segunda-feira, 22 de agosto de 2011

A Juventude do PT Paulista – Radicalizar Para Avançar!

A Juventude do PT Paulista – Radicalizar Para Avançar!
Por Marcello Barbosa
Não pare na pista / É muito cedo pra você se acostumar / Amor não desista /
Se você para o carro pode te pegar...” (Raul Seixas)

Estamos nos aproximando do II CONJPT que acontecerá em novembro, além disso, teremos em outubro nosso II Congresso Estadual da Juventude do PT Paulista, por isso quero contribuir com esses dois momentos, em especial, contribuir com a construção da JPT de nosso Estado. Esse texto serve como provocação para a reflexão!

Devemos aproveitar este momento histórico que é o II Congresso da Juventude do PT para refletir sobre nossa organização e nossas lutas, a JPT tem que ser uma revolução em marcha, estar a frente do seu tempo, dialogar e estar presente junto aos movimentos sociais, nas lutas do povo e pautar o Partido sobre o rumo que o mesmo irá tomar!

A JPT Paulista tem que enxergar o futuro, construindo o agora e avaliando friamente o ultimo período que se passou, deve-se pensar nossa Organização, Formação, Comunicação e Intervenção Social!

Por Uma JPT Presente!

“Se o presente é de luta, o futuro nos pertence!” (Che Guevara)

Infelizmente a JPT Paulista não consegue dialogar e estar presente nas principais discussões do PT. Hoje a JPT - SP não consegue ter uma ação conjunta com os Setoriais do PT e isso dificulta a construção transversal da juventude. Sua interferência no próprio Diretório Estadual é muito pequena, exemplo disso é que no Balanço das Eleições 2010, a candidatura ao Senado de Netinho de Paula é citada como único fator que fez o PT dialogar com a Juventude! Temos outro grande problema, que é o afastamento da JPT Estadual das bases da JPT nos municípios. Hoje A JPT Estadual não consegue chegar de fato nos municípios e esse afastamento da base, nos desmobiliza, exemplo dessa desmobilização são os Eventos que a JPT-SP protagonizou, todos eventos esvaziados com uma única exceção que foi a Etapa Estadual ao Encontro Nacional da JPT. Será que uma JPT Mobilizada não possibilitaria a ida do companheiro Mercadante ao 2º Turno das Eleições? Não podemos subestimar nossa militância. A JPT deve dialogar com a Juventude fora do PT! Deve dialogar com o jovem da periferia, das fábricas, das universidades, é tarefa da JPT Paulista reencantar o jovem pelas lutas sociais e pelo debate partidário dentro do nosso PT!

A próxima gestão da JPT-SP deve ter como foco a ação conjunta com cada Setorial do Partido, garantir reuniões com toda sua Direção que antecipe as reuniões de Diretório para que a JPT-SP tenha real intervenção em nosso Diretório e para resolver esse afastamento das bases, a JPT Paulista deve fazer um intenso esforço de fortalecimento das Secretarias Municipais da JPT em cada canto do Estado e orquestrar em conjunto com a criação e fortalecimento das Secretarias Municipais uma intensa Campanha de Nucleação e formação de Fóruns Livres. Fortalecendo a JPT nos municípios garantimos avanços reais na mobilização e no fortalecimento da capacidade dirigente da JPT Paulista!

Um Estado Grande Precisa de Uma JPT Enorme!

"Sempre em frente / Não temos tempo a perder".  (Legião Urbana)
Muitas vezes cometemos o erro de dividir o Estado entre Capital e Interior. Digo que essa divisão é um erro por que essa divisão é irreal! Temos 04 realidades diferentes: Capital, Região Metropolitana, Interior e Litoral. São quatro realidades diversas que a JPT-SP deve estar antenada e para isso deve ter como prioridade o fortalecimento das Macro-Regiões e ter como foco que as Macro-Regiões são extensões da JPT-SP e devem ter como um dos objetivos a descentralização da Secretaria Estadual da JPT!

O fortalecimento das Macro-Regiões, inicia-se logo após o Congresso da JPT, com a organização das Caravanas da JPT nas Macros, assim saímos da mobilização dos Congressos Municipais e matemos o gás nas caravanas e garantimos desde já nossa mobilização para a disputa eleitoral de 2012.

Cada região de São Paulo tem uma característica especifica a próxima gestão da JPT-SP, tem o desafio de estar presente em todos os cantos, entender essas características em sua gestão e acima de tudo conhecer cada luta regional para assim avançar com a mobilização e a luta da JPT do Estado!

Juventude no Comando!

“Eu vou à luta com essa / juventude, que não corre da raia a troco de nada. / Eu vou no bloco dessa mocidade, que não ta na saudade e constrói...a manhã desejada.” (Gonzaguinha)

Em 2008 o PT de São Paulo teve 446 candidaturas jovens a Vereador (a), porém apenas 37 foram vitoriosas, 04 candidaturas a Prefeito, sendo 02 vitoriosas e 09 candidaturas a Vice Prefeito com apenas 01 candidatura com êxito. Sair candidato é fácil, difícil é manter o dia-dia da candidatura, garantir o apoio do Partido e orientação do mesmo. Faltou isso em 2008! Faltou a JPT-SP dar apoio concreto aos companheiros e companheiras candidatos (as).

A JPT-SP deve fazer intensa discussão dentro do Diretório Estadual para incluir como prioridade estratégica do PT-SP a priorização das candidaturas jovens e construção das PPJ's nos Planos de Governo Petistas e em nossos Governos. Nesse debate de candidaturas jovens devemos ir além! Até hoje se discute muito Candidaturas Jovens de Vereador (a), um pouco sobre candidaturas a Prefeito (a) e nada sobre candidaturas a Câmara Federal ou ALESP. Devemos ir além e discutir as candidaturas de jovens na esfera do Executivo Municipal e avançar na discussão de eleger Deputados e Deputadas jovens!

Devemos fazer uma política de inclusão da temática de Juventude (Candidaturas Jovens e PPJ's) em cada Setorial e Secretaria do Partido, fortalecer a discussão de Candidaturas Jovens com real apoio Institucional do PT e garantir que todas as candidaturas do PT se comprometam com a construção de PPJ's.

É urgente a articulação da JPT-SP com as outras Secretarias do PT! Devemos ter uma construção conjunta com o GTE em todas as eleições e construir junto a Secretaria de Relações Institucionais do PT um dialogo com nossas Prefeituras na construção das PPJ's e principalmente fortalecer a Frente Parlamentar de Juventude na ALESP e dialogar com todos os mandatos no sentido de avançar no debate de PPJ's!

Formação Política: Radicalizar e Inovar!

“Os Filósofos limitaram-se a interpretar o mundo de diversas maneiras; O que importa é modificá-lo”
 (Karl Marx)

Um desafio para a JPT-SP é a construção de um Plano Estadual de Formação Política para a Juventude do PT e para jovens que querem conhecer o PT! Devemos inovar na Formação Política! Com linguagem popular, momentos de descontração e trazer o debate da Luta de Classes para o dia-dia do jovem.

A Formação Política deve deixar de ser apenas para Dirigentes, mas também para toda a Juventude do PT que quer ter formação! Devemos ter espaços de formação da Juventude não filiada, que quer  conhecer o PT, fortalecendo também os Fóruns Livres a serem criados!

Unir a idéia de Formação Política com o fortalecimento das Secretarias Municipais da JPT, a criação dos Núcleos de Juventude e Fóruns Livres e a inclusão e valorização do debate dos diversos Setoriais do PT dentro da JPT é o nosso grande desafio! Atrelando essas 04 questões a Formação Política é avançar cada vez mais na qualificação de nosso Debate Político Ideológico!

Luta Real é no Movimento Social!

"O homem coletivo sente a necessidade de lutar" (Chico Science)

A Juventude tem como característica ser combativa por isso onde existe Movimento Popular tem jovem lá! A JPT-SP tem que dar uma guinada e participar de todas as lutas populares! Ela deve estar presente nos acampamentos do MST, nas ocupações do Centro das Grandes Cidades, na luta pela preservação do Meio Ambiente, nos Sindicatos e Greves, nas Escolas e Universidades, Cooperativas de Trabalhadores, fazer o debate do Software Livre, do Combate ao Racismo, da Luta das Mulheres e LGBT, enfim a JPT Paulista deve ser Militante e de Luta! Não Podemos nos esquecer do fortalecimento da CMS (Coordenação dos Movimentos Sociais) de São Paulo.

O Tucanato instaurado no Governo Paulista a décadas tem como principal política para a juventude, a opressão, cabe a JPT-Paulista levantar-se construindo diversos levantes em todo o Estado! Quando digo levantes é fortalecer cada mobilização popular que combata esse descaso! A JPT Paulista tem que estar ombro a ombro com todo Militante das causas populares! Se a luta é do Povo, a Luta é da JPT!

Encantando Mentes e Corações!

“Você precisa saber o que passa aqui dentro / Eu vou falar pra você / Você vai entender a força de um pensamento / Pra nunca mais esquecer” (Cidade Negra)

Hoje o PT Paulista tem cerca de 50 mil jovens filiados, nossa tarefa é ampliar nossa base de filiados jovens e trazer esses filiados para o dia-dia da JPT, pois sua maioria não está no dia-dia partidário. Devemos fazer uma grande Campanha Pública de Filiação à Juventude do PT! Lançar uma Campanha para dentro do Partido de mobilização da Juventude filiada e garantir uma Comunicação eficaz nas Redes Sociais.

É urgente a criação de um Site da JPT-SP, introdução da pauta de Juventude na Revista Linha Direta, criação de uma ampla Rede Social Colaborativa da JPT-SP e uma atuação conjunta com a Secretaria Estadual de Comunicação do PT e com o MAV-PT-SP (Núcleo de Militância em Ambientes Virtuais do PT)  e a criação de Boletins Impressos da JPT Paulista mas que sejam especifico para cada Macro-Região abordando os temas estaduais mas principalmente os temas de cada localidade.

Vencer em 2012 Para Vencer em 2014!

"Quem quer manter a ordem?" (Titãs)

O saldo de todos os Congressos da JPT este ano será nosso avanço no debate e nossa mobilização que deve permanecer para fortalecer de nosso Partido em cada Município para disputar as eleições 2012! A JPT-SP deve ser protagonista nas eleições 2012, com mobilização social, candidaturas jovens, e ser parte Dirigente deste processo! A JPT-SP deve assumir papel destacado por todo o Estado e garantir a temática de juventude em nossos Planos de Governo, materiais específicos, Comitês de Juventude e nos Programas de Rádio e TV! Aproveitar o momento de Campanha para se aproximar da juventude em geral e de toda a sociedade garantir o avanço do PT em cada Cidade é vencer o Projeto Conservador instaurado no Palácio dos Bandeirantes e será o inicio da derrota dos tucanos em 2014! Para isso acontecer deve-se fortalecer cada Secretaria Municipal e contagiar todo o Partido com o debate de Juventude!

Por Uma JPT de Massas e Militante Que Se Levante Contra a Atual Ordem Estabelecida e Esteja Presente ao Lado do Povo nas Lutas e Mobilizações Sociais! Radicalizar Para Avançar!
                                           
*Marcello Barbosa, é Secretário Municipal da JPT-Itaquaquecetuba e Coordenador de Finanças da JPT da Macro Guarulhos-Alto Tietê.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Itaquá Abre Seleção Para Contratar 120 Estagiários

A Prefeitura de Itaquaquecetuba vai contratar 120 estagiários. Os estudantes selecionados terão uma bolsa auxílio no valor de R$ 631,20, mais transporte. Podem participar do processo seletivo pessoas com mais de 18 anos, que sejam estudantes de nível superior de instituições púbicas ou privadas, devidamente matriculados e que não encerrarão seus cursos em 2011.

O estágio terá duração de 30 horas semanais, de segunda a sexta-feira. Os estagiários trabalharão em diversas secretarias da administração municipal e órgãos conveniados. Segundo os responsáveis pelo processo seletivo, do total de bolsas oferecidas, 10% são reservadas para estudantes portadores de necessidades especiais.

O contrato da prefeitura com os futuros estagiários terá validade de 12 meses podendo ser prorrogado por igual período. As inscrições no processo seletivo acontecem até a próxima sexta-feira (12), exclusivamente por meio dos sites: http://www.ciee.org.br ou http://www.itaquaquecetuba.sp.gov.br. Não será cobrança taxa de inscrição, sendo sugerida apenas a doação de dois quilos de leite em pó que serão encaminhados ao Fundo Social da cidade.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 4640-2974, ramal 26.

*Fonte: Diário do Alto Tietê

sábado, 6 de agosto de 2011

Coração é terra que ninguém vê

Coração é terra que ninguém vê 
 
Quis ser um dia, jardineira
de um coração.
Sachei, mondei - nada colhi.
Nasceram espinhos
e nos espinhos me feri. 

Quis ser um dia, jardineira
de um coração.
Cavei, plantei.
Na terra ingrata
nada criei. 

Semeador da Parábola...
Lancei a boa semente
a gestos largos...
Aves do céu levaram.
Espinhos do chão cobriram.
O resto se perdeu
na terra dura
da ingratidão 

Coração é terra que ninguém vê
- diz o ditado.
Plantei, reguei, nada deu, não.
Terra de lagedo, de pedregulho,
- teu coração. Bati na porta de um coração.
Bati. Bati. Nada escutei.
Casa vazia. Porta fechada,
foi que encontrei...
 
Cora Coralina

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Reflexões Sobre Nossa Sociedade...

Quino, o cartunista argentino autor da Mafalda, desiludido com o rumo deste século no que diz respeito a valores e educação, deixou impresso no cartum o seu sentimento:

Clique para ampliar
 






Altos lucros, poucos investimentos e muitas reclamações: retrato do serviço prestado pela AES Eletropaulo

zico e secretario de energia 300x240 Altos lucros, poucos investimentos e muitas reclamações: retrato do serviço prestado pela AES Eletropaulo
Deputado Estadual Zico Prado (PT) cobra providências da Eletropaulo e do Governo do Estado
“A conta é cara e o serviço é contratado para ser prestado sem interrupção”. Com esta frase o Secretário Estadual de Energia do Estado de São Paulo, José Anibal, definiu a posição da governo estadual frente aos contantes problemas enfrentados pela população da região metropolitana, atendida pela empresa concessionária de energia, AES Eletropaulo.

Participantes da reunião da Comissão de Infraestrutura da Alesp para esclarecer os recentes episódios de falta de energia no Estado, os deputados da Comissão, presidida pelo deputado Zico Prado (PT), contaram com a presença do secretario estadual, do diretor de Regulação e Fiscalização da ARSESP, Aderbal de Arruda Penteado, e do Diretor Executivo de Operações da AES Eletropaulo, Sidney Simonaggio.

Em discurso afinado, o próprio representante do governo estadual discursou fortemente contra a falta de investimentos da concessionária,a falta de  manutenção e a degradação do serviço prestado desde 2005, apesar do aumento consideravel nos lucros da concessionária de energia, que passou de R$373 milhões, em 2007, para 1,550 bilhão, segundo Anibal. O próprio diretor da Arsesp, que é ligada à secretaria estadual de Energia, admitiu que a agência poderia ter feito mais apesar das limitações que, de acordo com ele, a Aneel (Agência Nacional de energia Elétrica) impõe.

O deputado Zico questionou a falta de respeito e compromisso da Eletropaulo, que não enviou o seu presidente à reunião, mas um diretor representante.  O deputado reforçou a disposição da Comissão de atuar em conjunto com a Arsesp, Aneel, Secretaria de Energia e entidades dos trabalhadores presentes à Comissão. “Vamos requerer já na próxima reunião a convocação do presidente da AES Eletropaulo e também de outros órgãos para continuar apurando responsabilidades e definir uma ação que de fato, leve em conta a população que paga caro para receber um péssimo serviço”. Zico reiterou ainda a falta de cumprimento da Lei 12.635/2007, de sua autoria, que obriga das concessionárias de energia a retirar gratuitamente postes que impeçam a plena utilização de uma residência. “Além de não cumprir a legislação estadual, a Eletropaulo tem feito manobras para impedir ações no juizado de pequenas causas”, denunciou.

A Comissão definiu que a Ata desta reunião será enviada para Ministério Público Federal, Estadual e Procom para que tenham ciência do que vem ocorrendo com o setor de concessão de energia e a convocação de representante da ANEEL para uma próxima oportunidade.
Os deputados, de maneira geral, lamentaram a ausência do presidente da Eletropaulo. Zico Prado afirmou que vai fazer um requerimento convocando o presidente. “Não podemos deixar a Eletropaulo nadar de braçada nas costas do consumidor”, declarou Zico.
Ocorreu um erro neste gadget

Simplicidade é Tudo...

Simplicidade é Tudo...
A Complexidade é Simples...