terça-feira, 9 de setembro de 2014

454 anos de história Itaquaquecetubense resumidos a vergonhosa programação

454 anos de história Itaquaquecetubense resumidos a vergonhosa programação

Prefeito Mamoru Nakashima (PTN) apresenta uma lista de ações que na prática são obrigações cotidianas da Prefeitura Municipal

Marcello Barbosa, Jornal Contraponto

No dia 22 de agosto de 2014 o Prefeito Mamoru Nakashima (PTN) apresentou durante uma coletiva de imprensa uma série de ações como um “presente” para a cidade em comemoração aos 454 anos de sua fundação. Mas na verdade foi um presente de grego, uma lista de ações que são realizadas cotidianamente pela prefeitura, uma série de lançamentos de projetos sem expressão e a apropriação indevida de eventos de terceiros.

Festa da Padroeira
A Festa da Padroeira é um evento tradicional da cidade que acontece anualmente organizado pela Igreja Católica. Mas esse ano a prefeitura incluiu em seu “pacote de bondades” esta Festa como sendo de sua autoria e organização, ou seja se apropriou indevidamente de uma Festa da Igreja e tentou assim passar aos cidadãos itaquaquecetubenses que a Festa era da prefeitura.

Operação Tapa-Buracos
A Prefeitura apresentou uma operação de tapa-buracos em nove bairros (Jardim América; Jardim Califórnia; Jardim Patrícia; Jardim Mônica; Jardim Arizona; Jardim Luciana; Jardim Zélia; Jardim Caiuby; Parque Piratininga). É uma ação paliativa para um problema muito maior que são nossas vias esburacadas pela cidade, aliás, esburacadas e escuras. Nove bairros não é nem 10% do que a cidade possui com problemas de infraestrutura. E uma operação como essa não pode ser feita somente em mês de aniversário da cidade. No pacote de bondades são citados 04 bairros (Bairro Recanto Mônica, Jardim Paineiras, Jardim Josely e Chácara Holiday) que terão como presente limpeza e cascalhamento. E os demais bairros?

Secretaria de Educação: Se resume a festinhas cotidianas
A Prefeitura se orgulhou em dizer que vai comemorar o aniversário da cidade com 35 festinhas da primavera nas escolas, mas não explicou que isso já faz parte do calendário escolar. Anunciou cursos de aperfeiçoamento aos professores que também compete à Prefeitura. A grande novidade é a entrega de cinco ônibus adaptados para o transporte escolar acessível vindo do Governo Federal, diga-se de passagem anunciado a meses!

Secretaria de (Sem) Cultura
No pacote de bondades está a comemoração da Festa da Primavera e o lançamento do Projeto Cinema no bairro. Uma forma de homenagear a cidade seria retomando o tradicional “Itaquá faz o Show” que foi suspenso a meses da programação da secretaria. A pergunta que não quer calar é: Quando a prefeitura municipal vai ter a atitude de investir no restauro de nossos monumentos históricos que estão sendo destruídos pela falta de cuidados?

Vacinar para comemorar
Como presente de aniversário na área da saúde o prefeito Mamoru Nakashima (PTN) apresentou duas ações: A Campanha de Vacinação contra o HPV e a campanha de Vacinação Anti-Rábica. Ele somente esqueceu de falar que isso também é obrigação legal da prefeitura, aliás acontece todos os anos. Um bom presente seria cobrar o Governador Geraldo Alckmin os R$ 3 milhões prometidos em outubro de 2013 para a reforma do Hospital Municipal, aliás a reabertura do mesmo seria um belo presente.

Transporte mais do mesmo
Na área de transportes foram dados dois presentes: Escolinha de Trânsito aberta para a população no dia 8 de setembro durante todo o dia. E a entrega de 9 coberturas dos Pontos de Ônibus. Mas faltou a prefeitura desengavetar o relatório elaborado e aprovado pelos vereadores da CEI (Comissão Especial de Investigação) dos transportes onde apontam irregularidades no transporte público municipal, cabe a prefeitura ter a ousadia de cobrar que a CS Brasil cumpra de forma correta todos os pontos do contrato firmado com o Poder Público Municipal. Um ponto importantíssimo é abolir a dupla função dos motoristas que também são cobradores.

Itaquaquecetuba é uma cidade privilegiada geograficamente, com grande história e com um número enorme de indústrias e empresas, acreditamos que ela é a cidade do presente, que precisamos de uma Gestão estratégica para que ela cresça e se desenvolva. Por isso prezamos pela sua memória e principalmente pelo seu povo. O Jornal Contraponto acredita em Itaquaquecetuba e e por creditar nesta cidade vem ser a voz das ruas para a atual administração e Câmara dos Vereadores e o conteúdo desta reportagem retrata as vozes que vêem das ruas.


Não estamos aqui defendendo Festas faraônicas, mas estamos apresentando questões importantes para reflexão sobre o atual momento da cidade. 

*Fonte: Matéria publicada no Jornal Contraponto e Portal do Alto Tietê

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, Mas Não Desrespeite!!!
Me Reservo ao Direito de Não Publicar Comentários Anônimos Que Denigrem, Atacam ou Caluniam Terceiros.

Ocorreu um erro neste gadget

Simplicidade é Tudo...

Simplicidade é Tudo...
A Complexidade é Simples...