domingo, 30 de novembro de 2014

Retomada do Movimento Pró SESI Itaquaquecetuba

Passadas as eleições 2014, o Movimento Pró SESI em Itaquaquecetuba volta à atividade! 

Nossa ultima postagem foi em dezembro de 2013 quando a Prefeitura Municipal de Itaquaquecetuba havia doado um novo terreno para a construção do SESI (Veja Aqui), porém mais uma vez a Prefeitura doou um terreno irregular, impróprio para a construção do SESI na cidade.

Desde janeiro de 2014 suspendemos nossas ações por causa das eleições, mas a partir de agora voltamos a nossa atuação normal.

Leiam a matéria publicada no Jornal Alto Tietê Notícias, Edição 1238 de 22 de novembro de 2014
Clique para ampliar
Assine nossa Petição Online a favor da construção do SESI em Itaquaquecetuba! Ajude a divulgar nossa Causa



quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Funcionário da Prefeitura de Itaquaquecetuba recolhe Jornais que questionam o atual Governo

Uma velha prática foi ressuscitada por alguns funcionários da Prefeitura Municipal de Itaquaquecetuba, a prática da censura, da perseguição, e do jogo sujo contra a Imprensa.

Nesta terça-feira (18/11), após a distribuição da Edição desta semana do Jornal Contraponto, um homem utilizando um veículo da Prefeitura fez um verdadeiro "Recolhe", tirando dos prédios da Câmara Municipal, Prefeitura e das Secretarias de Administração, Assuntos Jurídicos e Mulheres, todos os exemplares do Jornal Contraponto e outros dois jornais que circulam na cidade, mas teriam notícias que a atual administração não gostaria que divulgasse., Por coincidência, os Jornais que forma recolhidos continham denuncias e matérias que questionavam o atual Governo.

Isso já havia acontecido com outro jornal em maio de 2013, o Jornal "Fala Itaquá" sofreu o mesmo tipo de perseguição. Conforme publicamos neste Link.

Esta "veia" autoritária do atual Governo existe desde a campanha eleitoral de 2012, quando o Partido do então candidato a Prefeito Mamoru Nakashima (PTN), me processou por causa de postagens em meu Blog (Veja aqui) e perdeu o processo pois não havia nada de ilegal postado (Veja Aqui).

É nojento ver esse jogo sujo e baixo. Vergonhoso.

Vejam a Nota do Jornal Contraponto sobre o assunto:

NOTA DE REPÚDIO

O Jornal Contraponto e o Portal do Alto Tietê vêem a público denunciar e repudiar a perseguição e o boicote sofrido nesta terça-feira (18/11). Após os exemplares da Edição 65 desta semana do Jornal Contraponto serem distribuídos na Câmara Municipal e Prefeitura, testemunhas afirmaram que um senhor se utilizando de um carro da Prefeitura recolheu todos os Jornais Contraponto que estavam no balcão de entrada da Câmara Municipal, no balcão da Prefeitura e no balcão do prédio que abriga as Secretarias de Administração, Mulheres e Assuntos Jurídicos. Além do Jornal Contraponto, outros dois jornais que circulam na cidade foram recolhidos. 

É lamentável esse tipo de ação contra a liberdade de imprensa, contra a liberdade de opinião e contra a democracia em si. 

O Jornal Contraponto não vai se calar, muito menos se omitir, continuará prestando o serviço de informar a população de Itaquaquecetuba e região de maneira isenta, além disso vai buscar mais informações referentes a este caso e vai recorrer a Justiça.

Itaquaquecetuba, 19 de novembro de 2014

sábado, 15 de novembro de 2014

Estréia do Programa "Bairro a Bairro"

BAIRRO A BAIRRO! Sua rua, seu bairro, nossa cidade na TV!

Hoje! 15 de novembro de 2014 é lançado o Web Programa "Bairro a Bairro" em Itaquaquecetuba! Um programa arrojado, dinâmico, atual e polêmico!

O Bairro a Bairro nasce com o objetivo de denunciar! Denunciar os desmandos de políticos da cidade de Itaquaquecetuba e problemas gerados pela ineficiência do Poder Público Municipal!

Nosso Programa terá inicialmente episódios quinzenais, vai ao ar nos dias 01 e 15 de cada mês. Será transmitido pelo nosso Canal Bairro a Bairro no Youtube e também enviado por Whatsapp.

Neste episódio denunciamos o descaso com as obras do Rodoanel em Itaquaquecetuba! Obras inauguradas as pressas por causa das eleições e que o Poder Público Municipal se omite em fiscalizar e realizar cobranças!

Assista ao 1º Episódio!

FALE CONOSCO!


TWITTER: https://twitter.com/Bairro_a_Bairro

E-MAIL: contatobairroabairro@gmail.com

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Após inauguração Rodoanel permanece inacabado

Após inauguração Rodoanel permanece inacabado

Inaugurado as pressas pelo Governador Alckmin por causa do processo eleitoral, o Rodoanel se tornou um péssimo vizinho para os moradores a da cidade. Prefeito Mamoru se omite em cobrar o Estado e a Concessionária SPMar

Marcello Barbosa

O Rodoanel é uma importante obra para a cidade de Itaquaquecetuba e para todo o Estado de São Paulo, através dele teremos um escoamento de nossa carga, nossa mercadoria e assim uma diminuição de trânsito nas marginais, o Rodoanel representa mais desenvolvimento e integração.

O maior problema hoje neste projeto é justamente que o Trecho Leste do Rodoanel foi inaugurado sem a devida finalização das obras, inicialmente foi aberto ao público sem a devida sinalização e hoje seu entorno está completamente abandonado, sem iluminação ou qualquer infraestrutura.

Falta iluminação
Todo o entorno do Rodoanel está sem iluminação pública, inclusive os locais onde há movimentação de pessoas não possui sinalização e trechos como na Estrada de Santa Isabel estão sem calçadas.

Alagamentos
Com as fortes chuvas que caíram em Itaquaquecetuba, várias áreas do Rodoanel ficaram alagadas, bloqueando a passagem dos moradores e de veículos. Até o momento nenhuma obra de prevenção foi efetuada nos locais alagados.

SPMar deve R$ 3 milhões para a Prefeitura
A SPMar, (Concessionária responsável pelo Trecho Leste do Rodoanel) tem uma dívida de aproximadamente R$ 3 milhões de Imposto Sobre Serviços (ISS). Com este valor a Prefeitura poderia investir em infraestrutura nos bairros afetados.

Rodoanel rachado
Outro fator preocupante é o caso das rachaduras em todo o Trecho Leste do Rodoanel que passa por Itaquaquecetuba. Na região do Aracaré as rachaduras são mais graves e pode colocar em risco a vida das pessoas que passam por lá.

Prefeitura se omite com descaso da SPMar
A Prefeitura Municipal de Itaquaquecetuba fecha os olhos para o descalabro do Rodoanel. Desde o inicio das obras vem se omitindo e se cala diante de todos os problemas causados pelo Rodoanel.

Em agosto o Prefeito Mamoru Nakashima (PTN) afirmou para a imprensa local que seria categórico e cobraria a SPMar, de acordo com ele “A SPMar tem obrigações a cumprir. Vou continuar cobrando a empresa, para que realizem as obras de manutenção que ficaram acordadas. Os moradores e a população que acessa os bairros, onde o tráfego de máquinas pesadas foi intensificado com a construção da via, notaram que isso acabou deteriorando diversos locais, e eles não podem ser prejudicados com isso. Não vou descansar enquanto A SPMar não fizer a parte deles”. Já estamos em novembro e a Prefeitura não se moveu. Bairros como Jardim Joandra, Maragogipe, Vila Japão, Jardim São Manoel e Campo da Venda estão abandonados pela Prefeitura.


A Prefeitura se omite em não cobrar os R$ 3 milhões de reais em ISS da SPMar, também se omite em não ter ficado ao lado dos moradores desapropriados que foram vítimas da burocracia e inoperância da própria prefeitura. Outra omissão grave é no reparo e obras de infraestrutura, onde vemos que por onde o Rodoanel passou ficou um verdadeiro cenário de guerra. Aliás, nas redondezas do Rodoanel sobra materiais não utilizados, escombros e falta segurança.
Ocorreu um erro neste gadget

Simplicidade é Tudo...

Simplicidade é Tudo...
A Complexidade é Simples...