não chegaram à população.

O Sistema de Previsão e Alerta de Enchentes, que o governo do Estado apresentou em 13 de outubro de 2010 e que custou R$ 2 milhões, não tem mostrado nenhuma eficácia. Passados apenas três meses, o governador Alckmin já anunciou que está licitando um novo sistema, ou seja, um novo investimento de cerca de R$ 7 milhões. Resta saber se dessa vez vai funcionar.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Guarulhos Tem Bilhete Único! Itaquá Tem Ônibus Lotado!


Guarulhos Tem Bilhete Único! Itaquá Tem Ônibus Lotado!

Nota do Blogueiro: Enquanto nossa vizinha Guarulhos implanta o Bilhete Único, a nossa Cidade de Itaquaquecetuba se mantém com um sistema de transportes caro e precário...

Pagamos R$ 2,50 para andarmos em ônibus lotados, que muitas vezes quebram no meio do Caminho e o Prefeito da Cidade se quer pensou em implantar o Bilhete Único na Cidade, isso demonstra uma clara falta de respeito com o Povo de nossa Itaquaquecetuba, além disso ainda existe um Monopólio de uma única Empresa, Monopólio este que a grande maioria da População é contra!

Para piorar temos um risco constante, pois nos ônibus de Itaquá não temos Cobradores, o Motorista tem que dirigir e receber a passagem dos passageiros, para ser motorista de ônibus em Itaquaquecetuba tem que ser Super Herói, Dirigir, Cobrar Passageiro, Desviar de Buracos e Ter Muita Paciência...

Está na hora da Prefeitura Municipal descer de seu salto e ouvir seu Povo!

Abaixo segue matéria sobre o Bilhete Único em Guarulhos:

Guarulhos implanta Bilhete Único no transporte coletivo municipal

O prefeito petista de Guarulhos, Sebastião Almeida, implantou em 28 de dezembro passado o Bilheto Único no transporte coletivo municipal. O cartão individual que armazena créditos em dinheiro para o pagamento de passagens de ônibus e micro-ônibus municipais, que são descontados à medida de sua utilização, pode ser adquirido, atualmente, em 40 pontos de venda (veja relação completa). Inicialmente, foram produzidos 30 mil unidades do cartão Bilhete Único Cidadão.

Conforme a administração, assim que a nova rede de transporte coletivo estiver em funcionamento, as pessoas poderão usar o Bilhete Único de Guarulhos para se locomover por toda a cidade, pagando uma única tarifa pelo período de duas horas, contado a partir do momento em que passar pelo aparelho de leitura do primeiro veículo. Com isso, será possível economizar tempo e dinheiro.


No momento, o novo cartão está sendo aceito nos veículos da frota municipal do mesmo modo que o Guarupasse, ou seja, sem a integração com outras linhas. Ele só tem validade nas viagens atendidas pelo transporte coletivo municipal. Assim que o novo modelo de transporte entrar em operação, os passageiros poderão utilizar, em qualquer local (pontos de parada, estações de transferência e terminais urbanos), mais de um ônibus ou micro-ônibus.

USO EXCLUSIVO NA REDE MUNICIPAL – A previsão é que 450 mil pessoas sejam beneficiadas, diariamente, com a integração por duas horas. O Bilhete Único ainda não permite o uso das linhas intermunicipais. Dessa forma, quem precisa se deslocar para outro município terá de pagar a tarifa separadamente. “A integração com os ônibus intermunicipais depende de uma decisão do Governo do Estado. Da nossa parte, estamos preparados para essa operação, tratando disso inclusive com a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos)”, afirma o secretário José Evaldo Gonçalo.

Não há obrigatoriedade para aquisição do Bilhete Único. Caso a passagem seja paga com dinheiro, não será possível embarcar em outra linha municipal. Qualquer passageiro terá direito a utilizar o cartão. O funcionamento do sistema é simples. Basta aproximar o cartão com créditos do validador e a catraca será liberada, a exemplo do que ocorre atualmente com os cartões de passagem já existentes.

De acordo com José Evaldo Gonçalo, a administração municipal respeitará a decisão da Justiça em relação às liminares concedidas aos profissionais do sistema de transporte coletivo que não conseguiram passar no processo seletivo do novo modelo e que continuam a operar: “Vamos cumprir todas as decisões judiciais, ao mesmo tempo em que damos sequência à implantação do Bilhete Único.”

A intenção é que as casas lotéricas e as redes de farmácia também passem a fazer a recarga do Bilhete Único. Inicialmente estarão à disposição seis modelos de cartões: Bilhete Único Cidadão (utilizado por qualquer pessoa), Bilhete Único Escolar (para uso de estudantes e professores), Bilhete Único Vale-Transporte (para empregados), Bilhete Único Sênior (para idosos a partir de 60 anos), Bilhete Único Gratuidade (para pensionistas e aposentados) e Bilhete Único Especial (para portadores de deficiência).

ACESSIBILIDADE – A implantação do Bilhete Único de Guarulhos contará ainda com 558 ônibus e 301 micro-ônibus, todos movidos a biodiesel e devidamente equipados para permitir o acesso de pessoas portadoras de deficiência física. A previsão é que em fevereiro 90% dos ônibus em circulação já permitam o acesso adequado desse público. Todos os veículos que compõem a frota municipal terão de estar devidamente adaptados até o final de 2011. “Dessa forma, Guarulhos terá a frota mais nova em operação no país, com 100% de acessibilidade”, conta o representante das empresas de ônibus, José Roberto Yasbek.

Com o Bilhete Único, todas as atuais linhas do transporte coletivo terão seus números modificados. Algumas permanecerão com o mesmo nome e haverá ainda a criação de novos itinerários. Para informar a população a respeito dessas mudanças, equipes da Secretaria de Transportes e Trânsito, espalhadas por diversas regiões da cidade, estão orientando os passageiros e distribuindo folhetos e cartilhas. Além disso, cartazes estão sendo afixados no interior dos próprios ônibus com informações sobre o processo de reestruturação do sistema de transporte. “Será feita ainda, em breve, uma ampla campanha de divulgação relacionada ao funcionamento do novo modelo de transporte coletivo da cidade”, diz José Evaldo Gonçalo.

A primeira via do Bilhete Único Cidadão, que pode ser usado por qualquer pessoa, é gratuita. Para utilizar este cartão será preciso carregar, no ato de aquisição, o valor mínimo de duas tarifas municipais (R$ 5,30). A segunda via do cartão terá um custo equivalente a oito passagens, que não serão revertidos em créditos para uso. Mais informações, como os pontos de venda existentes, podem ser obtidas na Central do Bilhete Único (0800 559499) ou no site www.guarulhos.sp.gov.br

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

A Organização da JPT em 2011

A Organização da JPT em 2011 
A organização da JPT em 2011 será necessária a partir de dois enfoques prioritários: O primeiro centrado no avanço rumo à consolidação da Política Nacional de Juventude. Para isso teremos a realização da II Conferencia Nacional de Juventude, o debate na câmara sobre o estatuto da juventude e o debate sobre os rumos da pauta no governo Dilma.
 De outro lado, o segundo enfoque aponta que será fundamental fortalecer a organização interna e externa da JPT, com uma olhar especial a participação no Congresso do PT, no CONUNE, na campanha pela reforma política, na defesa dos direitos humanos e na valorização da diversidade contra o preconceito e por último, a realização do II CONJPT .
            Se esta campanha de 2010 mostrou que a juventude tem uma ampla capacidade de mobilização - para além do estereótipo colocado à condição juvenil – ela também demonstrou o quanto ainda é preciso avançar na forma de organização e disputar de fato a juventude brasileira, para consolidar nosso projeto.

            Para isso desafios internos terão que ser garantidos, como aumentar o reconhecimento do PT sobre a importância da juventude no seu interior, fortalecer a rede organizacional da JPT, criando uma dinâmica maior de funcionamento entre todas as instâncias da juventude, assim como conectá-las entre si – tanto com as redes sociais como em relação às demais instâncias partidárias, como as próprias setoriais, que realizarão encontros no início de 2011.

O II Congresso da Juventude do PT, convocado pela Executiva Nacional da JPT para 12 a 15 de novembro de 2011, será um importante momento para a juventude petista. Se o I Congresso foi um marco na mudança na forma como se organizam os jovens dentro do PT e como se relacionam com a sociedade, o II será um marco ainda maior, pois representará a consolidação da organização de juventude dentro e fora do PT, que está com muito mais acúmulo, principalmente nos últimos anos. 

            Assim, o II Congresso da Juventude do PT será um grande momento ao longo de todo o ano, onde o partido fortalecerá a sua relação com os movimentos juvenis, através da realização de debates preparatórios; e ampliará e qualificará a sua participação nos espaços de políticas públicas, principalmente com a intervenção organizada na II Conferência Nacional de Juventude do Governo Federal, na participação no 52º Congresso da União Nacional dos Estudantes, e a realização de uma grande articulação pela defesa da reforma política.

Em suma, o ano de 2011 será crucial para a juventude avançar, no Brasil e no PT. E estas questões não estão dissociadas. Um partido com uma juventude cada vez mais forte e organizada terá as condições necessárias e fundamentais para fazer do Brasil um país onde os jovens têm uma vida cada vez melhor, pois os jovens foram às urnas para garantir o exercício da democracia e como conquista desse processo de aprofundamento democrático, foi eleita Dilma, a primeira mulher presidenta do país, com a contribuição e a cara da juventude.

A eleição de Dilma representa para a juventude o desafio de avançar fortalecendo os espaços de participação social, mas também criando condições de vida adequadas para a juventude com o reconhecimento de que este segmento é estratégico para o projeto nacional de desenvolvimento, que leve em conta a integração das novas gerações, num contexto de construção constate e contínua da cidadania e do Estado democrático.

Assim, como parte de nossa organização tiramos um cronograma geral com as principais atividades, para a que a juventude petista possa se preparar para ocupar de forma qualificada todos esses espaços.

 Cronograma de atividades ainda sujeito a alterações e acréscimos
Atividade
Data/período
Reunião preparatória pesquisa de juventude
12/01/2011
Planejamento da executiva da JPT
Inicio de Fevereiro
Coneb e Bienal da UNE
14 a 23/01/2011
Campanha Reforma Política
Fechar com calendário do PT
Ciclo de debates (virtual) juventude e meio ambiente
Abril e Março
Seminários ou Colóquio preparatórios para o IV Congresso PT
Abril e Maio
Seminário de PPJ do FSP
Junho
CONUNE
Julho
Debates preparatórios – Congresso Nacional do PT
Julho e Agosto
Inicio das etapas municipais do CONJPT
Agosto
II Conferencia Nacional de Juventude
Setembro
Congresso Nacional do PT
14 a 16 de Setembro
Etapas Estaduais do CONJPT
Setembro/Outubro
CONJPT etapa Nacional
12 a 15/11/2011
Preparação da Jornada de formação
Ano todo

*Fonte: www.jpt.org.br

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Participe do CONSEG - Itaquá!!!

Sobre a Criação do CONSEG-Itaquá:
O CONSEG - Itaquá (Conselho Comunitário de Segurança de Itaquaquecetuba), foi criado pelo Decreto Estadual 23.455 de 10 de maio de 1985, correspondente á area da Delegacia Central e 1º DP Jardim Caiuby e 1ª e 2ª CIAS do 35º BPM/M

O que é o CONSEG-Itaquá?
É o Conselho Comunitário de Segurança de nossa Cidade, é um espaço de participação da população e do Poder Público para discutir questões de Segurança e melhorias na qualidade de vida da Comunidade.

Por Quê Participar?
Porque você pode propor os temas das Reuniões como por exemplo: 
a) Casos de violência Escolar;
b) Falta de espaços de lazer;
c) Falta de iluminação pública;
d) Casos de violência doméstica;
e) Entre outros assuntos de interesse da Comunidade de Itaquaquecetuba.

Como Participar?
Basta você participar das Reuniões Mensais que ocorrem toda ultima quinta feira de cada mês ás 19h00, na Associação Comercial de Itaquaquecetuba, na Rua Carlos Barbosa da Silva, Nº 51 no Centro de Itaquaquecetuba (Rua ao lado do Banco do Brasil).

Calendário de Reuniões de 2011 (Toda ultima quinta feira de cada Mês)
27 de Janeiro;
31 de Fevereiro;
26 de Março;
28 de Abril;
29 de Maio;
24 de Junho;
24 de Julho;
28 de Agosto;
30 de Setembro;
25 de Outubro;
27 de Novembro;
15 de Dezembro.

Participe Você Também!!!!

Contatos: Joelson Miranda: (11) 8515-2185 / Joselito: (11) 9597-6814/ Dr. Marcus: (11) 2509-0141

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

ATENTO Abre vagas! Seleção é dia 10 de janeiro!

ATENTO SELECIONA!!!
A Atento Brasil S.A, Empresa de Telemarketing está em processo de seleção de Teleoperador.

Exigências:
Teleoperador, maior de 18 anos – 2° Grau completo com ou sem experiência (vagas para ativos de venda)
 - Boa Comunicação
 - Comprometido

Beneficios:
A empresa oferece plano de carreira e benefícios como Vale Transporte, Vale Alimentação e Vale Refeição.

Salários:  6x1 (segunda á sábado) – R$ 510,00 = 6h20 min por dia
                 5x2 (segunda á sexta) – R$ 425,00 = 6h20 min por dia 

Comparecer segunda-feira (10/01) ás 11h00 e procurar pela Supervisora Claudia na Rua: Marquês de Itu, 52 – Metrô República (ao lado do metrô, em frente á Praça da República)

Condemat quer impedir Estado de trazer Cadeião para o Alto Tietê

Nota do Blogueiro: Mais uma capítulo da Novela cadeião em Itaquá! Tudo começou com a indicação do então Governador Serra (PSDB) de trazer um cadeião para o Alto Tietê, possivelmente em Mogi das Cruzes, na época o Prefeito e a população da Cidade se mobilizou contra essa iniciativa... Em um ato de genialidade bestial e autoritária o Prefeito de Itaquaquecetuba, Armando da Fármacia (PR) declarou na Imprensa que era a favor do Cadeião... E depois sem consultar o Povo, disse que 80% da população também era a favor! Ou seja o cara sabe de tudo! Durante a Campanha Eleitoral, a 1ª dama da Cidade era Candidata a Deputada Estadual (Foi eleita inclusive), e o mesmo Prefeito que era a favor do Cadeião se tornou o mais mordaz Guerreiro contra (estranho né?).... Agora a CONDEMAT (que o Prefeito de Itaquaquecetuba não faz parte) vai defender a Região contra o Cadeião, inclusive Itaquá, mostrando que relamente veio para defender os interesses de TODAS as Cidades do Alto Tietê... Agora fica as perguntas: 1º Por quê no inicio o Prefeito era a favor  do cadeião e  durante a Campanha eleitoral mudou de idéia? 2º Por que até agora ele não teve nenhuma ação para barrar o Cadeião? 3º Por que o Prefeito de Itaquá não compõe a CONDEMAT?


Segue Matéria do Jornal Mogi News:


Em sua primeira manifestação mais incisiva desde que assumiu oficialmente o comando do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), Abel Larini (PR), que também é prefeito de Arujá, disse ontem que a região não aceitará a construção de centros prisionais. "A nossa região precisa de outros investimentos do governo do estadual e não da construção de prisões", declarou ele, ao ser questionado pela reportagem do Diário do Alto Tietê sobre a retomada da implantação de dezenas de penitenciárias femininas, Centros de Progressão Penitenciária (CPPs) e Centros de Detenção Provisória (CDPs).

Reportagem publicada ontem pelo jornal O Estado de São Paulo informa que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) mantém a disposição de dar continuidade ao projeto de construir 46 estabelecimentos prisionais, especialmente no Interior. Ocorre que em 2010, o governo paulista e a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SAP) iniciaram processo para desapropriação de uma área no Parque Piratininga, em Itaquaquecetuba, para a construção de um CPP com capacidade para mil presos.

Como as 46 unidades prisionais são as mesmas planejadas na administração passada e em dezembro de 2010, o ex-governador Alberto Goldman (PSDB) disse que o processo para desapropriação estava em andamento, as chances de Itaquá receber o agora indesejado CPP continuam fortes.

No que depender do presidente do Condemat, nenhuma cidade da região receberá o CPP ou qualquer outro projeto prisional da SAP. Abel Larini afirmou que apesar de o prefeito de Itaquá, Armando Tavares Filho (PR), o Armando da Farmácia, já ter reiterado que não pretende fazer parte do consórcio regional, o Condemat não deixará de defender os interesses da cidade: "Se o prefeito Armando da Farmácia não quer a implantação desse projeto em sua cidade, o papel do nosso consórcio é lutar em defesa dos interesses do Alto Tietê. A nossa região não precisa de prisões".

O prefeito de Itaquá e sua assessoria não retornaram os contatos para falar da posição da prefeitura. Em 2010, Armando da Farmácia mudou pelo menos duas vezes de ideia a respeito da obra programada pelo Estado. Ele terminou o ano sendo contra o CPP.

*Fonte: Jornal Mogi News

TMKT Abre 800 Vagas em Poá

A empresa TMKT está com 800 oportunidades de emprego em Poá, nas áreas de operador receptivo e ativo de vendas. Os interessados devem ter acima de 18 anos, ter ensino médio completo ou estar cursando o 3º grau, e possuir um curso de informática básico. Para participar do processo seletivo, o candidato pode entrar em contato direto com a central de atendimento da empresa no 3376-8696 e fazer o agendamento.

Os interessados não precisam ter experiência na função, porém, devem possuir boa comunicação verbal. A empresa oferece um salário de R$ 515 mais outros benefícios, como vale-transporte, vale-refeição, convênios médico e odontológico, além de oportunidade de crescimento profissional e convênio com faculdades e cursos de idiomas com descontos de até 50%. Os selecionados passarão por um treinamento de capacitação profissional específico com duração de uma semana, com aulas de postura e de língua portuguesa.

Quem se interessar e não quiser fazer o agendamento por telefone, pode comparecer diretamente à unidade da TMKT, localizada na avenida Brasil, 1.230, em frente à estação de trem Calmon Viana, às 8h30. O recrutamento ficará aberto até que todas as vagas sejam preenchidas. Além de Poá, a empresa possui vagas nas zonas oeste e sul de São Paulo, totalizando 1,5 mil oportunidades. Para essas vagas, é necessário se dirigir à rua João Moura, 650, em Pinheiros, próximo ao Metrô Clínicas, até o dia 15.

*Fonte: Diário do Alto Tietê

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

"Jornal Nacional" registra pior audiência dos últimos dez anos

Nota do Blogueiro: A tendência é piorar! Chupa PIG!!!

Redação Portal IMPRENSA
O "Jornal Nacional" ("JN"), da Rede Globo, encerrou 2010 com a pior audiência da história. De acordo com pesquisa do Ibope, o telejornal atingiu média de 29,8 pontos na Grande São Paulo e teve 49,3% de participação no número de televisores ligados (share) na região.

Segundo a coluna de Keila Jimenez, no jornal Folha de S.Paulo, os dados representam uma queda de 24% no índice de audiência se comparado a 2000, quando a atração registrou média de 39,2 pontos e 56% de share. Ou seja, de cada quatro telespectadores, um deixou de sintonizar a emissora no horário em que o "JN" foi exibido no período.

Além disso, esta foi a primeira vez que o jornalístico registrou índice inferior a 50% de share. Em 2004, o "JN" chegou a ter 61,9% em participação de televisores ligados e atingir média de 39,4 pontos de audiência.

Para tentar diminuir a migração do público de canal, a Globo mudou o horário de exibição de seus programas da chamada "faixa nobre", no final de 2010. As atrações que começavam a ser transmitidas às 20h começaram a entrar 15 minutos mais tarde. O próprio "Jornal Nacional" passou a ser exibido às 20h30; a novela "Passione" às 21h10, e foi estendida até as 22h15 ou mais.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Aumento da Tarifa de Ônibus em Itaquá?

Nota do Blogueiro: Como de praxe todo inicio do ano as Prefeituras têm a brilhante idéia de aumentar a tarifa de ônibus, sendo assim mais um problema para o trabalhador que terá que gastar mais e uma solução para as Empresas de ônibus que vão lucrar mais! 

Em São Paulo a tarifa passa a custar R$ 3,00 e na nossa Região a Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos anunciou seu aumento também... Conforme o Diário do Alto Tietê desta terça feira (04/01/2011), a Prefeitura de Itaquaquecetuba também está analisando o aumento de sua passagem... 

Será que mais uma vez o Prefeito Armando da Farmácia vai sangrar seu Povo com o aumento da tarifa de onibus? Vale lembrar que na campanha pela sua reeleição ele prometeu acabar com o monopólio do transporte na Cidade e até hoje não cumpriu... Aumentar a tarifa de ônibus em uma Cidade com um dos piores IDH's do Brasil é ser totalmente desumano e insensível...

Leia matéria do Jornal Diário do Alto Tietê: 

Tarifa de ônibus subirá sábado

Nos últimos três anos, sempre no mês de fevereiro, as tarifas de ônibus e trens têm sido reajustadas aos usuários. Em 2011, os aumentos deverão se repetir em algumas cidades da região. Em Ferraz de Vasconcelos, o secretário de Governo, Miguel Calderaro, adiantou que no próximo sábado, dia 8, a tarifa cobrada pela Radial Transportes subirá de R$ 2,50 para R$ 2,80. Dessa forma, os usuários dos coletivos da Radial em Ferraz serão os primeiros da região a sentir os efeitos do reajuste da tarifa. E pelo menos por algumas semanas o município administrado pelo prefeito Jorge Abissamra (PSB) terá a passagem mais cara do Alto Tietê.
 
A Prefeitura de Itaquá, por meio da assessoria de Imprensa e do secretário dos Transportes, Wander Fernandes, confirmaram que a concessionária CS Brasil protocolou no final de 2010 um pedido de correção da tabela da passagem que hoje vale R$ 2,50. Segundo Fernandes, a prefeitura vai avaliar o pedido da empresa, mas não informou o novo valor, nem prazos para a aplicação.

Em análise

A Coordenadoria de Comunicação da Prefeitura de Mogi das Cruzes explicou que a empresa concessionária do serviço entrou com o pedido no último dia 29. A documentação será analisada pela Secretaria de Transportes, levando em conta a planilha de custos, o sistema de integração, gastos com insumos e outros itens técnicos. A Coordenadoria destacou que, por enquanto, não há previsão para conclusão destes estudos, portanto não haverá reajuste na tarifa. O último aumento foi dado em 13 de maio de 2009, quando a passagem subiu de R$ 2,30 para R$ 2,50. 

Em Poá, a Secretaria de Assuntos Jurídicos informou que há um pedido (da Radial), porém de reequilíbrio econômico financeiro da cota e que este pedido está sendo analisado pelo prefeito Francisco Pereira de Sousa (PDT), o Testinha. O atual valor da tarifa é de R$ 2,50 e o último reajuste ocorreu em 2009, acrescentou a assessoria de Imprensa do prefeito.
Em Arujá, a empresa ainda não pediu reajuste da tarifa que é de R$ 2,50. 

Em Guararema a situação é parecida, pois a passagem vale R$ 2,50 e ainda não houve pedido oficial de reajuste. As prefeituras de outras cidades do Alto Tietê poderão se manifestar hoje sobre o assunto.

Intermunicipais
Em razão da troca de governo, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) faz ministério sobre as novas tarifas dos trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), dos ônibus intermunicipais e do Metrô. Em nota, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM) informou que a questão será tratada pela nova gestão. O DAT ouviu de representantes da EMTU que a política de reajuste anual deverá ser mantida e que a definição dos porcentuais serão definidos até fevereiro.

*Fonte: Diário do Alto Tietê.

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Conheça Nossa Presidenta!!!

Dilma Vana Roussef

Nota do Blogueiro: Segue a Biografia Oficial de Nossa Presidenta Dilma Roussef  (PT), em breve postarei um texto mais preciso sobre essa grande vitória para o Povo Brasileiro, que foi eleger uma Mulher Presidenta!!!

Dilma Vana Rousseff nasceu em 14 de dezembro de 1947, na cidade de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. É filha do imigrante búlgaro Pétar Russév (que mudou o nome para Pedro Rousseff quando emigrou para o Brasil) e da professora Dilma Jane da Silva, nascida em Friburgo (RJ). O casal teve três filhos: Igor, Dilma e Zana.

A filha do meio iniciou os estudos no tradicional Colégio Nossa Senhora de Sion, de classe média alta, e cursou o Ensino Médio no Colégio Estadual Central, centro da efervescência estudantil da capital mineira. Aos 16 anos, Dilma dá início à vida política, integrando organizações de esquerda clandestinas de combate ao regime militar, como a organização Política Operária (Polop), Comando de Libertação Nacional (Colina) e a Vanguarda Armada Revolucionária Palmares (VAR-Palmares).

Em 1969, conhece o advogado e militante gaúcho Carlos Franklin Paixão de Araújo. Casam-se e juntos sofrem com a perseguição da Justiça Militar. Condenada por “subversão”, Dilma passa quase três anos presa, entre 1970 e 1972, no presídio Tiradentes, na capital paulista. Lá, é torturada por agentes da Operação Bandeirante (Oban) e, posteriormente, do Departamento de Ordem Política e Social (DOPS).

Livre da prisão, muda-se para Porto Alegre em 1973. Retoma os estudos na Universidade Federal do Rio Grande do Sul após fazer novo vestibular, já que a Universidade Federal de Minas Gerais havia jubilado e anulado os créditos de alunos que militaram em organizações de esquerda. Nessa mesma época, Carlos Araújo é libertado e retoma a advocacia.

Em 1975, Dilma começa a trabalhar como estagiária na Fundação de Economia e Estatística (FEE), órgão do governo gaúcho. No ano seguinte dá à luz a filha do casal, Paula Rousseff Araújo.

Dedica-se, em 1979, à campanha pela Anistia, durante o processo de abertura política comandada pelos militares ainda no poder. Com o marido, ajuda a fundar o Partido Democrático Trabalhista (PDT) do Rio Grande do Sul. Trabalhou na assessoria da bancada estadual do partido entre 1980 e 1985. Em 1986, o então prefeito da capital gaúcha, Alceu Collares, escolhe Dilma para ocupar o cargo de Secretária da Fazenda.

Com a volta da democracia ao Brasil, Dilma, então diretora-geral da Câmara Municipal de Porto Alegre, participa da campanha de Leonel Brizola ao Palácio do Planalto em 1989, ano da primeira eleição presidencial direta após a ditadura militar. No segundo turno, Dilma vai às ruas defender o então candidato Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT).
 
No início da década de 1990, retorna à Fundação de Economia e Estatística do Rio Grande do Sul como presidente da instituição. Em 1993, com a eleição de Alceu Collares para o governo do Rio Grande do Sul, se torna Secretária Estadual de Minas, Energia e Comunicação.

Em 1994, após 25 anos de casamento, Dilma e Carlos Araújo se divorciam. Em 1998, inicia o curso de doutorado em Ciências Sociais na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), mas, já envolvida na campanha sucessória do governo gaúcho, não chega a defender sua tese. A aliança entre PDT e PT elege Olívio Dutra governador e Dilma ocupa, mais uma vez, a Secretaria de Minas, Energia e Comunicação. Dois anos depois, filia-se ao PT.

O trabalho realizado no governo gaúcho chamou a atenção de Luiz Inácio Lula da Silva. O Rio Grande do Sul foi uma das poucas unidades da federação que não sofreram com o racionamento de energia a partir de 2001.

Em 2002, Dilma é convidada a participar da equipe de transição entre os governos de Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010). Depois, com a posse de Lula, se torna ministra de Minas e Energia.

Entre 2003 e 2005, comanda uma profunda reformulação no setor com a criação do chamado marco regulatório (leis, regulamentos e normas técnicas) para as práticas em Minas e Energia. Além disso, preside o Conselho de Administração da Petrobrás, introduz o biodiesel na matriz energética brasileira e cria o programa Luz para Todos.

Lula escolhe Dilma para ocupar a chefia da Casa Civil e coordenar o trabalho de todo ministério em 2005. A ministra assume a direção de programas estratégicos como o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e o programa de habitação popular Minha Casa, Minha Vida. Coordenou ainda a Comissão Interministerial encarregada de definir as regras para a exploração das recém-descobertas reservas de petróleo na camada pré-sal e integrou a Junta Orçamentária do Governo (grupo que se reúne mensalmente para avaliar a liberação de recursos para obras).

Em abril de 2009, Dilma dá início ao tratamento de um câncer linfático, que é completamente eliminado em setembro do mesmo ano. A doença estava em estágio inicial e foi combatida com tratamento de quimioterapia.

Em março de 2010, Dilma e Lula lançam o Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2), que amplia as metas da primeira versão do programa. No dia 03 de abril do mesmo ano, Dilma deixa o Governo Federal para poder se candidatar à Presidência. No dia 13 de junho, o PT oficializa a candidatura da ex-ministra.

No segundo turno das eleições, realizado em 31 de outubro de 2010, aos 63 anos de idade, Dilma Rousseff é eleita a primeira mulher Presidenta da República Federativa do Brasil, com quase 56 milhões de votos.
*Fonte: http://www.presidencia.gov.br

Unesco Apoia Estudo Sobre Impacto de Redes Sociais

Agência da ONU no Equador e organização da Colômbia analisam impacto de novas fontes de informação no jornalismo.

Alessandra Ribeiro, da Rádio ONU em Nova York.
 
A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, e a organização colombiana Consejo de Redacción, estão realizando uma pesquisa sobre o impacto das redes sociais no jornalismo.

O objetivo do estudo, que começou em setembro de 2010, é mostrar como essas redes podem ser usadas como fontes alternativas de informação.

Maior alcance
Segundo a Unesco, apesar de já estar claro de que as comunidades sociais são "excelentes plataformas de informação, ainda é preciso identificar o potencial dessas redes no campo do jornalismo."

O estudo quer identificar as estratégias que aumentam o número de visitas aos sites das comunidades sociais; quais são os artigos mais lidos e discutidos; e qual é a postura adotada por essas redes em relação à mídia tradicional na divulgação de notícias.

A pesquisa começou com a criação de um blog de jornalismo, com a divulgação em várias redes sociais como Twitter, Facebook e Youtube.

*Fonte: Onu Brasil
Ocorreu um erro neste gadget

Simplicidade é Tudo...

Simplicidade é Tudo...
A Complexidade é Simples...